Saúde

7 benefícios do shiatsu que estimulam o corpo e te ajudam a relaxar

As massagens terapêuticas são indicadas para o alívio de dores e até mesmo para o relaxamento. Este é o caso do shiatsu, técnica de origem japonesa repleta de benefícios. Para entender um pouco mais sobre o assunto, veja o que disse a especialista em massagem shiatsu Murielly Garcia e a massoterapeuta Tatiana Miyuki Assahi.

O que é o shiatsu

Tatiana explicou que o shiatsu “é uma massagem terapêutica muito forte e precisa, na qual são utilizados os dedos, as palmas das mãos e até os cotovelos. A ideia é equilibrar o corpo e a mente por meio da pressão de pontos específicos”. A massoterapeuta também explicou o significado da palavra: “shi quer dizer dedos e atsu significa pressão. Então, pressão dos dedos”.
Murielly complementou que o shiatsu “tem como objetivo gerar pressão em pontos ao longo dos meridianos energéticos do corpo”. Ela também citou que “é necessário o conhecimento dos canais e pontos, segundo a medicina tradicional chinesa, para poder aplicar a técnica, sobre a função de cada canal e ponto”. Ambas afirmaram que para fazer a massagem é preciso fazer o curso de shiatsu.

7 benefícios do shiatsu para te convencer a receber a massagem

iStock

Tatiana citou que no Japão o shiatsu é feito para prevenir doenças. Já Murielly complementou: “geralmente pode ser uma técnica que gera dor e consequente alívio pela pressão dos pontos”. As duas profissionais citaram sete benefícios resultantes da massagem. Confira mais sobre cada um deles:

Publicidade

  • Equilíbrio do fluxo de Qi: segundo Murielly, “o shiatsu ajuda a equilibrar a energia vital, o que por si só já melhora a saúde geral”.
  • Alívio de dores musculares: “se a pessoa está com uma dor nas costas ou dor nas pernas, por exemplo, usamos o shiatsu para soltar estes pontos”, explicou Tatiana.
  • Estimula a eliminação de toxinas: Tatiana comentou que “quando você toca na pessoa, consegue ver se ela está com excesso de toxinas ou algum órgão sobrecarregado, então o massoterapeuta aperta os pontinhos para ajudar a eliminar estas toxinas”. Ela recomenda, após a massagem, beber dois copos de água, para contribuir ainda mais com este benefício.
  • Alívio de dores em geral: cefaleias e cólicas foram comentadas pelas terapeutas. Elas explicaram que “a pressão em determinados pontos do corpo ajuda a aliviar as dores, contribuindo, inclusive, para o relaxamento do corpo.”
  • Relaxamento: ambas as massagistas explicaram que “na hora que é feita a pressão nos pontos pode doer um pouco, porém, depois o efeito é o relaxamento do corpo.”
  • Melhora o sono: tanto Tatiana quanto Murielly citaram este benefício. Elas comentaram “estar diretamente relacionado ao relaxamento do corpo, como a pessoa fica livre de dores e tensões, acaba dormindo mais tranquila.”
  • Previne doenças e problemas de saúde: Murielly explicou que “a técnica melhora a imunidade e a condição geral do corpo.”

Tatiana comentou que trabalha também com reflexologia e costuma unir a técnica com o shiatsu, para direcionar uma massagem personalizada para seus pacientes, “com foco no que precisa de mais atenção”.
Já Murielly citou a questão dos pontos mais doloridos: “na minha prática, costumo não me fixar aos pontos dolorosos por muito tempo, intercalando com outros para não gerar uma reação de tensão natural que o paciente costuma ter”. Continue acompanhando a matéria para saber como é a sessão de massagem e quais são os pontos trabalhados.

Como é uma sessão de shiatsu direcionada para o que você precisa

Ambas as profissionais comentaram como realizam as sessões de shiatsu. Tatiana usa a reflexologia, mas busca conversar com o paciente e saber “qual é o trabalho, os vícios de postura, se tem uma boa alimentação e se pratica exercícios”. Após este primeiro momento, ela irá trabalhar com os pontos que precisam de mais atenção. Ao fim da sessão, a massoterapeuta aplica um creme para ajudar a pessoa a relaxar.
Já Murielly comentou que: “a sessão de shiatsu pode durar entre 1 h e 1h 30. Todo o corpo é trabalhado e damos atenção maior à região que o paciente traz como mais tensa ou dolorosa”. Quanto aos valores cobrados, a média de preço pode variar entre R$ 130 a R$ 350 reais, a depender do terapeuta, do local da sessão e do tempo disponibilizado para o atendimento.

Quais são os pontos do shiatsu

iStock

Tatiana explicou que |existem mais de 800 pontos de shiatsu, interligados pelos meridianos. Por isso é tão importante conhecer a pessoa que receberá a massagem, para saber no que trabalhar”. Dentre os pontos trazidos por ambas as terapeutas, podem ser citados como principais:

  • B10 a B60 (no trajeto do canal da bexiga)
  • LG4 e LG11 (pontos no canal do intestino)
  • F2 e F3 (pontos do canal do fígado)
  • VB34, VB20, VB21, VB14 e VB15 (pontos sobre a cabeça)
  • C1 (localizado na axila)
  • P9 (localizado no punho, próximo ao dedão)
  • PC6 (localizado na face anterior do antebraço, próximo ao pulso)

Como você pode ver, o shiatsu, por mais que seja uma massagem mais dolorida, conta com diversos benefícios. O que acha de fazer uma sessão para experimentar? Além disso, aproveite para conhecer também a reflexologia.

Publicidade

Compartilhe