Nabo: por que consumir este legume e receitas deliciosas para prepará-lo

Com poderes antioxidantes, ele pode ainda ser um ótimo aliado no emagrecimento e no bom funcionamento intestinal

Escrito por Tais Romanelli

Foto: iStock

Não tão como popular como seus “parentes”, mas não menos importante, o nabo é uma planta herbácea da mesma família da couve e do brócolis. Quem torce o nariz para ele pode não saber, mas está perdendo de usufruir dos seus muitos benefícios para a saúde!

Caroline Yoshioka, nutricionista integrante do Conselho Científico da Midway Labs, ex-atleta e pós-graduada em Nutrição Aplicada em Exercício Físico pela EEFE/USP, explica que o nabo destaca-se por ser uma fonte de cálcio e possuir grande potencial antioxidante.

“De baixa caloria, a base ativa do nabo é a proteína, além dele ser rico em complexo B, betacaroteno, fósforo e cálcio”, acrescenta a nutricionista.

Caroline explica que para obter os benefícios que o nabo oferece, a raiz deve ser consumida na forma íntegra. “A melhor maneira é consumir levemente cozido no vapor, pois o excesso de calor destrói boa parte das vitaminas e elimina os compostos glicosinolatos (que têm ação anticancerígena)”, diz.

6 benefícios surpreendentes do nabo

Foto: Pixabay

Caroline destaca abaixo as principais vantagens de se consumir regularmente o nabo:

Leia também: 11 alimentos para prevenir a osteoporose

1. Ajuda a emagrecer: apresenta poucas calorias e tem boas quantidades de fibras, o que ajuda a promover uma sensação de saciedade;

2. Ajuda o intestino: as fibras presentes no nabo também contribuem para a manutenção intestinal;

3. Bom para o sistema cardiovascular: conforme explica a nutricionista, o consumo de nabo contribui para o controle de fatores de risco associados à ocorrência de doenças cardiovasculares;

4. Ajuda a eliminar o sódio: Caroline destaca que o nabo contém potássio que ajuda a eliminar o sódio pela urina;

5. Protege os olhos: os benefícios neste sentido são propiciados pelo conteúdo de vitamina C presente no nabo;

Leia também: 34 receitas com quinoa, o pseudocereal proteico e versátil

6. Bom para a pele: a atividade antioxidante da vitamina C presente no nabo ajuda ainda a evitar o envelhecimento da pele.

Com tantos benefícios, se você nunca provou nabo, vale a pena experimentar!

Como incluir o nabo no seu cardápio

Caroline lembra que para se obter todos os benefícios que o nabo oferece, a raiz deve ser consumida por inteiro e não receber calor em excesso.

“Por sua versatilidade e pelo sabor doce e ao mesmo tempo picante, consumir o nabo junto a outros legumes em saladas também é uma boa opção”, destaca a nutricionista.

Segundo Caroline, a quantidade de consumo recomendada é de 100g (porção de uma xícara de chá) ao dia e o valor calórico é de aproximadamente 26,9 Kcal.

Leia também: Açafrão dá cor e sabor aos pratos e possui propriedades medicinais

10 receitas com nabo para você experimentar

Foto: Reprodução / Veganana

1. Salada de nabo e cenoura: cenoura crua já é uma delícia para preparar saladas, especialmente no verão quando o apetite por alimentos frescos aumenta por causa do calor… E esta saladinha ganha ainda nabo, para dar mais sabor. É fácil de fazer, além de ser colorida e nutritiva.

2. Carne estufada com nabos: é rápida, prática e muito saborosa. Uma ótima ideia para dias mais frios. Além do nabo, você usará carne de vitela, bacon, vinho branco, sal, pimenta, cebola picada, alho, folhas de louro, azeite e salsa.

3. Cozido à portuguesa: para fazer este prato que é uma refeição completa para quem ama carnes, você usará carne de vaca, orelhas de porco, carne de porco, chouriços de carne, nabos, batatas, cenouras, couve, grão cozido, feijão vermelho, arroz e hortelã.

4. Sopa de nabo assado com tomilho: além do nabo e do tomilho, você usará cenoura, batata, alho, cebola, azeite e nata. Uma receita diferente, mas fácil, prática e ideal para os dias mais frios. Vale a pena provar.

5. Sopa de ervilhas, nabo e alho-poró: prática e deliciosa opção para os dias frios. Você usará cebola, alho, ervilhas, nabo, alho-francês (alho-poró, apenas a parte branca), courgette, azeite, estragão, legumes e água.

Leia também: Quiabo é aliado na preparação de pratos saborosos e nos cuidados com a saúde

6. Sopa de rúcula com macarrão e nabos: uma sopa completa e cheia de sabor. Você precisará de cebola grande, batatas médias, alho-poró, nabo, água, sal, azeite, cenoura, folhas de rúcula, massa espaguete e ervilhas.

7. Sopa de feijão, espinafre e nabo: uma opção fácil e gostosa para os dias frios (ou para quem adora tomar sopa independentemente da época do ano). Você precisará de cebola, alho, azeite, nabo em pedaços, courgette, feijão, caldo de legumes e espinafre.

8. Sopa de couve lombarda, agrião e nabo: uma sopa diferente, mas cheia de sabor e benefícios à saúde. Você usará couve lombarda, nabo, bolbo de funcho, agrião, cebola, alho, azeite, água, sal, pimenta-preta e azeite trufado para servir.

9. Sopa de abóbora, nabo e beldroegas: uma receita diferenciada. Você precisará de abóbora em cubos, ramos de beldroegas, nabo em cubos, cenouras, cebola, azeite e sal.

10. Sopa de legumes light: boa opção para quem está de dieta e adora uma sopinha no jantar. Você usará courgette com casca, nabo, cenouras, cebolas, abóbora, água, feijão cozido, alho-poró, sal e azeite.

Agora não faltam ideias para você inserir o nabo na sua alimentação, seja numa saladinha, numa sopa ou num preparado com carne. Vale também usar a criatividade e criar suas próprias receitas a partir destas!

Nabo e emagrecimento

Foto: iStock

O nabo pode mesmo ajudar no processo de emagrecimento? Sim, se inserido dentro de uma dieta equilibrada, o nabo pode oferecer diversos benefícios à saúde, inclusive relativos à perda de peso.

“O nabo possui características importante neste sentido, por ser um alimento regulador de baixa calorias e um desintoxicante do organismo. Além disso, possui propriedades diuréticas e laxativas”, explica Caroline.

Mas, vale destacar que, sozinho, o nabo, como qualquer outro alimento, não faz milagres e não propiciará emagrecimento “por si só”.

Em relação a contraindicações, Caroline explica que o nabo pode, em alguns casos, gerar gases, e é contraindicado para pessoas com distúrbio de tireoide, pois contém substâncias que podem interferir na produção de hormônios pela glândula tireoide.

Agora que você conhece as principais características do nabo, pode experimentá-lo (se ainda não fez isso) e incluí-lo na sua alimentação com sucesso!

Para você