Saiba quais são os objetos do dia a dia que mais ficam com bactérias

Veja lista com alguns objetos que possuem grande quantidade de bactérias e saiba como se proteger adequadamente

Escrito por Ana Carolina Gabriel

Foto: Thinkstock

As bactérias estão presentes no dia a dia de qualquer pessoa. Seja no ar, no corpo humano ou até mesmo em objetos que você acredita estarem 100% limpos. Elas podem trazer inúmeros prejuízos à saúde. Veja abaixo lista que indica alguns objetos que concentram grande quantidade desses microorganismos:

Cuidado ao tocar estes objetos

Pias, maçanetas e descargas do banheiro

É comum as mulheres colocarem as bolsas sobre a pia do banheiro para retocar a maquiagem ou simplesmente lavar as mãos. Mas é preciso evitar, já que é lá que as bactérias se acumulam e podem ser transferidas para a sua bolsa. O ideal é que o acessório seja limpo, pelo menos, três vezes por semana. O mesmo vale para as nécessaires.

Fique atenta também ao tocar em maçanetas e descargas, por exemplo. Ainda mais em banheiros públicos, onde o fluxo de pessoas é muito grande. Por isso, leve sempre o álcool em gel dentro da bolsa e passe nas mãos.

Transporte público

Ao segurar no corrimão do metrô ou ônibus, jamais coloque a mão na boca ou no rosto antes de higienizá-la.

Dinheiro

Como ele passa por centenas de pessoas, adquire várias bactérias e vírus. Em contato com a sua mão, pode passar esses microorganismos. Por isso, após tocá-lo, lave bem suas mãos com sabonete neutro.

Carrinhos do supermercado

Tanto os carrinhos, as cestas ou sacolas para colocar os produtos durante a compra estão infectados. Por isso, antes de guardar os mantimentos na geladeira ou no armário, limpe-os com água corrente.

Chave de casa

Prefira pendurá-las e nunca coloque sobre a mesa. Limpá-las com álcool em gel também é uma ótima maneira de prevenção.

Telefone público

O bocal do telefone é onde mais se acumulam as bactérias porque a saliva de quem passa por lá transmite esses microorganismos. Fique atento! Ao usar o telefone não encoste sua boca no aparelho.

Sapatos

O ideal é deixar os calçados em um armário próprio e longe da sua cama porque eles carregam bactérias dos lugares por onde você passou.

Mesa

Quem disse que a mesa não tem bactérias? Elas têm sim e por isso, devem ser higienizadas antes de receber os alimentos.

Celulares

Uma pesquisa britânica afirma que 92% dos celulares estão contaminados por bactérias, o que causa bastante preocupação, já que o aparelho é indispensável e utilizado com frequência por todas as pessoas. Por isso, é essencial higienizar o aparelho, pelo menos, três vezes por semana. Com auxílio de uma flanela macia e álcool em gel, passe em todas as partes do celular. Para fazer a limpeza, desligue-o.

Fique atento!

No corpo humano há cerca de 100 trilhões de bactérias. Por isso, é indispensável lavar as mãos antes de comer, beber ou pegar qualquer objeto antes de se alimentar. Caso esteja fora de casa, leve sempre um álcool em gel para fazer a limpeza. Lembrando que esfregar as mãos com o sabonete, limpando a parte inferior e entre os dedos é essencial.

Para você