Meias de compressão: um aliado contra os sintomas das varizes

Elas são indicadas para pessoas que sentem as pernas cansadas, inchadas e que apresentam ou não varizes visíveis

Escrito por Tais Romanelli

Foto: Thinkstock

Você já imaginou que, algum dia, uma peça do vestuário feminina seria útil, também, para a saúde?!

Este produto já existe e é conhecido como meia de compressão, ou ainda, meia elástica. É uma peça que ajuda na circulação das pernas e que, se usada corretamente, pode prevenir uma série de problemas de saúde e, principalmente, auxiliar no tratamento de varizes.

Mas ainda há muita dúvida em torno do assunto: para quem são indicadas as meias de compressão? Elas realmente são eficazes? Qual a maneira correta de usá-la?

Abaixo, João Paulo Maffei Junior, cirurgião vascular do Hospital Leforte, esclarece esta e outras dúvidas sobre o assunto.

Como agem as meias de compressão?

De acordo com o cirurgião vascular, as meias de compressão são meias que exercem uma pressão determinada sobre a superfície das pernas. “Essa compressão é uniforme e exercida ao mesmo tempo, na mesma intensidade e em todos os pontos das pernas. Exercendo essa compressão sobre a superfície da pele, age também sobre as veias superficiais, fazendo com que o conteúdo sanguíneo presente nas mesmas seja desviado para as veias profundas das pernas. Isso faz com que as pernas fiquem mais ‘leves’, menos inchadas, melhorando os sintomas das varizes”, diz.

Para quem são indicadas?

De acordo com João Paulo Maffei Junior, as meias de compressão são indicadas para todas as pacientes que sentem as pernas cansadas, inchadas, que apresentem ou não varizes visíveis, que estejam acima do peso ideal, que trabalhem muito tempo em pé parada ou sentadas o dia todo.

“São muito mais indicadas, desse modo, para pessoas que apresentem varizes e que, por isso, apresentem sintomas relacionados às mesmas”, acrescenta o médico.

Aliadas contra os sintomas das varizes

O cirurgião vascular Maffei Junior destaca que as meias de compressão auxiliam no tratamento das varizes, pois melhoram o edema e a sensação de cansaço nas pernas, “conferindo melhor qualidade de vida às pessoas que optam pelo tratamento não cirúrgico das varizes”, diz.

Porém, vale ressaltar que as meias de compressão não podem evitar o aparecimento das varizes – que acontece quando as paredes das veias ficam muito fracas, e então, dilatadas e tortuosas. Mas a questão não é só estética, pois as varizes prejudicam a circulação da perna e podem levar à formação de coágulos. O efeito da peça é apenas sobre as complicações decorrentes delas.

Os diferentes tipos de meias de compressão

Existem diferentes tipos de meias de compressão. O cirurgião vascular Maffei Junior destaca que elas são classificadas de acordo com a compressão: suave, média e alta.

Quanto ao tamanho, é possível encontrá-las no pequeno, médio, grande e extragrande. Elas podem ser 3/4 (três quartos), 7/8 (sete oitavos) ou meia-calça. Existem ainda diversos tipos de tecido.

“O seu médico poderá indicar qual é o modelo mais adequado para o seu caso. Mas, no geral, a mais usada é a meia de compressão tipo 3/4”, destaca o cirurgião vascular.

Como usá-las?

O cirurgião vascular Maffei Junior explica que, normalmente, as meias de compressão são utilizadas no período diurno, devendo ser retiradas para dormir. “Já as pessoas que trabalham à noite e dormem de dia, devem alternar o seu uso para a noite, devendo retirar pela manhã”, acrescenta.

Por quanto tempo?

De acordo com Maffei Junior, as meias de compressão podem ser usadas por período indeterminado.

“É bom lembrar que o uso da meia não faz as varizes desaparecerem. Elas causam um alívio sintomático. Ou seja, uma vez parado o uso, os sintomas tendem a voltar”, destaca o médico.

Contraindicações

O cirurgião vascular diz que são raras as contraindicações. “A maior contraindicação diz respeito a pacientes com quadro de isquemia de membros inferiores. Ou seja, pacientes que não tenham um bom suprimento sanguíneo para os pés. A população onde isso mais ocorre é na dos diabéticos”, explica o médico.

Onde encontrá-la?

Segundo o cirurgião vascular, existem diversas lojas que vendem esse tipo de meias. “Normalmente, as lojas que vendem produtos cirúrgicos também vendem as meias de compressão. Outra opção seriam as lojas virtuais”, diz.

O custo varia de acordo com o tipo da meia, seu tecido, tamanho etc. “Mas a média de preço seria algo em torno de R$ 100”, diz Maffei Junior.

Se você sofre com as varizes e está em busca de algo que possa auxiliar no seu tratamento, diminuindo seus sintomas, as meias de compressão podem ser uma boa alternativa. Consulte seu médico sobre essa possibilidade.

Dicas pela Web