Guia da beleza oriental: make, pele e cabelos descomplicados

Um guia completo com o que você precisa saber sobre os cuidados diários com a pele, cabelo e a forma correta de valorizar os olhos

Escrito por Alessandra Busko

Olhos pequenos e puxados, rosto arredondado, pele com uma tonalidade amarelada e cabelo liso são algumas características marcantes na beleza das orientais. Mas para muitas delas, esses diferenciais acabam gerando dúvidas na hora de escolher os melhores produtos para deixar a pele bonita.

Outra dúvida frequente é quanto a forma correta de fazer a maquiagem. Para descomplicar, montamos um guia da beleza oriental com dicas para você esclarecer suas dúvidas e ficar ainda mais bonita.

Pele

A pele oriental tem alto teor de colágeno, por isso é mais resistente ao surgimento dos primeiros sinais da idade e de manchas.

Além disso, a quantidade de glândulas sebáceas na região dos braços e pernas é menor, o que faz com que a pele nessas regiões do corpo seja naturalmente mais ressecada.

Outras características da pele das orientais são que ela se bronzeia com mais facilidade e apresenta maior oleosidade no rosto. Por isso, a pele amarelada deve ser protegida diariamente com protetor solar FPS 30, de preferência oil free (sem óleo).

Para evitar a oleosidade em excesso e o surgimento de cravos e espinhas no rosto, o ideal é sempre remover a maquiagem e caprichar na limpeza da pele ao acordar, durante o dia e antes de dormir. Use um sabonete antisséptico e tônico adstringente para isso e invista na hidratação para uma pele mais radiante.

Mesmo sendo mais firme e resistente, a pele das orientais acaba sendo mais sensível e pode sofrer agressões com procedimentos estéticos comuns, como o peeling facial e a depilação. Por isso, é preciso ter cuidados durante esses procedimentos, utilizando loções antissépticas, adstringentes e cremes hidratantes no dia-a-dia para evitar o surgimento das chamadas manchas inflamatórias.

Além de ser mais sensível a procedimentos estéticos, a pele oriental também necessita de atenção redobrada quando apresentar algum ferimento ou incisão cirúrgica, pois é rica em melanina e fibras de colágeno, e se mal cuidada, pode formar queloides. Para ajudar na cicatrização, utilize loções antibióticas à base de eritromicina ou clindamicina na região afetada e cremes cicatrizantes.

Cabelo

Se tem uma coisa de que as orientais não podem se queixar, é do fios lisos e brilhantes. As madeixas das orientais apresentam uma quantidade mais homogênea de queratina nas cutículas dos fios, por isso são tão lisos. Uma ótima vantagem, pois dispensa qualquer procedimento para domar ou alisar os fios.

Mesmo tendo o cabelo dos sonhos de muitas mulheres, as orientais não devem se descuidar. Para manter os fios sempre brilhantes e macios, além de utilizar xampu e condicionador específico para cabelo liso, é recomendado fazer uma hidratação nas madeixas a cada 15 dias.

Por ser um tipo de cabelo liso e sem muito volume, mas em bastante quantidade, as orientais podem apostar em cortes que vão desde os retos até os mais repicados. Vale lembrar que as asiáticas geralmente apresentam um formato de rosto que varia desde oval, redondo e estreito, por isso é preciso escolher o tipo e comprimento de corte ideais para acentuar ou amenizar os traços e valorizar o rosto.

Algumas dicas de cortes de cabelo para orientais são os modelos com a franja caída na diagonal ou franjinha, longos desfiados ou até mesmo medianos estilo chanel ou bob longo.

Maquiagem

A grande dúvida sobre maquiagem para orientais é quanto aos olhos. O make para mulheres com olhos pequenos e puxados exige alguns truques e toques especiais para que tenha um acabamento perfeito e sem erros. Como os olhos puxados não apresentam as “dobrinhas” e as pálpebras são mais “gordinhas”, o truque para dar mais profundidade e uma aparência de olhos maiores, é usar sombras escuras como o marrom e preto.

Para um make noturno, é preciso criar um côncavo na pálpebra móvel dos olhos com a ajuda de um pincel e uma sombra tom nude. Depois, é só usar a sombra marrom ou preta, flexionando o pincel no sentido do canto externo para o interno dos olhos, esfumando levemente. O lápis preto deve ser aplicado na parte inferior e para fora dos olhos, bem rente aos cílios. Use lápis branco ou bege na linha d’agua de dentro dos olhos para dar aparência de olhos maiores.

A maquiagem para orientais fica ainda mais bonita se o puxadinho dos olhos for valorizado aplicando o lápis ou delineador preto com um traço fino em cima e rente aos cílios, no sentido de fora para dentro. Finalize o make curvando os cílios com a ajuda de um curvex e camadas generosas de rímel.

Para um make para o dia, troque as cores de sombras fortes por nuances mais claras como o nude e não carregue muito no lápis preto. Um traço fino e bem rente aos cílios na parte de cima dos olhos é o essencial.

Para garantir uma pele aveludada e sem sinais de oleosidade em excesso ao longo do dia, prepare a pele com o primer. A base, o corretivo e o pó compacto devem ser na tonalidade bege, mas sem apresentar um tom rosado. Para acertar no tom, prove o produto na pele do rosto antes da compra. Para um efeito natural e uma aparência saudável, o blush tom de pêssego é a cor ideal para a pele oriental.

Os lábios devem ser destacados com batom de tons mais suaves como o nude durante o dia e cores mais intensas como o rosa, laranja e o vermelho no período da noite, combinando com looks mais sofisticados.

Assuntos: Pele

Dicas pela Web
Comentários