Conheça a mentoplastia, uma opção de cirurgia no queixo

Escrito por                    
Atualizado em 21.06.22

Envato

Por
Atualizado em 21.06.22

Frequentemente confundida com a cirurgia ortognática, a mentoplastia é a cirurgia realizada no queixo, que pode aumentá-lo ou diminuí-lo. Ela pode ser feita para fins estéticos e funcionais. Conheça mais sobre o procedimento, quando ele é indicado e seus prós e contras.

Publicidade

O que é a mentoplastia

De acordo com a cirurgiã dentista Caroline Luppi (CRO 26187 PR), o termo mentoplastia pode ser definido como uma alteração no queixo. A profissional explica que “essa cirurgia pode estar associada à cirurgia ortognática, quando se deseja alterar os ossos da face como maxila/mandíbula; ou pode ser uma cirurgia isolada, para melhorar o padrão estético do paciente”. Os profissionais qualificados para realizar esse procedimento são os cirurgiões plásticos ou cirurgiões buco-maxilo-facial.

Quem pode fazer a mentoplastia? Descubra para quem serve essa intervenção

Envato

A mentoplastia é indicada para pacientes acima de 18 anos que possuem alguma queixa estética ou funcional a respeito da anatomia do queixo. A cirurgiã explica que, com essa cirurgia, “é possível aumentar ou diminuir essa região, tanto no sentido vertical quanto no sentido horizontal. Essa alteração pode ser feita no volume ou no tamanho do queixo”.

Como é feita a mentoplastia? Saiba mais sobre a dimensão dessa cirurgia

Como a especialista disse, a mentoplastia pode ser associada à cirurgia ortognática ou feita isoladamente. No primeiro caso, Luppi explica que, “por ter ligação com os ossos da maxila ou mandíbula, a cirurgia deve ser realizada em âmbito hospitalar com um preparo odontológico e, por isso, tem um custo maior”.

Já o procedimento exclusivo da mentoplastia “pode ser feito em ambiente ambulatorial ou hospitalar, com sedação para que o paciente tenha mais conforto durante o procedimento”, diz a profissional. Os custos dessa cirurgia isolada variam bastante, mas é possível estimar uma média de 3 a 6 mil reais.

Como é a recuperação da cirurgia? Veja se você teria coragem de encarar esse procedimento

Sobre a recuperação da mentoplastia isolada, Caroline tranquiliza, pois “quando feita no hospital, geralmente o paciente tem alta no mesmo dia”. Também é recomendado que seja feito repouso na primeira semana, evitando movimentos bruscos e fazendo compressas de gelo na região.

Em relação às dores, os pacientes podem ser medicados com analgésicos, anti-inflamatórios e antibióticos. Após uma semana do procedimento, é feita a remoção dos pontos e dia após dia o inchaço vai diminuindo. A cirurgiã também ressalta que é preciso aguardar no mínimo 3 meses para ter uma noção mais assertiva do resultado.

Publicidade

Prós e contras: coloque na balança e veja se vale a pena investir nessa cirurgia

Se você tem vontade de fazer a cirurgia, mas ainda não tem certeza, veja os prós e contras que a especialista pontuou a respeito da mentoplastia:

Prós

Envato

  • Harmonização do rosto;
  • Tempo de cirurgia costuma ser rápido;
  • É possível aplicar anestesia local com sedação, não sendo necessária uma anestesia geral;
  • Pós-operatório mais ameno em relação à cirurgia ortognática;
  • Valor mais baixo em relação à cirurgia ortognática.

Contras

Envato

  • Pode ocorrer a parestesia mentual, ou seja, a perda ou alteração da sensibilidade na região do queixo;
  • Reabilitação e pós-operatórios que envolvem uma ou duas semanas de repouso e uso de medicações;
  • O resultado não é imediato;
  • Dieta líquida nos primeiros dias;
  • Investimento financeiro em drenagens linfáticas após a cirurgia.

Gostou da matéria? Confira também algumas informações sobre a blefaroplastia, a cirurgia nas pálpebras.

As informações contidas nesta página têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Assuntos: Corpo