Dicas de Mulher Dicas de Comportamento

Homens ensinam como demonstrar interesse

Saiba quais os sinais que eles gostam de receber no momento da paquera

em 29/09/2014

Foto: Thinkstock

Na hora do flerte, sempre bate aquela dúvida de como se aproximar. Como será a melhor maneira de mostrar que estamos interessadas? Muita gente fica insegura nesse momento, sem saber se o melhor é deixar logo tudo explícito ou apostar nos “joguinhos”. Afinal, o que podemos fazer para demonstrar que estamos a fim sem parecer exageradas, mas também deixando claro que queremos uma aproximação?

Na paquera, a postura e a apresentação visual (roupas, cabelo, etc.) certamente desempenham um papel importantíssimo. O contato visual é o primeiro a ser estabelecido, por isso essa impressão pode ser decisiva. Ou não. Sintonia pessoal e uma boa conversa podem ser ainda mais poderosas. O equilíbrio entre a atração física e a afinidade pessoal é a peça chave para um encontro positivo. Tudo depende da intenção de cada um e claro, todos têm preferências diversas. Mas também, ninguém quer dar-se de presente numa bandeja – o jogo do flerte é jogado em dupla, através de sinais.

1. Postura corporal

Foto: Thinkstock

O objetivo é passar para ele a mensagem que queremos e isso é feito através de gestos, olhares e posturas. Os homens podem ser um pouco lentos na leitura dos sinais, então é bom dar algumas dicas claras. O historiador Gustavo Fernando (33) começa prestando atenção na postura da mulher: “Gosto quando elas mudam de postura, estufam o peito e andam fazendo charminho. É bom que elas demonstrem através da postura e com autoestima”.

Publicidade — Continue lendo abaixo

A psicóloga com foco em autoestima, Danyla Borobia, também aposta na autoconfiança como grande sedutora: “Uma mulher segura, que se ama, se conhece e sabe o que quer, acaba se tornando mais alegre, receptiva, consegue interagir melhor e demonstrar isso para qualquer pessoa. E se ela estiver aberta e realmente interessada no homem, ele irá perceber. Nada como um belo sorriso no rosto, um olhar atento e muita simpatia”.

O produtor cultural Bernardo Medeiros (25), sugere que não haja muita timidez para que o moço não fique inseguro e aposta numa aproximação natural: “Gosto que as mulheres sejam abertas para conversar, que dêem pistas. A leitura corporal é muito fácil de perceber quando a pessoa tem interesse. Se ela se acanha ou tenta provocar fingindo não se importar, não é legal. Hoje em dia acho que as pessoas podem ser mais sinceras sobre o que querem”.

2. Os olhos podem dizer tudo

Foto: Thinkstock

O olhar muitas vezes é o primeiro sinal e o mais sugestivo. É com os olhos que mandamos a pista inicial. Cruzar o olhar com o dele por alguns segundos ou olhar para a sua boca vai deixar claro o seu interesse. Para o músico Rodney Morelli (42), o olhar é essencial: “Gosto que elas olhem nos olhos, mesmo que seja de longe, e sorriam. Quando estou em um lugar e me interesso por alguém, claro que não vou chegar abordando, olho discretamente para ser notado. Se houver interesse da outra parte, é legal que a outra pessoa retribua com um sorriso nos lábios e no olhar. Aquele sorrisinho sugestivo, sabe”?

Já para o consultor audiovisual Octavio Ribeiro (34), às vezes o olhar já diz tudo: “Basta retribuir o interesse com um olhar e um sorriso de canto de boca. Essa sutileza já é suficiente, até porque o flerte é o melhor momento da paquera. Dependendo da troca de sinais, às vezes nem é preciso falar nada”.

De acordo com a Coach de Relacionamento e Terapeuta EFT, Margareth Signorelli, muitos homens não gostam de perder o domínio da aproximação, e chegar nele com tudo pode fazê-lo perder o entusiasmo. É melhor deixar que ele se aproxime de forma mais efetiva: “O homem sai para encontrar alguém, como os seus ancestrais saíam para caçar. Pode parecer um método antigo, mas o que as pesquisas mostram é que até hoje esse é o método mais efetivo”.

3. Ganhe ele na conversa

Foto: Thinkstock

Após a aproximação física, a hora da conversa é decisiva. Os homens gostam de receber atenção, e o melhor passo para cativá-lo pode ser demonstrando interesse em seus assuntos, assim você o deixará mais à vontade e confiante. O designer Gustavo Thomé, acha que a aproximação deve ser “meio sutil, na conversa. Gosto quando a mulher demonstra interesse em quem eu sou de verdade, o que penso, do que gosto e o que faço”. E não se esqueça de evitar assuntos pesados ou desgastantes, nada de ficar reclamando do dia ou da saúde!

4. Use as redes sociais

Foto: Thinkstock

Em tempos de tanta interatividade online, acabamos por ter mais uma esfera pessoal para cuidar. Sua postura em relação a ele nas redes sociais também pode ser muito útil. Da mesma forma, as relações na internet podem nos deixar mais expansivas, então é importante interagir com cautela. Nada de sair curtindo todas as fotos dele (ele pode te achar uma psicopata), mas uma interação sutil e com bons assuntos pode ajudar na aproximação.

O coordenador de distribuição online, Felipe Gueiros (31) acha simpático quando ela puxa conversa pelas redes sociais “sobre assuntos do dia a dia e sobre a programação do final de semana. É um bom indício para saber que ela está interessada na minha companhia”.

5. Mantenha a autoestima

Foto: Thinkstock

Todo esse processo é acompanhado pelo medo da rejeição. Mesmo que apenas intimamente, todos se preocupam com isso. E muitas vezes, quando não alcançamos nosso objetivo, fica a dúvida: será que ele não queria ou simplesmente não percebeu? Se você passou a mensagem, mesmo que sutilmente, e ele não fez nenhum movimento em sua direção, pode ser que o gato simplesmente não esteja a fim. Margareth Signorelli completa: “Seja quem você é e não como você acha que ele gostaria que você fosse. Seja genuína. Até aí você está mostrando interesse por ele e então espere. Se ele se interessou por você vai te procurar. Caso contrário, não procure”.

Comentários
Dicas relacionadas