Ciência alerta: mulheres precisam de 20 minutos de sono a mais que os homens

De acordo com o estudo, isso tem a ver o fato de que as mulheres usam o cérebro com mais intensidade

Escrito por Ana Fonseca

Foto: iStock

Dormir bem é fundamental, e esse é o tipo de afirmação com a qual a maioria das pessoas concorda, afinal uma noite de insônia é capaz de simplesmente arruinar nossa produtividade no dia seguinte.

Quando o que entra em pauta é a necessidade humana de fechar os olhos e desligar a mente por algumas horas, temos a noção de que uma pessoa adulta, para ter uma vida saudável, precisa dormir por pelo menos seis horas a cada noite, certo?

Acontece que um estudo conduzido por Jim Horne, do Centro de Pesquisa do Sono da Universidade Loughborough, sugere que, na verdade, as mulheres precisam de mais 20 minutos de sono. Parece que esta ideia tem a ver com o fato de que o cérebro feminino trabalha mais ao longo do dia – cof, cof.

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores contaram com a ajuda de 210 pessoas, sendo homens e mulheres de meia idade. Entenda os detalhes do estudo:

A mulher e sua habilidade multitarefa

Foto: iStock

“Durante o sono profundo, o córtex – a parte do cérebro responsável pela memória, pensamento, linguagem – desliga dos sentidos e entra em modo de recuperação”, explicou Horne, ao Daily Mail.

Leia também: 10 coisas que toda mulher precisa para ter qualidade de vida

Portanto, ainda de acordo com o especialista, quanto mais atividades um cérebro realiza, mais tempo de sono ele precisa para se sentir revigorado no dia seguinte.

No caso das mulheres, existe essa necessidade de dormir mais justamente porque elas estão acostumadas a realizarem muitas tarefas ao mesmo tempo, o que faz com que elas usem o cérebro com mais intensidade do que os homens.

Para garantir que haja equilíbrio em termos de descanso versus atividade, Horne acredita que as mulheres precisam dormir, em média, 20 minutos a mais do que os homens, sendo que algumas podem precisar de um pouco mais ou menos de tempo.

Obviamente, o cientista não deixou de falar a respeito dos homens que trabalham intensamente, precisando tomar decisões e tendo grandes responsabilidades – eles, possivelmente, também se sentiriam mais descansados se dormissem por mais alguns minutos.

Vale frisar que a falta de sono, especialmente quando se torna um problema constante, é um problema que afeta a nossa saúde emocional, nos deixando mais estressadas e com maiores chances de desenvolver doenças mentais, como a depressão. Esses sintomas ligados ao emocional são mais comuns em mulheres do que em homens, quando há privação de sono, por isso é fundamental garantir que seu corpo descanse bem, todos os dias.

Leia também: 13 dicas para ter uma vida saudável sem neuras

Assuntos: Bem-Estar

Dicas pela Web
Comentários