Principais causas do ganho de peso nas mulheres

Alguns dos fatores que fazem o ponteiro da balança subir podem passar despercebidos, fique de olho

Escrito por Deborah Busko

O ganho de peso é um dos problemas que assusta, e muito, as mulheres. Muitas das causas que fazem o ponteiro da balança subir são fáceis de ser notadas, como os problemas no funcionamento do metabolismo, disfunções hormonais, falta de exercícios, abusar dos doces, petiscar o dia inteiro, assaltar a geladeira durante a noite ou se entregar às escolhas mais pecaminosas na hora de montar o prato são alguns deles.

Porém, alguns dos fatores que tornam a perda de peso mais difícil podem passar despercebidos. Os sabotadores de dieta parecem estar em toda parte, em problemas de saúde e até no estilo de vida.

Certas doenças como hipertireoidismo, síndrome dos ovários policísticos e síndrome de Cushing podem ser responsáveis pelo ganho de peso nas mulheres. Por isso, é importante fazer visitas regulares ao médico para descobrir se algum destes problemas explica por que você está engordando demais. Caso a avaliação médica indique tais doenças, é importante manter os exames e o tratamento em dia.

A depressão é outro problema de saúde que pode fazer com que as mulheres engordem. Enquanto para algumas pessoas vivenciar situações desafiadoras significa falta de apetite, para outras pode ocorrer o oposto. O impacto emocional da depressão pode gerar um descuido com os hábitos alimentares e como consequência, o ganho de peso. O tratamento com antidepressivos pode tornar as coisas um pouco pior, já que alguns desses medicamentos alteram a taxa metabólica e levam ao consumo maior de alimentos.

Estudar ou trabalhar até tarde, esticar a balada até o dia seguinte e ir direto para o trabalho são hábitos que parecem não influenciar diretamente no seu peso, mas a falta de descanso pode sim causar estragos na dieta. Dormir pouco ou dormir mal são fatores causadores de alterações nos níveis de hormônio no corpo e que tornam maior a probabilidade de o organismo armazenar gordura.

Compor o cardápio das refeições apenas com alimentos que apresentam baixo teor de gordura não é a melhor alternativa para quem quer controlar ou perder peso. O ideal é não se restringir às gorduras saudáveis já que a deficiência de ácidos graxos também podem sabotar a perda de peso e dar preferência aos alimentos ricos em fibras, que oferecem sensação de saciedade, sem muitas calorias.

A temporada de férias, feriados prolongados e as festas de final de ano também são grandes sabotadores do peso. Isso porque a atitude de relaxar também se reflete nos hábitos alimentares e é normal baixar a guarda em situações como estas. A única maneira de não ver todo o esforço do ano todo indo embora, é ficar atenta na quantidade de comida que você coloca no prato, se policiar quanto aos excessos e não ficar parada. Mesmo no período de relaxamento, encarar uma caminhada leve só vai trazer benefícios para o seu corpo e para sua saúde.

Dicas pela Web
Comentários