7 hábitos noturnos que são vilões do emagrecimento

Não é só assaltar a geladeira de madrugada que faz engordar! Descubra outros hábitos que podem atrapalhar a perda de peso

Escrito por Raquel Praconi Pinzon

Foto: iStock

Se você deseja perder alguns quilinhos, você já sabe que não deve devorar uma caixa inteira de bombons à noite – e em nenhum outro momento do dia, na verdade.

Porém, além de exagerar nos lanchinhos madrugada a dentro, existem outros hábitos noturnos que podem prejudicar nosso processo de emagrecimento. Confira sete coisas que você deve evitar fazer depois do pôr do sol se você está tentando eliminar alguns quilos:

1. Exagerar na quantidade de comida no jantar

Foto: iStock

Economizar nas calorias durante o dia e tirar o atraso da fome no jantar não é uma boa ideia. Nesse horário, é melhor consumir uma refeição mais leve, como legumes refogados e uma proteína magra.

Para evitar sentir muita fome à noite, procure fracionar a alimentação e fazer um ou dois lanches depois do almoço.

2. Consumir frituras e guloseimas à noite

Foto: iStock

Não basta pensar apenas na quantidade de comida: é preciso fazer boas escolhas também em relação ao tipo de alimento que você coloca no seu prato, principalmente à noite. Na hora do jantar, procure evitar frituras e outros alimentos gordurosos, pois, além de favorecer o acúmulo de peso, eles dificultam a digestão e podem atrapalhar seu sono.

Leia também: 10 alimentos que parecem saudáveis mas não são

Da mesma forma, não é indicado trocar um jantar de verdade (com vegetais, carboidratos bons e proteínas magras) por guloseimas como pratos congelados ou fast food. Esses alimentos são pobres em nutrientes essenciais e contêm muito sódio e outros aditivos químicos, o que sobrecarrega o organismo.

3. Ingerir muito carboidrato antes de dormir

Foto: iStock

Os carboidratos são nossa fonte de energia, por isso eles são mais necessários quando ainda temos o dia todo pela frente. À noite, é melhor optar por uma porção menor desse tipo de alimento, dando preferência às versões integrais para pães, arroz e massas, e investir nos vegetais e proteínas magras.

4. Ir dormir com fome

Foto: iStock

Fazer uma refeição leve à noite é muito diferente de pular o jantar e ir dormir com fome. Ao fazer isso, seu organismo vai entender que você está em privação – e ele pode reduzir o gasto calórico, prejudicando seu processo de emagrecimento.

5. Consumir bebidas alcoólicas ou ricas em cafeína

Foto: iStock

O álcool pode até dar sono, mas a verdade é que seu descanso não será tão reparador quanto se você não tivesse consumido essa substância. A cafeína, por outro lado, é um estimulante que vai manter você mais acesa.

Por isso, é mais recomendável evitar o consumo exagerado de bebidas alcoólicas e reservar o café, o chá preto e os refrigerantes à base de cola para os períodos diurnos.

Leia também: 14 dicas para mudar seus hábitos culinários e preparar refeições mais saudáveis

6. Ter noites de sono de baixa qualidade

Foto: iStock

Dormir pouco engorda. Quando nosso corpo não consegue descansar o suficiente, o metabolismo fica mais lento e acabamos sentindo mais fome durante o dia. Além disso, um sono de baixa qualidade nos deixa mais indispostas, de forma que vai ser muito mais difícil praticar alguma atividade física no dia seguinte.

Por isso, procure garantir as horas de sono necessárias para você (geralmente entre 7 e 9 por dia) e tenha uma rotina em relação aos seus horários de se deitar e levantar.

7. Usar o celular na cama

Foto: iStock

A luz emitida pela tela dos dispositivos eletrônicos age como um estimulante cerebral, nos deixando mais alertas. Dessa forma, levar o celular para a cama antes de dormir é um hábito muito prejudicial, que acaba atrapalhando nosso sono – e, em consequência, dificultando a perda de peso.

Além de demorar mais tempo para adormecer, seu sono será mais agitado e menos reparador. Por isso, tente limitar seus horários de uso dos eletrônicos e crie um ambiente livre dessas interferências para você poder dormir melhor e permitir que os ciclos do seu organismo funcionem corretamente.

Mais do que comer pouco, fazer boas escolhas no jantar, evitar os excessos de guloseimas e proporcionar um ambiente tranquilo para o sono são seus melhores recursos para combater os “vilões noturnos” do emagrecimento.

Leia também: 24 dicas para perder peso comprovadas cientificamente

Dicas pela Web
Comentários