Inferno astral: como evitar que essa bad estrague seu mês

Descubra a verdade sobre esse temível período e aprenda como lidar com esse momento sem perder as estribeiras

Escrito por Nicole Dias
Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Parece que as coisas na sua vida simplesmente não estão acontecendo como deveriam? Suas emoções estão à flor da pele, tudo deixa você irritada e parece que o mundo está conspirando contra você? Preste atenção: se você está perto de fazer aniversário, pode ser que você esteja passando pelo inferno astral.

Acredita-se, popularmente, que o inferno astral é a época composta pelos 30 dias antes do aniversário, que são marcados por um período de muito azar e mal humor. Esse estremecimento nas emoções até pode ocorrer, mas na realidade a história é um pouquinho mais complexa.

De acordo com o tarólogo, numerólogo e astrólogo Romulo dos Santos, para a astrologia cada aniversário que fazemos, quando o sol está no mesmo local de nascimento, representa o começo de uma nova etapa trazendo as questões da casa 1 para o plano da consciência. Esse “momento astrológico” também é conhecido como Revolução Solar, que é a indicação dos movimentos planetários na hora do aniversário.

“Os 30 dias anteriores ao aniversário são correspondentes a casa XII, a última casa astrológica, representando o final do ciclo astrológico que está intimamente ligado ao signo de peixes, desta forma, indicando questões cármicas, sacrifícios, sofrimentos e o que deve ser entregue”, explica Romulo. “Em outras palavras, pode-se dizer que o inferno astral trata-se, na verdade, de um ciclo astrológico negativo.”

O que acontece no inferno astral?

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Há quem diga que tudo de ruim pode acontecer no período de pré-aniversário. Embora isso não seja regra, é bastante provável que aconteçam coisas inesperadas no período, uma vez que o Sol está diretamente sob as questões dessa casa. “Por representar o final de um ciclo pode sugerir instabilidade, nervosismo, tensão e acontecimentos dramáticos”, comenta Romulo.

Leia também: Horóscopo do amor: encontre os signos que combinam com você

Para identificar se você está enfrentando um trânsito negativo dos seus astros, o indicado é observar o movimento ativo do seu mapa astral. A procura por um profissional também é uma boa opção. “É preciso procurar um astrólogo para que seja feita uma análise astrológica individual e seja identificada a existência de algum aspecto de tensão no período e quais questões este aspecto está requisitando”, explica o astrólogo.

Isso não quer dizer que todas as pessoas necessariamente passam por momentos difíceis às vésperas de completar mais um ano de vida. “Se não houver nenhum aspecto de tensão sendo formado pelos planetas presentes na casa e, principalmente, do ponteiro do ascendente na casa, com outros elementos do mapa nada acontecerá”.

4 dicas para não deixar o inferno astral tomar conta

De acordo com Romulo, o correto não é encarar o inferno astral como algo negativo, e sim como uma fase de aprendizado. “Mais do que uma fase azar, ao que acabou sendo reduzido, esta é uma fase de recolhimento, introspecção e reflexão. Só assim será possível experimentar verdadeiramente as maravilhas de um nascimento com novas oportunidades”. Confira algumas dicas para passar por essa fase sem traumas!

1. Aproveite esse período para pensar em você

Foto: Reprodução / Giphy

Foto: Reprodução / Giphy

Por ser um momento de introspecção, que tal se voltar para seu íntimo? Essa fase pode ser boa para você sair um pouco do piloto automático, pensar no que você está fazendo na sua vida, quais são suas metas e de quais maneiras você vai alcançá-las. Esse período pode contribuir muito para o seu crescimento pessoal.

2. Cuide da sua alimentação

Foto: Reprodução / Giphy

Foto: Reprodução / Giphy

As crenças populares dizem que o inferno astral pode vir acompanhado por problemas de saúde. Para não dar chance ao azar, cuide bem do seu corpo: ingira frutas, verduras, carnes magras e beba pelo menos 2 litros de água por dia. Fazer pelo menos 30 minutos de exercícios diários também é bom para manter o organismo funcionando corretamente.

Leia também: Mapa astral: entenda o que ele pode dizer sobre você

3. Aceite que dói menos!

Foto: Reprodução / Giphy

Foto: Reprodução / Giphy

Seja passando por um inferno astral ou não, invariavelmente passamos por fases ruins ao longo da vida. A maneira de passar por isso sem traumas é aceitar o que der e vier. Rir das adversidades e tirar de cada uma delas um aprendizado é uma forma positiva de passar por épocas de astral mais baixo.

4. Fique tranquila

Foto: Reprodução / Giphy

Foto: Reprodução / Giphy

De acordo com o astrólogo Romulo dos Santos, mesmo as fases astrológicas negativas são passageiras. “Mesmo que este aspecto de tensão ocorra, ele não irá durar o mês inteiro”. Portanto, não fique achando que você está vivendo o final do mundo e que isso nunca vai acabar. Como quase tudo na vida, isso também vai passar – uma hora ou outra.

Assuntos: Bem-Estar

Dicas pela Web