Verdade ou lenda? Veja 11 mitos de beleza derrubados

Dermatologista fala sobre mitos e algumas verdades em relação aos cuidados com a beleza da mulher

Escrito por Tais Romanelli

Foto: Thinkstock

Provavelmente você já comprou um xampu e, ao ler o rótulo com as instruções de uso, se deparou com a frase: “Ensaboe, enxague e repita o procedimento” ou algo semelhante. Mas já parou para pensar se é realmente necessário para os seus cabelos lavá-los mais de uma vez na mesma ocasião?

A resposta certa somente um dermatologista, cabeleireiro ou hairstylist poderá dar. Isso é, avaliando o seu caso em particular: afinal, se os seus fios não são nada oleosos, provavelmente não precisem ser ensaboados duas vezes na mesma lavagem.

Porém, algumas pessoas acreditam que esta é uma regra e que, se não os cabelos não forem ensaboados pelo menos duas vezes com o xampu, eles não estarão, de fato, limpos.

Mas essa é somente uma das muitas dúvidas que circulam no amplo universo dos cuidados com a beleza, seja da pele, dos cabelos ou do corpo em geral. Afinal, entre tantos mitos e algumas verdades, no que de fato acreditar?!

Abaixo você confere uma lista com alguns mitos que já foram derrubados e o esclarecimento sobre outros:

1. O crescimento de cabelos brancos é uma questão puramente genética

De acordo com a dermatologista Bianca Gastaldi, a presença de cabelos brancos e a idade em que eles começam a parecer na mulher, de fato, têm uma relação muito forte com a genética. “Mas o estresse, por levar a alterações hormonais e a deficiências de vitaminas e minerais, podem acelerar e acentuar o processo”, diz.

2. Tirar um fio de cabelo branco faz com que outros fios brancos cresçam ao redor dele

Talvez você já tinha ouvido este “conselho”. Mas a dermatologista Bianca Gastaldi deixa claro que isto é apenas um mito.

Porém, vale destacar que tirar os fios de cabelos brancos não é uma boa ideia e não trará nenhum resultado significativo na aparência da mulher. Caso os fios brancos estejam incomodando, a melhor maneira de tentar resolver o problema é procurar um cabeleireiro ou hairstylist que possa indicar boas soluções para o seu caso.

3. Os cabelos crescem mais rápidos no verão

“É um mito. O crescimento dos cabelos não tem relação com a época ou estação do ano, mas sim com seu estado nutricional e hormonal”, destaca a dermatologista Bianca Gastaldi.

4. Só adolescentes têm espinha

Este é mais um mito. “Atualmente é muito comum a acne se manifestar ou se prolongar até a idade adulta”, afirma a dermatologista Bianca Gastaldi.

“Tenho visto, cada vez mais, casos de mulheres adultas com acne e isto está relacionado com alterações hormonais, deficiência de zinco (estresse ou tabagismo), uso de cosméticos comedogênicos ou impróprios, maquiagem com data de validade vencida, uso de hormônios para ganhar massa muscular ou suplementação sem orientação. Enfim, essas são algumas das causas de acne após a adolescência”, acrescenta a profissional.

5. Algumas pessoas têm pré-disposição a ter acne e a alimentação em nada influencia

Muitas pessoas têm certa resistência em acreditar que a alimentação pode influenciar o aparecimento de acne no rosto. Mas a dermatologista Bianca destaca que o chocolate, por exemplo, tem esse “poder negativo”.

“O chocolate é uma alimentação de alto índice glicêmico e não só pode causar, como também agravar a acne”, explica.

“Em um estudo, no qual se avaliaram mais de 1.200 indivíduos de duas sociedades não ocidentalizadas (os ilhéus Kitavan, de Papua-Nova Guiné, e os povos Ache, do Paraguai), atribuiu-se a ausência de acne nessas populações ao seu padrão alimentar. Em suas dietas há, substancialmente, baixo índice glicêmico em comparação às dietas ocidentais”, diz a médica. “Além disso, em estudos epidemiológicos com a população de esquimós Inuit, detectou-se que os mesmos não apresentavam tal dermatose até a introdução dos hábitos alimentares ocidentalizados”, acrescenta.

6. Tomar sol é fundamental para reduzir a quantidade de espinhas

A dermatologista Bianca explica que tomar sol até melhora a quantidade de espinhas no rosto, mas de forma bem transitória. “Durante a exposição solar estamos expostos à radiação ultravioleta que possui ação anti-inflamatória – o que causaria certa melhora. Mas alguns dias depois, pode-se observar até uma piora pelo estímulo que a mesma radiação causaria na glândula sebácea estimulando-a (efeito rebote)”, diz. “Usar filtro solar e se expor ao sol com moderação é a melhor conduta em casos de acne”, acrescenta.

7. Beber líquidos com canudo faz com que surjam mais rugas ao redor da boca

Não é necessariamente o ato de beber, vez ou outra, com um canudo que fará a mulher parecer mais velha (por contribuir com o aparecimento de rugas).

Mas é verdade que movimentos musculares repetidos com muita frequência podem contribuir com o aparecimento de linhas finas e algumas rugas. Porém, o canudo não é tão vilão assim. Ao menos que ele fosse usado muitas vezes, por bastante tempo, todos os dias.

“Movimentos repetidos com os lábios podem, sim, causar mais rugas. E o hábito de fumar ou até mesmo pessoas com micrognatismo possuem maior risco de apresentarem ruças peribucais precocemente ou mais acentuadas. O ideal seria fazer movimentos de ginástica da musculatura perioral compensatória nesse caso”, acrescenta a dermatologista Bianca Gastaldi.

8. Tirar a sobrancelha com pinça fará o fio crescer mais grosso

A dermatologista Bianca Gastaldi afirma que este é mais um mito de beleza.

Atualmente, este é o procedimento mais conhecido para tirar o excesso de sobrancelhas, deixando o olhar e o rosto da mulher mais bonitos. E, a não ser pelo incômodo (que algumas pessoas sentem no momento de tirar os fiozinhos da sobrancelha), não oferece maiores problemas.

9. Dormir de sutiã é prejudicial para a mulher

Na verdade, dormir de sutiã não faz bem, nem mal à mulher. De acordo com a dermatologista Bianca Gastaldi, depende da situação. “Se ela optar por dormir com a peça, é fundamental que o sutiã seja confortável e não limite a circulação ou cause desconforto. Ou seja, modelos com armação nem pensar”, acrescenta.

10. Drenagem linfática emagrece

Não é correto dizer que a drenagem linfática emagrece. Porém, é verdade que ela auxilia na eliminação de líquidos do corpo, conforme explica a dermatologista Bianca.

E, por isso, pode ser uma medida complementar às pessoas que buscam emagrecer (com uma dieta hipocalórica associada à atividade física) ou, simplesmente, adotaram um hábito de vida saudável.

11. Refrigerante causa celulite

“O refrigerante não causa, mas, de fato, contribui para a piora dos quadros de celulite. Isso porque os refrigerantes e as bebidas gasosas são ricas em Sódio (Na) e este mineral aumenta a retenção de líquidos e também contribui para elevação de líquidos, além das versões normais também serem bastante calóricas e contribuírem para o ganho de peso”, explica a dermatologista Bianca.

Algumas verdades sobre beleza

Foto: Thinkstock

Mas não existem somente mitos e lendas dentro do universo da beleza! Muitas frases e conselhos, que talvez você já tenha ouvido, fazem realmente sentido. Afinal, tirar as cutículas da unha faz mesmo mal?

De acordo com a dermatologista Bianca Gastaldi, sim, “pois a cutícula representa uma defesa da região que separa a unha da pele contra a entrada de micro-organismos e este hábito pode aumentar a chance de infecções na pele ao redor das unhas”, diz.

Outra dúvida que surge entre as mulheres diz respeito à beleza da pele. Que mulher não tentou, ao menos uma vez na vida, colocar rodelas de pepino sobre os olhos para reduzir as olheiras?!

A boa notícia é que o procedimento realmente pode ajudar! “O pepino possui um ativo com ação anti-inflamatória e clareadora. Mas vale destacar que a ação não é duradoura”, explica a dermatologista Bianca Gastaldi.

Agora você já sabe desvendar alguns mitos sobre beleza e deve ficar atenta a outros que escuta/lê por aí! Em casos de dúvida, seja em relação aos cabelos, unhas, pele ou corpo, em geral, lembre-se sempre de consultar um profissional que possa ajudá-la com as melhores orientações.

Assuntos: Pele

Dicas pela Web
Comentários