Heccus: redução da gordura localizada, celulite e flacidez

Devem ser realizadas no mínimo 10 sessões para alcançar bons resultados

Escrito por Tais Romanelli

Foto: Thinkstock

As mulheres vaidosas estão sempre em busca de novos produtos e tratamentos estéticos que possam ajudá-las a sentirem ainda mais bonitas. Muitas delas se incomodam, por exemplo, com aquela gordurinha localizada em determinada parte do corpo e que, apesar da prática de exercícios físicos, parece “não sair dali” por nada!

Neste sentido, os tratamentos oferecidos em clínicas estéticas e/ou dermatológicas passam a ser uma ótima opção e, aliados às atividades físicas e a uma alimentação saudável, podem ajudar as mulheres a alcançarem os resultados esperados.

Dentre os novos tratamentos oferecidos atualmente, um tem chamado a atenção das mulheres por prometer ótimos resultados: o Heccus, que é um aparelho de estética corporal não invasivo, que não oferece efeitos colaterais.

Como é feito o tratamento?

O moderno equipamento Heccus combina terapia por ultrassom, terapia por correntes de média frequência (Corrente Aussie) e terapia conjunta (ultrassom e corrente Aussie).

“Seu objetivo é, através do calor do ultrassom, quebrar as células de gordura e, por meio da corrente Aussie, aumentar o metabolismo para que essa gordura seja eliminada do corpo através das fezes e urina”, explica Priscila Guimarães, empresária e proprietária do Espaço de Bem-estar e Saúde Santo Corpo.

A Corrente Aussie proporciona estímulos elétricos tripolares para ativação do sistema linfático, o que aumenta o metabolismo local, promovendo a quebra das células de gordura. Dessa forma, o tratamento é potencializado e apresenta bons resultados em menos tempo, inclusive trabalhando a questão da flacidez.

“A paciente fica deitada na maca de massagem. É aplicado, então, um gel e ultrassom na área escolhida, em movimentos circulares. Poderá haver uma sensação de aquecimento na pele e um leve desconforto ocorrido pela corrente elétrica, o que pode ser amenizado pela profissional que está fazendo a aplicação”, explica Priscila Guimarães.

Aparelho Heccus

Para quem é indicado?

De acordo com Priscila, o tratamento é indicado para qualquer pessoa – seja homem ou mulher – que queira um auxílio na perda de gordura localizada, no tratamento de celulite e flacidez.

Isso porque, dentre os resultados, pode-se ressaltar: a ativação do sistema linfático (garantindo melhor drenagem linfática), a melhora da flacidez e da textura da pele, a melhora da definição da musculatura, a melhora da celulite e a redução gordura localizada (redução de medidas).

A profissional acrescenta que as áreas mais comuns para se fazer o tratamento são coxas, parte posterior das coxas, os chamados “culotes” e a região do abdômen.

Quantidade de sessões

Priscila Guimarães explica que devem ser feitas, no mínimo, 10 sessões e, no máximo, 30 sessões por programa, sempre em dias alternados. O custo de cada um gira em torno de 80 reais, dependendo bastante da cidade/local onde será realizado o tratamento.

Alguns resultados podem ser sentidos na primeira sessão. Ao término dela, é possível perder até três centímetros de medida. Porém, essa perda não é definitiva. “Na primeira sessão ocorrerá a quebra das moléculas de gordura, mas, o que de fato vai ser eliminado é o excesso de líquido na região do abdômen. Tanto que na segunda sessão você poderá ter ganhado dois centímetros, em média, na região. Ou seja, quase a medida inicial do começo do procedimento”, explica Priscila.

A profissional frisa que o resultado só será verificado ao final do procedimento, que exige, no mínimo, 10 sessões. A perda total de medidas costuma ser de 4 a 10 centímetros, em média.

Vale destacar que, para resultados realmente satisfatórios, a paciente também precisa colaborar, ingerindo muita água – para facilitar o metabolismo do corpo e a eliminação da gordura quebrada – e seguindo uma alimentação adequada.

Veja como funciona uma sessão de Heccus:

Contraindicações

Priscila Guimarães destaca que existem algumas contraindicações: pessoas portadoras de DIU, próteses e marca passo podem passar pelo tratamento apenas mediante autorização médica por escrito. “Além disso, é terminantemente proibido o tratamento durante o estágio gestacional”, acrescenta.

Heccus x Manthus

Essa é uma dúvida bastante comum entre as pessoas, já que os dois tipos de tratamento oferecem, aparentemente, os mesmos resultados.

“Ambos possuem a mesma tecnologia, ultrassom mais correntes elétricas. Entretanto, há pessoas que sentem diferença em seu tratamento, preferindo um ao outro”, explica Priscila.

Agora você já tem todas as informações que precisa sobre o Heccus. Vale lembrar que, como ocorre no caso de todos os procedimentos que envolvem ação no corpo humano, é muito importante procurar um bom local, com profissionais de confiança, para realizar o tratamento. Em caso de dúvidas, não deixe de consultar seu médico antes de iniciar as sessões.

Assuntos: Celulite, Corpo

Dicas pela Web