Dicas de Mulher Dicas de Beleza

Maquiagem para peles com sarda

Aprenda como maquiar sua pele com sardas, valorizando ou disfarçando esses pequenos pontos

Sardas são um charme, a maioria das pessoas não vê problema nelas. Mas quem costuma não pensar assim, são justamente as mulheres que as possuem. O grande erro é tentar carregar demais na maquiagem, em especial bases e corretivos para deixar a pele totalmente uniforme. O resultado normalmente é artificial e transparece uma pele pesada, longe do efeito que procuramos inicialmente.

Segundo especialistas, é simples resolver o impasse das sardas: Se o objetivo é ameniza-las, procure usar um blush na mesma coloração delas e preferencialmente em pó. Já se você pretende valorizar essa característica pessoal, é necessário fazer uma boa cobertura de toda a pele do rosto e aplicar o blush mais rosado.

É um equívoco pensar que mulheres com sardas têm sempre a aparência inocente, de menininhas, como exemplos temos as modelos Cintia Dicker e Carol Trentini, que fazem sucesso nas passarelas mundo a fora e tem os rostos cobertos por sardas. Tanto Carol quanto Cintia abusam das maquiagens trabalhadas tanto nas cores fortes, como batons escuros e olhos esfumados em preto, como também ficam ótimas em coberturas mais claras como gloss transparente e traçado leve nos olhos. As modelos são somente duas das muitas celebridades que assumem as sardas e estão sempre passando uma imagem sexy.

Uma dica é fortalecer o delineado preto ao redor dos olhos, esfumar levemente com sombra preta para dar mais destaque, provocando assim um contraste bonito. Outra boa maneira de caprichar na maquiagem para esse tipo de pele é ousar com o batom vermelho, ruivas ficam lindas nessa composição. É o caso de Julia Petit, que consegue dar ênfase em seus pontos fortes e disfarçar as imperfeições com sucesso na hora de se produzir.

Outra boa estratégia é não tentar esconder as sardas, mas sim valorizar os traços mais bonitos do rosto, dessa forma o que não lhe agrada, não chamará mais a atenção como antes.

É necessário relembrar também que no caso das mulheres ruivas, loiras e de pele clara no geral, ou seja, as mais propícias a terem sardas, é preciso estar sempre evitando a exposição exagerada ao sol. O protetor solar é essencial não somente no verão, mas sempre que frequentamos ambientes externos. Ao proteger a pele para não correr o risco de queimaduras e consequentemente de aumentar as sardinhas, já inibimos a ação da luz solar e de luzes artificias que nos prejudicam em relação ao envelhecimento cutâneo precoce.

Comentários
Dicas relacionadas