Saúde

Hortelã: mais saúde, frescor e sabor para suas receitas

Escrito por Tais Romanelli

Foto: iStock

Com coloração bonita, cheiro agradável e sabor singular, a hortelã é, sem dúvidas, uma das ervas mais procuradas em feiras e supermercados.

Sabrina Jeha, herborista e consultora em fitoterapia da Sabor de Fazenda Ervas e Temperos (Instagram @sabordefazenda), explica que a hortelã (nome científico: Mentha) é uma erva aromática, perene, largamente conhecida, cultivada e usada no Brasil em preparos gastronômicos (desde saladas, sucos até sobremesas e caldas) e também em infusões para fins medicinais. “É da família das Lamiaceae, a mesma dos manjericões, lavanda, alecrim e do boldo. Estudos arqueológicos registram o uso dessa planta há mais de 3000 anos em alimentos, na medicina ou em cosméticos”, acrescenta.

Abaixo você confere por que vale a pena conhecer mais sobre a hortelã e incluí-la no seu dia a dia!

10 benefícios da hortelã para a saúde

Foto: iStock

A hortelã possui compostos fenólicos, que têm forte atividade antioxidante, além de vitaminas e minerais, como, por exemplo, vitamina A, cálcio, potássio e fósforo. Por isso, oferece benefícios interessantes à saúde, sendo considerada um alimento funcional. Confira algumas das principais vantagens do seu consumo:

1. Combate a enjoos: o nutricionista Fernando Castro explica que a hortelã possui efeito antiespasmódico, assim, reduz a ânsia e ajuda a evitar vômitos.

Leia também: 122 receitas de molhos que vão turbinar os sabores dos seus pratos

2. Ajuda na digestão: Castro destaca que a hortelã é calmante e estimulante da função biliar, assim, aumenta a velocidade e eficiência da digestão, evitando sintomas digestivos desagradáveis.

3. Versatilidade na culinária: “pelo seu aroma, a hortelã é usada como aromatizante em qualquer preparação, dando uma sensação de frescor aos alimentos. É principalmente usada na preparação de chás e geleias, e também em licores, saladas e carnes”, destaca Fernando Castro.

4. Bom funcionamento intestinal: a hortelã pode ser uma grande aliada para regular o intestino e ainda evita a formação de gases.

5. Combate aos vermes: já é comprovado que a hortelã é um remédio eficiente e acessível contra verminose, especialmente contra a giardíase.

6. Ação expectorante: a herborista Sabrina explica que, com propriedades expectorantes, a hortelã ajuda a melhorar quadros de sinusites, tosse e resfriado comum.

Leia também: 34 receitas com quinoa, o pseudocereal proteico e versátil

7. Aliada da saúde bucal: com efeitos anti-inflamatório e antibacteriano, a hortelã pode ajudar na prevenção de problemas bucais, como infecções, mau hálito, cáries, entre outros. Não por acaso está presente na composição de diversos produtos para cuidados bucais.

8. Ajuda na prevenção do câncer: associada a uma alimentação saudável, acredita-se que a hortelã, com propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, possa também ajudar a evitar alguns tipos de câncer e outras doenças.

9. Aliada da pele: Castro destaca que a hortelã pode ajudar a combater e aliviar coceiras e infecções da pele, além de ser usada como analgésico tópico.

10. Instrumento na aromaterapia : as propriedades da hortelã são exploradas ainda a partir da aromaterapia, ou seja, o aroma da planta é utilizado para relaxamento físico e mental.

Devido às suas propriedades saudáveis, a hortelã é utilizada em vários tratamentos terapêuticos e no dia a dia de muita gente. Agora você conhece as principais vantagens do seu uso!

Leia também: Cominho: mais sabor para os seus pratos e benefícios para a sua saúde

Tipos de hortelã

Foto: iStock

Nem todo mundo sabe, mas, na verdade, hortelã é o nome popular dado à maioria das espécies do gênero Mentha sp. Assim, existem diferentes tipos de hortelã/menta. Abaixo, você conhece os principais deles juntamente com suas particularidades:

  • Hortelã pimenta (Mentha x piperita): “é mais mentolada e fica deliciosa em infusões quentes ou frias trazendo uma refrescância ao preparado”, diz Sabrina.
  • Hortelã poejo (Mentha pulegium): “é usado como um tradicional chá para crianças e adultos com tosse”, destaca a herborista.
  • Hortelã-comum (Mentha spicata): é conhecida como uma planta medicinal e aromática, ajudando a tratar problemas digestivos além de contar com efeitos calmantes e expectorantes.
  • Hortelã japonesa (Mentha arvensis): é bastante usada na aromaterapia, sendo muito conhecida no tratamento de dores de cabeça, por exemplo. Mas tem outras indicações, como descongestionante nasal, combate a gases, náuseas e irritação da pele.
  • Hortelã rasteira (Mentha x villosa): é muito usada, por exemplo, no tratamento (via oral) de infecções intestinais causadas por ameba e giárdia.
  • Hortelã portuguesa (Mentha suaveolens): tem aroma e sabor mentolados. “Ela é muito parecida com a hortelã comum, mas seu porte é mais alto e suas folhas levemente mais grossas”, explica Sabrina. Ela costuma ser usada para combater problemas digestivos, enjoos, etc.
  • Hortelã variegata (Mentha suaveolens variegata): é a hortelã verde com as bordas brancas. É bastante usada na culinária, em saladas, molhos e drinques. Pode ainda ser utilizada como planta ornamental devido à sua beleza.
  • Levante (Mentha sp): “é uma mistura de algumas espécies, apresenta as folhas arredondadas e o sabor adocicado”, explica Sabrina. Pode ser indicada para combater tosse, resfriados e gases.
  • “De uma forma geral, todas as hortelãs podem ser usadas na alimentação, em saladas, condimentos frescos, sucos e em saladas de frutas, por exemplo, imprimindo um sabor refrescante e delicioso. Podem ainda ser usadas na forma de infusão, como tônico digestivo, para prevenir e tratar resfriados, problemas respiratórios e também como vermífugo”, destaca a herborista Sabrina.

    Receitas refrescantes e deliciosas com hortelã

    Foto: iStock

    Usar folhinhas de hortelã é garantia de mais sabor e frescor para suas bebidas ou comidas… Inspire-se com deliciosas receitas com hortelã!

    1. Azeite de hortelã: azeite temperado é uma ótima opção para se ter em casa. Assim, quando quiser dar um toque especial em qualquer receita é só pingar algumas gotinhas! O preparo deste azeite de hortelã em especial é muito simples, você usa somente o azeite e folhas de hortelã!

    2. Molho de hortelã para salada: é fácil de fazer e fica uma delícia! Combina bem com uma salada de folhas ou até com uma salada mais elaborada, por exemplo, com tomates, maçãs, pepinos e cebolas.

    Leia também: Coentro: 9 benefícios e muito mais sobre a erva que divide os paladares

    3. Salada de batata com hortelã: simplesmente divina para almoços de verão! A combinação de temperos faz com que ela seja irresistível e super-refrescante. Boa dica para acompanhar um churrasco, por exemplo.

    4. Chá de hortelã com raspas de laranja: uma combinação de sabores incrível, já que a laranja corta o forte frescor do hortelã deixando-o mais suave e muito saboroso. Além desses ingredientes, você usará somente água quente.

    5. Sopa de ervilha com hortelã: cremosa, saborosa, prática e saudável. Essa sopa pode ser servida quentinha em dias frios, ou gelada em dias quentes. Fica gostosa em qualquer temperatura e leva poucos ingredientes… Inhame, ervilha, hortelã, sal e azeite de oliva.

    6. Salmão com hortelã e salada fria de feijão branco: para dias de calor, nada melhor do que pratos leves, como este! O salmão é acompanhado pelo frescor da hortelã e da salada fria de feijão, num prato elegante e muito saboroso.

    7. Creme de abacate e hortelã: gostoso e nutritivo. Você usará apenas abacate, limão, iogurte natural desnatado, hortelã fresca e adoçante. Basta bater tudo no liquidificador e servir geladinho.

    8. Tempero de hortelã para carnes: tempero ideal para carneiro, porco e outras carnes e até mesmo para filé de frango grelhado. Você usará apenas hortelã, alho, cebola ralada, sal e óleo.

    9. Berinjelas com hortelã e alho: essa berinjela é muito versátil, vai bem com tudo (antepasto, salada, massas…) e é bem simples de fazer. Pode ser consumida pura com pão ou entrar em inúmeras receitas.

    10. Pink lemonade de melancia e hortelã: uma bebida refrescante e deliciosa. Você usará melancia em cubos, limões, xarope de hortelã e água. O xarope de hortelã, por vez, é feito com açúcar, água e hortelã.

    11. Salada de cuscuz marroquino com hortelã: fácil de preparar, leve e saudável, o cuscuz marroquino tem um sabor muito delicado e refrescante. Além disso, as bolinhas brancas ficam lindas em contraste com o colorido dos legumes e temperos que compõe a receita.

    12. Picolé de melão e hortelã: refrescante, é perfeito para os dias de calor! Você precisará apenas do melão cantaloupe, das folhas de hortelã e da calda de açúcar (feita somente com açúcar e água). O rendimento é para oito pessoas.

    Essas são apenas algumas inspirações, mas com certeza a hortelã pode ser usada de muitas formas no seu dia a dia: em sucos, chás, carnes, saladas, sopas e no que mais sua criatividade permitir!

    Contraindicações e alertas sobre o consumo

    Foto: iStock

    Os cuidados com o consumo de hortelã são apenas para pessoas com sensibilidade ao ingrediente. Neste caso, de acordo com Castro, a hortelã pode provocar broncoespasmo e laringoespasmo (fechamento da glote), irritabilidade e ser abortiva. “É contraindicado ainda o uso para crianças menores de dois anos e gestantes”, diz.

    Sabrina ressalta que grávidas, lactantes e pessoas com cálculos biliares devem consultar o médico antes de iniciar um tratamento com a planta.

    Agora você já sabe por que vale a pena incluir essas folhinhas de frescor, sabor e saúde na sua alimentação do dia a dia!

recomendados para você

    7
  • 7 fatos sobre os probióticos que você precisa saber

    7 fatos sobre os probióticos que você precisa saber

  • 7
  • 5 coisas que acontecem com o seu cérebro quando você para de praticar atividades físicas

    5 coisas que acontecem com o seu cérebro quando você para de praticar atividades físicas

  • 7
  • Os riscos do consumo do aspartame

    Os riscos do consumo do aspartame

  • 7
  • Chá de eucalipto: aprenda como fazer e conheça seus principais benefícios

    Chá de eucalipto: aprenda como fazer e conheça seus principais benefícios

  • 7
  • A importância da vitamina D

    A importância da vitamina D

  • 7
  • Entenda o valor nutricional dos alimentos através das cores

    Entenda o valor nutricional dos alimentos através das cores

  • 7
  • 3 alimentos que ajudam a prevenir doenças e o envelhecimento precoce

    3 alimentos que ajudam a prevenir doenças e o envelhecimento precoce

  • 7
  • 5 hábitos simples para acabar com o cansaço excessivo

    5 hábitos simples para acabar com o cansaço excessivo