Ladrilho hidráulico: trazendo personalidade à decoração da cozinha

Contando com opções variadas de estampas e cores, o ladrilho hidráulico deixa o visual da cozinha mais interessante

Escrito por Ana Kordelos

Foto: Reprodução / Spelcialty Tile Products

Também conhecido como mosaico ou piso hidráulico, o ladrilho hidráulico é um tipo de revestimento artesanal elaborado à base de cimento, areia, pó de mármore e pigmentos, onde em seu processo de cura, utiliza-se apenas água e não há queima, procedimento comum na confecção de azulejos e cerâmicas.

Possuindo uma superfície lisa e alta resistência ao tempo, com boa durabilidade, conta ainda com diversas opções de estampas, belas misturas de cores e de formas geométricas, causando um efeito único, onde quer que seja aplicado.

Segundo a arquiteta e designer de interiores Patrícia Lopes, este elemento decorativo teve origem nos antigos mosaicos bizantinos, os quais eram aplicados nas paredes como revestimentos e foram amplamente utilizados nos suntuosos palácios europeus.

Ainda de acordo com a profissional, no Brasil este material esteve presente nos projetos residenciais em meados dos anos 1920, atingindo seu auge e em seguida foi logo esquecido. “Atualmente ele está de volta no decor, contando com sua estética vintage e elegante, seja com seu visual colorido ou na estampa preto e branco, misturando o antigo com o novo e criando um ar contemporâneo no ambiente”, explica.

50 fotos que provam o charme do ladrilho hidráulico na cozinha

Sendo muito aplicado em paredes e até como revestimento de pisos, o ladrilho hidráulico ganha charme especial ao compor a decoração da cozinha, alegrando e trazendo personalidade ao ambiente. Confira a seguir uma seleção de ideias que comprovam este feito:

1. O ladrilho hidráulico pode ser o destaque da sua decoração

Foto: Reprodução / Interiores Duo Design

2. Ou ser o complemento perfeito dentro da sua paleta de cores

Foto: Reprodução / Studio Arquitetura

3. Você pode criar ambientes alegres e iluminados

Foto: Reprodução / DT Estudio Arquitetura

4. Ou optar por sobriedade e sofisticação

Foto: Reprodução / Visuels Arquitetura

5. Pode optar por aplicar em pequenos espaços

Foto: Reprodução / BYARQ

6. Ou decorar uma parede inteira com este item

Foto: Reprodução / Andréa Buratto

7. Trazer mais charme à rodabanca

Foto: Reprodução / CASAon

8. Ou embelezar o balcão da cozinha

Foto: Reprodução / Adriana Fornarezi

9. Vale apostar em combinações mais discretas

Foto: Reprodução / Arquitetura8

10. Ou soltar a imaginação, misturando cores e padrões

Foto: Reprodução / MeyerCortez

11. Padrões semelhantes garantem visual mais minimalista

Foto: Reprodução / Lamego Mancini

12. Enquanto a mistura de modelos garante algo mais marcante

Foto: Reprodução / Rovana Daleprane

13. Pode ser aplicado somente em um pequeno detalhe

Foto: Reprodução / Ana Luisa Previde

14. Ou destacando-se no ambiente

Foto: Reprodução / Ticiana Toniolo Tieppo

15. Os tons mais claros garantem uma cozinha iluminada

Foto: Reprodução / Danyela Corrêa

16. Já os mais escuros trazem personalidade ao ambiente

Foto: Reprodução / David Guerra

17. Pode combinar com o tom dos móveis da cozinha

Foto: Reprodução / Croqui Arquitetura & Interiores

18. Ou ainda proporcionar destaque para os mesmos

Foto: Reprodução / Cris Nunes

19. Fica lindo se aplicado como revestimento do piso

Foto: Reprodução / HappyArq

20. Mas também é capaz de embelezar qualquer parede

Foto: Reprodução / Camila Giongo

21. É uma boa opção para delimitar espaços

Foto: Reprodução / HappyArq

22. Ou mesmo integrá-los com estilo

Foto: Reprodução / Bene Arquitetura

23. É possível brincar com a mistura de estampas

Foto: Reprodução / Alexandre Magno Arquitetura

24. Ou apostar em somente uma opção para um visual padrão

Foto: Reprodução / Alma Braguesa Furniture

25. É permitido aplicar o mesmo modelo em dois espaços diferentes

Foto: Reprodução / Maria Fernanda Pereira

26. Ou mesmo em um só elemento do ambiente

Foto: Reprodução / Tânia Bertolucci de Souza

27. Ele é capaz de garantir ares mais rústicos à decoração

Foto: Reprodução / GW Arquitetura

28. Mas transforma-se em peça contemporânea ao combinar-se com os elementos certos

Foto: Reprodução / Atelier Paralelo

29. Mesclando-se com a madeira…

Foto: Reprodução / Tria Arquitetura

30. …e delimitando espaços

Foto: Reprodução / Juliana Falchetti

31. Conferindo sobriedade ao ambiente

Foto: Reprodução / Alme Arquitetura

32. Ou trazendo um pouco de alegria e vivacidade

Foto: Reprodução / Marina Turnes

33. Decorando desde residências com ares campestres

Foto: Reprodução / Beth Marquez

34. …até apartamentos com visual contemporâneo

Foto: Reprodução / Tânia Bertolucci de Souza

35. Pode ser utilizado para destacar uma área específica

36. Ou ainda para misturar-se em meio à decoração

37. É capaz de incrementar desde a decoração dos pequenos espaços

Foto: Reprodução / Interior Decoração Emocial

38. …até as cozinhas mais amplas

Foto: Reprodução / Ferreira Arquitetura

39. Partindo de visuais mais discretos

Foto: Reprodução / 1:1 Arquitetura:Design

40. Até os mais ousados e marcantes

Foto: Reprodução / Tikkanen Arquitetura

41. Contando com estampas mais modernas

Foto: Reprodução / Alma em Design

42. Ou padrões mais clássicos para decorar o ambiente

Foto: Reprodução / Mônica Guerra

43. Pode ser aplicado na bancada da cozinha

Foto: Reprodução / Cris Nunes

44. Ou mesmo como um charme a mais na ilha central

Foto: Reprodução / MeyerCortez

45. Ideal para uma rodabanca em preto e branco

Foto: Reprodução / Condecorar

46. Mas possuindo opções para quem gosta de algo mais colorido

Foto: Reprodução / Panorama Arq

47. Delimitando o espaço reservado para a mesa de jantar

Foto: Reprodução / Angelica Hoffman

48. Ou ajudando a ampliar o ambiente ao ser aplicado na rodabanca

Foto: Reprodução / Adoro Arquitetura

49. Democrático, agrada quem gosta de brincar com a mistura de cores

Foto: Reprodução / Az Alves+Zoppas Arquitetura

50. Ou aqueles que preferem um visual mais monocromático

Foto: Reprodução / Andréa Buratto

Com infinitas possibilidades, pode ser aplicado misturando padrões e cores, transformando o visual desde as paredes, pisos ou mesmo elementos decorativos como rodabanca e balcões da cozinha, basta deixar a imaginação correr solta!

Como é feita a instalação do ladrilho hidráulico?

Foto: Reprodução / ARK@ Arquitetura

Devendo ser instalados, de preferência, por mão de obra especializada, os ladrilhos hidráulicos não demandam muitos processos para sua aplicação. Conforme a profissional explica, eles são assentados um a um, utilizando uma argamassa de areia lavada e cimento, ou ainda uma argamassa própria para assentamento interno ou externo, recomendando-se que esta seja aplicada tanto no contrapiso quanto na peça.

A arquiteta ainda ressalta que, por serem peças artesanais prensadas manualmente, é comum encontrar pequenas alterações na espessura entre elas. Apesar disso, não é necessário a aplicação de rejuntes, já que estas são assentados com junta seca. “Após o assentamento, deve-se aplicar uma resina impermeabilizante oleofugante ou hidrofugante, material ideal para a proteção do revestimento, porém sem alterar as características do ladrilho”, ensina Patrícia.

Outras alternativas semelhantes ao ladrilho hidráulico

Foto: Reprodução / Leila Dionizio

Conforme a arquiteta revela, atualmente é possível encontrar opções que simulam o efeito do ladrilho hidráulico como os porcelanatos, encontrados em tamanhos variados, nos acabamentos fosco e brilhante, ou ainda os azulejos cerâmicos encontrados nos tamanhos 15cmx15cm ou 20cmx20cm.

Para a profissional, estas alternativas tornam-se uma escolha economicamente mais acessível, destacando-se também em termos de resistência ao desgaste, principalmente quando utilizados no piso, já que o ladrilho hidráulico possui uma porosidade maior.

Além destas duas opções, existem os adesivos individuais para serem aplicados um a um sobre azulejos ou mesmo sobre a pintura. “Existem ainda papéis de parede em tecido autoadesivo com estampa de azulejo hidráulico, os quais podem ser aplicados sobre revestimentos ou pinturas, porém necessitam de maiores cuidados, já que não são laváveis”, acrescenta.

Cuidados e manutenção

Possuindo uma manutenção simples, sua limpeza pode ser feita utilizando apenas um pano úmido. A arquiteta ainda recomenda a utilização de uma resina hidrofugante, devendo esta ser aplicada anualmente para prolongar o tempo de vida deste material.

Em relação aos cuidados necessários, a profissional revela que este material artesanal possui alta porosidade, sendo necessário cuidados tanto no momento do assentamento para não manchar o ladrilho, quanto evitar a exposição prolongada à líquidos para evitar manchas.

Alternativa ideal para quem deseja uma decoração de personalidade e cheia de charme, o ladrilho hidráulico é uma boa opção para deixar o visual de sua cozinha ainda mais interessante, seja aplicado como revestimento nas paredes ou piso. Escolha seu modelo favorito e aposte nesta decoração!

Assuntos: Decoração

Para você