Sal e açúcar sem exageros

Veja quais cuidados tomar com a alimentação usando sal e açúcar sem exageros

Escrito por Deborah Busko

Eles são amigos do paladar e têm papel fundamental no organismo. O sal e o açúcar dão sabor aos alimentos, mas se usados além da conta, podem acabar prejudicando a sua saúde.

Sal

Pense duas vezes antes de colocar uma pitadinha de sal a mais nas refeições. Sem perceber, você pode acabar exagerando e ingerindo uma quantidade de sal maior do que o necessário. O sal em excesso pode causar uma série de doenças, como problemas no coração, pedra nos rins, hipertensão e ainda provoca retenção de líquidos pelo organismo.

Mas para não prejudicar a saúde, é preciso mais do que afastar o saleiro da mesa. Para evitar o excesso de sal, fique de olho na concentração de sal presente nos alimentos processados, que são os grandes vilões.
Os produtos mais perigosos são os molhos, condimentos, macarrão instantâneo, os salgadinhos, os alimentos em conserva e os embutidos (salame, salsicha, linguiça). Na hora de fazer as compras no supermercado, além de checar as calorias e o colesterol, confira também a quantidade de sódio na composição dos produtos.

A quantidade máxima de sal que deve ser ingerida diariamente por uma pessoa é de cinco gramas, o equivalente a uma colher (chá) rasa. Se você está acostumada a usar bastante sal, a dica é diminuir a quantidade aos poucos para que o paladar se adapte e abusar das ervas e condimentos, como alho, cebola e limão.

Açúcar

Ele está presente na composição de bolos, balas, refrescos e disponível nas prateleiras dos supermercados em diferentes tipos, como o açúcar cristal, o de confeiteiro, o mascavo, o light e o orgânico. Das muitas variações, o açúcar refinado é apontado como o mais prejudicial à saúde se consumido em excesso.

O açúcar também faz parte de uma dieta saudável, mas não se deve exagerar na quantidade, já que ele não fornece fibras, proteínas, vitaminas e minerais e é rico em calorias.
Além de acrescentar muitas calorias à alimentação, o açúcar em excesso pode causar um desequilíbrio na saúde e colaborar para o desenvolvimento de várias doenças. O ganho de peso é o prejuízo mais notável e é um fator de risco para o surgimento de doenças cardiovasculares. O açúcar é ainda um dos maiores causadores das cáries e do diabetes em pessoas com tendência a desenvolver a doença.

O mais aconselhável é diminuir a ingestão de açúcar ao máximo, mas isso não significa cortar os doces do seu cardápio. O segredo é controlar as colherinhas para adoçar o café e usá-lo sempre com moderação. O consumo diário para manter uma dieta balanceada não deve ultrapassar cinco colheres de sopa.

Assuntos: Alimentação

Para você