Pimenta caiena confere sabor aos pratos e benefícios à saúde

Seu consumo regular está associado à prevenção e ao tratamento de algumas doenças e ao emagrecimento

Escrito por Tais Romanelli
Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Quem procura seguir uma alimentação saudável certamente já está acostumado a consumir pimenta. Isso porque, além de dar um toque picante aos alimentos e ser utilizada na culinária de diversos países do mundo, essa especiaria é bastante conhecida pelos benefícios que pode oferecer à saúde e, também, por ter efeito termogênico.

De uns tempos para cá, porém, um tipo de pimenta tem ganhado destaque especial: a pimenta caiena. Mas, o que ela tem de diferente? Quais benefícios pode oferecer? Como consumi-la? Essas são dúvidas bastante comuns.

Karina Valentim, nutricionista da Patrícia Bertolucci Consultoria em Nutrição, explica que a pimenta (Capsicum Frutensces L.) é composta por mais de 200 variedades, e uma delas é o tipo Caiena, originário da cidade de Caiena, na Guiana Francesa.

“As pimentas do gênero Capsicum são conhecidas por apresentarem um grau de ardência maior do que as pimentas do gênero Piper – popularmente conhecidas como pimenta do Reino”, destaca a nutricionista.

Vermelha, a pimenta caiena também pode ser chamada de “pimenta de caiena” ou “pimenta de cayenne” – variação que se deve ao nome da cidade de Caiena (Cayenne), na Guiana Francesa.

Leia também: 10 substituições para tornar sua alimentação mais saudável no verão

A pimenta é muito utilizada na culinária de diversos países, como Índia, Estados Unidos e México, e tem ganhado bastante atenção no Brasil, sendo ingrediente, inclusive, de muitas receitas saudáveis.

Benefícios da pimenta caiena

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Abaixo você conhece os principais benefícios associados ao consumo da pimenta caiena:

1. Tratamento de doenças

Karina explica que, na medicina tradicional chinesa e indiana, a pimenta caiena tem sido utilizada para o tratamento de artrite, reumatismo, dores de estômago, erupções cutâneas, dentre outras aplicações. “Estas aplicações terapêuticas estão relacionadas com o teor de capsaicinoides, compostos fenólicos e carotenoides presentes nas pimentas”, diz.

2. Prevenção de doenças

Leia também: 10 alimentos capazes de prevenir o câncer

Karina destaca que vários glicosídicos diterpenos isolados a partir da pimenta caiena exibiram efeitos anti-hipertensivos,o que pode estar relacionado com a prevenção da hipertensão.

“Entre os fitoquímicos presentes nesta pimenta, os polifenóis merecem uma menção especial: alguns estudos epidemiológicos têm demonstrado uma possível correlação entre a ingestão dietética de polifenóis da pimenta e a prevenção de estados de doença, incluindo câncer, doenças cardiovasculares e distúrbios neurovegetativos. Porém ainda são poucos estudos realizados em humanos”, acrescenta a nutricionista Karina.

Outros estudos , segundo Karina, têm mostrado que capsaicina em cultivares de pimenta caiena poderia agir inibindo o crescimento in vitro da bactéria Helicobacter pylori, responsável por muitos casos de gastrite e ulcera gástrica.

3. Auxílio da digestão

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

“De acordo com relatos da medicina chinesa e ayurvédica, a utilização da caiena auxilia na digestão, uma vez que estimula a produção da saliva e as enzimas proteolíticas no estômago”, destaca Karina.

4. Propriedades antioxidantes, descongestionantes e anti-inflamatórias

Michelle Inforçatti Rodrigues, nutricionista da clínica Dr. Família, destaca que a capsaicina presente na pimenta confere a ela propriedades antioxidantes, descongestionantes e anti-inflamatórias.

5. Auxílio no emagrecimento

Ainda devido à presença da capsaicina, a pimenta caiena promove aumento do ritmo cardíaco e melhora a circulação sanguínea. Além disso, tem poder termogênico. “Pois o organismo tem mais dificuldade em digerir e, com isso, gasta mais energia, induzindo o metabolismo a acelerar mais”, explica Michelle.

“Dessa forma, ela auxilia na perda de peso e queima de gordura se o seu consumo for associado a uma alimentação saudável, equilibrada, fracionada e à prática regular de atividade física”, acrescenta a nutricionista Michelle.

Como consumir a pimenta caiena

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

A pimenta caiena é encontrada em pó, in natura ou cápsulas. “A melhor forma de consumo é a mais natural possível, adicionando em alimentos e preparações do dia a dia, dando assim mais sabor e agregando propriedades funcionais aos alimentos”, diz Karina.

Mas não adianta achar que, para usufruir dos benefícios que a pimenta caiena pode oferecer, basta consumi-la eventualmente. Michelle destaca que é necessário consumi-la regularmente e sempre associada a uma alimentação saudável e equilibrada e à prática regular de atividade física.

“Não há quantidade máxima estipulada, o consumo varia de pessoa para pessoa, mas é preciso tomar cuidado, pois o excesso pode causar insônia ou dor de cabeça”, acrescenta Michelle.

Karina explica que a pimenta caiena pode ser utilizada em pequenas doses (pitadas) em preparações do dia a dia, molho de salada, para temperar carnes e peixes, ou até mesmo para consumir em sopas, caldos e sucos. “Alguns especialistas em medicina tradicional ayurvédica indicam o consumo junto com chás”, diz.

A nutricionista Michelle destaca que os benefícios da pimenta podem ser obtidos se ela for consumida de diversas formas: “podemos adicioná-la ao recheio da tapioca, a temperos de vários pratos como de carnes, frangos, peixes, arroz e omeletes ou fazer geleia. Adicionada ao chá verde ou de gengibre intensificamos ainda mais seu efeito termogênico”, exemplifica.

Confira a diversidade de produtos na galeria:

Pimenta Cayena por R$42,10 na <a href="http://mercadogourmetonline.com.br/index.php/marcas/companhia-das-ervas/pimenta-cayena-1000g.html" target="blank_">Mercado Gourmet</a>
Chá verde com pimenta caiena Dr. Dukan por R$30,59 na <a href="http://www.lojadietadukan.com.br/cha-verde-de-pimenta-de-caiena-sabor-limao" target="blank_">Loja Dieta Dukan</a>
Pimenta Caiena em Pó Nomu por R$18,80 na <a href="http://www.bemvivo.com.br/pimenta-caiena-em-po-nomu-29g.html" target="blank_">Bem Vivo</a>
Pimenta Caiena Lotus por R$17 na <a href="https://www.tudosaudavel.com/produto/pimenta-caiena-50g-lotus/" target="blank_">Tudo Saudável</a>
Pimenta Caiena em pó por R$38 na <a href="https://bombayherbsspices.com.br/produto/pimentas-secas/pimenta-caiena-em-po/" target="blank_">Bombay </a>
Pimenta Caiena 500mg por R$109 na <a href="http://www.gncsuplementos.com.br/gnc-pimenta-caiena-500mg-cardiovascular-metabolismo.html?gclid=CMec-quDuMcCFYyAkQod--MGvg" target="blank_">GNC Suplementos</a>
Now Foods Caiena 500mg por R$32,25 na <a href="http://br.evitamins.com/cayenne-500-mg-now-9258?utm_source=google&utm_medium=google_shopping_brazil&utm_campaign=google_shopping_brazil&gclid=CODLlLyCuMcCFRUIkQodl5gI0Q" target="blank_">Evitamins</a>
Pimenta caiena 450mg por R$52,35 na <a href="http://biovea.net/br/product_detail.aspx?PID=3655&TI=GGLBR&C=N&gclid=CMLznJWBuMcCFVYIkQodzOUNVQ" target="blank_">Biovea</a>

Em relação a contraindicações, Karina ressalta que crianças, idosos, gestantes e lactantes devem tomar cuidado ao utilizar a pimenta caiena.

24 Receitas com pimenta caiena

Conheça abaixo como a pimenta caiena pode ser utilizada no dia a dia:

Chás

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

1. Chá de limão com mel, pimenta caiena e canela

Receita indicada pela nutricionista Karina Valentim para aumentar a imunidade:

  • Coloque para ferver 1 litro de água;
  • Adicione a casca de 2 limões e uma canela em pau e deixe ferver por 5 minutos;
  • Quando você desligar o fogo, acrescente o suco de 2 limões;
  • Adoce com 1 colher de sopa de mel com própolis e 1 colher de chá da pimenta caiena em pó.

2. Chá para digestão

Receita indicada pela nutricionista Karina:

  • Esquente 200ml de água;
  • Depois adicione com o fogo desligado folhas de hortelã e 1 sachê de erva doce.
  • Acrescente depois ½ colher de chá da pimenta caiena em pó.

3. Chá de malva com própolis

Receita indicada pela nutricionista Karina para aliviar dor de dente:

  • Faça um chá usando 1 xícara de água previamente fervida e 1 colher de sopa de malva, 3 gotas de própolis e ½ colher de chá da pimenta caiena em pó.
  • Deixe o chá em repouso por 5 minutos, coe e faça bochechos com ele 3 vezes ao dia.

Karina destaca que a pimenta caiena também pode acompanhar infusões à base de ervas, como dente de leão, alcachofra e hibiscos, que também auxiliam no processo de detox do fígado. “Porém, assim como um medicamento, o uso de chás ou infusões pode levar à toxicidade hepática e renal. Estudos já mostraram que as ervas possuem compostos que muitas vezes pode interagir com medicamentos alopáticos. O excesso no uso de infusões ou chás pode levar a sintomas como dores de cabeça, náuseas, vômitos, tonturas e até alergias na pele”, diz.

“Por isso, para um consumo seguro de infusões ou chás é importante ter a orientação de um nutricionista ou médico com especialização em fitoterapia”, acrescenta a nutricionista.

Pratos

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

4. Chili Mexicano: Essa é uma receita tradicional de Chili Mexicano, prato à base de feijão, carne moída e pimenta caiena.

5. Cuscuz com couve-flor assada, grão o e amêndoas: um prato supercriativo que leva pimenta caiena, entre outros ingredientes deliciosos.

6. Chocolate quente com pimenta: que tal adicionar pimenta à receita clássica de chocolate quente? Ótima dica para o inverno!

7. Frango Tailandês: um prato diferente,cheio de sabor e fácil de fazer. Fica ainda melhor com a pimenta caiena.

8. Ovo Cocotte: esta é uma receita de origem francesa que pode ter mil variações. É muito servida em cafés da manhã, mas é uma ótima opção para um jantarzinho ou entrada. A pimenta caiena dará um gosto especial ao prato.

9. Curry de grão de bico: a receita leva grão de bico, tomates, cenouras, gengibre, curry, entre outros ingredientes, e a pimenta caiena, como sempre, dá aquele toque especial.

10. Curry de peixe: o prato pode ser feito com filés grandes de namorado ou com outro peixe branco firme. Além da pimenta caiena, leva ingredientes saborosos como sementes de mostarda, folhas de curry, cebola, alho etc.

11. Frango Tailandês e arroz com castanhas: mais uma opção de receita de frango tailandês. Além da pimenta caiena, o prato leva páprica e zathar (tempero árabe que mistura gergelim, semente de coentro, orégano, cominho e pimenta).

12. Espetinho de tofu com molho picante de amendoim: um prato bem diferente, sem carne, e que combina muito bem com a pimenta caiena.

13. Curry de frango com abacaxi: mais uma opção de curry, que é uma mistura de temperos e especiarias, muito comum na Índia, Tailândia e outros países asiáticos.

14. Camarões ao curry verde: boa dica de prato para quem adora camarão. A pimenta caiena é opcional, mas com certeza dá um toque delicioso ao prato.

15. Massa com molho funghi: uma receita deliciosa de massa que combina muito com pimenta caiena.

16. Espetinhos Tailandês: uma maneira diferente de saborear frango e que ganha um toque especial quando é utilizada, além dos vários ingredientes, a pimenta caiena.

17. Molho de pimenta caseiro: faça seu próprio molho de maneira superprática. Utilize pimentas frescas do tipo ardida (caiena, dedo de moça, malagueta etc.).

18. Costela de porco com molho barbecue: a receita leva pimenta caiena no molho, além de outros ingredientes saborosos, como gengibre, alho, cebola etc.

19. Pão recheado com pimenta: boa dica para quem adora pães e, também, pimenta!

20. Torta de espinafre: receita saudável e rápida que leva uma pitada de pimenta caiena. Sem glúten e sem gordura.

21. Purê de maçã termogênico: a mistura de doce com o picante é termogênica na medida certa e faz desta receita o ponto alto da refeição.

22. Salada de grão de bico e cenoura: para sair da monotonia das folhas, aposte em ingredientes diversificados, como grão de bico, cenoura e a pimenta caiena.

23. Mousse leve de chocolate: que tal uma receita deliciosa, fácil, que leva poucos ingredientes e fica pronta em 15 minutos?

24. Palitos crocantes de abobrinha: com apenas 22kcal por porção, a receita é de dar água na boca e pode ser servida a qualquer hora do dia.

Lembre-se: para usufruir dos benefícios da pimenta caiena é necessário consumi-la regularmente, e sempre associada a uma alimentação saudável. A melhor forma de incluir essa especiaria no seu cardápio é contar com as orientações de um nutricionista.

Assuntos: Alimentação

Dicas pela Web
Comentários