Dermatologista aponta as 9 piores coisas que você pode fazer com seu cabelo

Alguns hábitos comuns podem ser prejudiciais aos fios ou ao couro cabeludo, causando diversos danos

Escrito por
Em 22.01.18 (Atualizado em 23.01.18)

Foto: iStock

Continua após o anúncio

Para ter um cabelo bonito e saudável é preciso ter alguns cuidados no dia a dia, seja investindo em bons produtos ou mesmo adotando determinados hábitos na hora de lavar e pentear.

Mas, muitas vezes, esses hábitos que parecem comuns podem acabar sendo prejudiciais aos fios ou ao couro cabeludo, causando diversos danos.

O dermatologista Lucas Fustinoni aponta alguns dos principais erros que as pessoas cometem na hora de cuidar dos cabelos e explica porque isso acontece.

1. Amarrar o cabelo muito forte e por muito tempo

Foto: iStock

É mais prático deixar o cabelo preso. Mas, a fricção do prendedor durante o dia pode danificar os fios. Além disso, quando a tração é muito forte, esticando muito, pode levar à perda de fios na região frontal. Evite principalmente os prendedores de nylon.

2. Usar escovas sujas e cheias de cabelo

Foto: iStock

Lavar a escova toda semana ou, pelo menos, a cada duas semanas é essencial. Essa prática ajuda a remover todos os resíduos, já que, cada vez que alguém penteia os cabelos, leva para a escova materiais que ficam grudados nela e podem causar irritações do couro cabeludo.

Leia também: 6 maus hábitos que fazem o seu cabelo ficar mais fraco e fino

3. Ingerir pouca proteína

Foto: iStock

Continua após o anúncio

A alimentação também é importante. Os cabelos e as unhas são feitos de queratina, componente produzido por proteínas. Com uma alimentação pobre em proteínas fica mais difícil ter cabelos e unhas fortes.

4. Usar fronhas de algodão

Foto: iStock

O algodão é um tecido que gera uma fricção muito grande com o couro cabeludo, o que, ao longo dos anos, vai gerando danos, podendo levar a pontas duplas. Prefira fronhas de seda ou linho, que são tecidos mais lisos.

5. Tomar banho muito quente

Foto: iStock

Água muito quente no couro cabeludo abre a cutícula, deixa o cabelo quebradiço, menos brilhante e estimula ainda mais a produção de sebo, piorando problemas como caspa, inflamações capilares, psoríase e até mesmo calvície.

6. Não trocar os produtos

Foto: iStock

Se fizer alguma mudança no cabelo – químicas, alisamento, tintura – é necessário mudar o shampoo e o condicionador, escolhendo um que seja adequado. A cada mudança um produto novo que deve ser usado ao lavar.

7. Excessos de tratamento

Foto: iStock

Realizar tratamentos capilares em excesso também pode deixar o cabelo sem brilho e quebradiço. Na hidratação, por exemplo, os aminoácidos se aderem de maneira temporária ao redor do fio, mas, se ocorrer um acúmulo de aminoácidos na haste capilar, estas se quebram.

Leia também: Como lavar os cabelos da maneira correta passo a passo

Continua após o anúncio

8. Esfregar muito forte

Foto: iStock

Com o cabelo molhado, quebram-se as pontes de hidrogênio e todos os fios costumam ficar mais lisinho. Mas fica, também, mais vulnerável a danos na haste capilar. Então é preciso ter cuidado na hora de esfregar durante o banho ou enquanto não estiver seco.

9. Entrar na piscina com cabelo seco

Foto: iStock

Ao entrar em uma piscina, o fio absorve a água cheia de cloro e impurezas. A dica é sempre molhar antes ou usar produtos específicos, evitando que o cloro entre de maneira tão contundente no cabelo.

Este conteúdo foi útil para você?
Sua opinião é importante para identificarmos onde podemos melhorar.
Sim
Não

Assuntos: Cabelos

Para você