Roupas de grife nas redes de fast fashion

A parceria entre redes de varejo e estilistas renomados se torna tendência e conquista as consumidoras

Escrito por Andressa Dias

Os tempos de crise tem feito com que até as mais exigentes fashionistas se rendam às redes de fast fashion em busca de alternativas mais acessíveis às peças de grife. Porém, agora mais do que nunca, estas redes estão aproveitando esta oportunidade para se fazer parcerias para oferecer coleções exclusivas assinadas por grandes nomes do design de moda.

Isso não começou agora, a loucura por roupas de grife em redes de fast fashion começou quando o estilista Karl Lagerfeld assinou uma coleção para a loja H&M em 2004. As peças desapareceram das lojas em poucos dias, fazendo com que o estilista decidisse nunca mais criar designs em parceria com eles, pois o fato de terem produzido tão poucas peças o chateou e deixou na mão muita gente que gostaria de comprá-las.

Mas H&M não parou por ai, outros nomes importantes da moda lançaram suas coleções exclusivas em parceria com a rede sueca; entre eles estão Stella McCartney, Roberto Cavalli, Matthew Williamson e a conceitual marca japonesa Comme des Garçons, com designs por Rei Kawakubo e ainda, lançou uma coleção de sapatos, bolsas e roupas em parceria com a Jimmy Choo.

Estas combinações acabam sendo muito lucrativas para as partes envolvidas; afinal as peças ficam disponíveis para mais pessoas em preços melhores, as redes conquistam outra fatia do mercado e ganham mais respeito e os top designers também tendem a se beneficiar com estas parcerias.

Outras marcas adeptas desta tendência do fast fashion de grife são a GAP que lançou uma coleção infantil assinada por Stella McCartney, a Topshop com a contribuição de Kate Moss e a Uniqlo com designs de Jil Sander. Recentemente, a rede brasileira C&A também iniciou parceria com a inglesa Stella McCartney e com a top internacional Gisele Bündchen.

No Brasil, quem deu o pontapé inicial foi a Riachuelo com uma linha assinada por Fause Haten e em seguida Reinaldo Lourenço contribuiu com seus designs para a C&A. A partir de então, outros designers de moda também fizeram suas coleções exclusivas para redes de varejo, como, Marcelo Sommer e Cris Barros para Riachuelo e Gloria Coelho e Alexandre Herchcovitch para a C&A.

Tudo indica que esta tendência veio pra ficar e que em breve muitas outras coleções de grife a peços acessíveis estarão disponíveis a uma parcela maior das consumidoras de moda que procuram peças de qualidade e estilo por preços menos exorbitantes.

Assuntos: Tá na moda

Para você