Medicina ortomolecular

Entenda como funciona a terapia ortomolecular e quais seus benefícios para a saúde e a beleza feminina

Escrito por Deborah Busko

Restaurar o equilíbrio do organismo, corrigir as carências e/ou excessos de vitaminas e minerais para neutralizar os radicais livres. Essa é o princípio da medicina ortomolecular, um tratamento que vem conquistando cada vez mais adeptos, inclusive entre as celebridades.

Mas a proposta da medicina ortomolecular não é recente. Apesar de popular hoje em dia, a ideia de reequilíbrio dos nutrientes no organismo surgiu na década de 1960, apresentada pelo químico Linus Pauling.

As principais medidas a serem tomadas por quem deseja seguir os princípios da terapia ortomolecular são a reeducação alimentar e a mudança dos hábitos de vida. É necessário abandonar as refeições rápidas e riscar do cardápio os alimentos pobres em nutrientes, que ajudam a formar os radicais livres.

Vale ressaltar que os radicais livres são moléculas que provocam a oxidação das células. Para entender melhor, é só tomar como exemplo o que acontece com uma maçã cortada quando fica em contato com o ar.

Fatores externos como poluição, cigarro, álcool, estresse e uma alimentação desequilibrada são os grandes responsáveis pela produção exagerada dos radicais livres. A destruição das células origina doenças e problemas de saúde como fadiga crônica, insônia, oscilação de humor, deficiência de memória, entre outros. Este é também um dos principais fatores do envelhecimento precoce, que pode ser percebido no aspecto da pele e cabelos.

Na dieta ortomolecular, prevalecem os alimentos integrais, frescos e funcionais, que além de nutrir, oferecem substâncias que fortalecem o organismo.

O reestabelecimento do equilíbrio bioquímico do organismo também pode ser feito através de uma suplementação personalizada, que pode incluir medicamentos fitoterápicos, aminoácidos e vitaminas.

No entanto, estes suplementos são recomendados dependendo das carências orgânicas de cada pessoa, por isso não vale copiar a receita da amiga ou daquela atriz de novela que você acha maravilhosa, somente um especialista poderá receitar as melhores opções para o seu caso.

A melhora da saúde é o principal benefício da medicina ortomolecular, mas não o único. Ao consumir alimentos saudáveis, o organismo ganha mais disposição e energia para praticar atividades físicas. Assim, é possível perder peso sem perder saúde.

A medicina ortomolecular serve ainda para amenizar os sintomas da TPM, controlar aquela vontade louca de devorar doces e carboidratos, diminuir a retenção de líquidos e reforçar a imunidade. Pele e cabelos mais bonitos e cheios de vida são efeitos visíveis e que fazem muito bem para a autoestima feminina.

Dicas pela Web
Comentários