Pessoas que falam sobre sexo têm uma vida sexual mais feliz

Estudo realizado nos EUA demonstram que a comunicação sexual do casal, quando em sintonia, melhora a vida sexual dos dois

Escrito por Carolina Werneck

Foto: Thinkstock

Dizem por aí que uma das melhores partes do sexo é falar sobre ele. Agora, um novo estudo vem corroborar essa opinião, demonstrando que as pessoas que falam sobre sexo possuem uma vida sexual mais feliz.

De acordo com a pesquisa, levada a cabo pela especialista em comunicação em saúde, Elizabeth Babin, na Cleveland State University em Ohio, nos Estados Unidos, e publicada no Journal of Social and Personal Relationships, pessoas que tem o desprendimento necessário para falar sobre sexo tendem a ser menos inibidas também na hora H, o que as torna mais satisfeitas, sexualmente, do que as pessoas que não têm coragem de discutir o tema.

Segundo a pesquisadora, “Indivíduos que se sentem mais confortáveis falando sobre sexo são igualmente mais propensos a comunicar seu prazer durante as relações sexuais e experimentam uma maior satisfação sexual.”

Ela defende ainda que, quando você não se sente à vontade para falar sobre sexo, esse fator não apenas diminui sua comunicação durante o ato sexual, mas também te proporciona menos prazer.

O motivo disso acontecer é que casais que falam sobre sexo em seu cotidiano desenvolvem uma intimidade e cumplicidade muito maiores.

“Quanto mais nos comunicamos, mais nossos parceiros aprendem acerca das coisas que gostamos – e não gostamos – durante o sexo, e então eles podem utilizar esse conhecimento para atender às nossas necessidades”, diz Babin.

“Se ficamos quietos na cama, nossos parceiros se veem obrigados a adivinhar o que nos apetece mais, o que pode resultar em uma relação sexual muito insatisfatória.”

O estudo também fala sobre a comunicação não verbal durante a relação sexual. Esse tipo de comunicação é tão importante quanto ou até mais importante que a comunicação verbalizada. O que você demonstra, mas não diz, está relacionado à sua autoestima sexual, a quanto você se sente à vontade fazendo sexo e mesmo a quanto você gosta de sexo.

Se, mesmo com todas essas confirmações de benefícios para quem fala sobre sexo, você ainda não se sente preparada para tocar no assunto com seu parceiro, não se preocupe. Separamos algumas dicas para tornar a conversa mais natural.

Toque naturalmente no assunto

Não é necessário manter um diálogo picante para falar sobre sexo. Comece, se você for uma mulher muito tímida, demonstrando gostar ou não de determinados movimentos durante a relação em si. Isso pode ser feito através de gestos, sons ou expressões faciais.

Depois, quando estiver mais segura, você pode verbalizar suas preferências e, por fim, convidar o parceiro para uma conversa franca sobre o tema, enumerando a lista do que te satisfaz e do que você não gosta de fazer.

Peça orientação ao seu parceiro

É muito importante, também, saber o que faz seu parceiro feliz na cama. Para isso, observe as reações dele e, se tiverem intimidade suficiente, estimule-o a dividir suas preferências com você.

Como em tudo na vida, a prática leva à perfeição

Ainda que, nas primeiras vezes, falar sobre sexo ou durante a relação possa parecer estranho para você, insista na prática. “Comunicação sexual é uma habilidade que você aprende praticando”, diz Babin. “Quanto mais você pratica, mais confortável você se sentirá na comunicação com seu parceiro”.

Dicas pela Web
Comentários