Gua sha: veja os benefícios dessa técnica para a pele e o bem-estar

Escrito por
Em 05.06.20

2L Beauty

O gua sha é uma técnica de origem chinesa que promete trazer benefícios não somente para a pele, mas também para o bem-estar e a saúde. Ficou curiosa para saber mais sobre o procedimento? Saiba o que é, suas vantagens, como fazer e se o gua sha tem contraindicações. As informações são da dermatologista Aline Somacal (CRM/PR 25661). Confira:

Continua após o anúncio

Índice do conteúdo:

O que é gua sha?

iStock

O termo gua significa raspar ou esfregar, enquanto sha pode ser traduzido como sangramento na pele ou energia perversa. Na prática, a dermatologista explica que “é uma técnica de massagem, com origem na medicina chinesa, que usa pedras, tradicionalmente de jade ou quartzo, que vão sendo deslizadas ou raspadas sobre a pele.”

Aline explica que “há variações da técnica usando uma colher de porcelana no lugar das pedras.” Ainda, “o gua sha original se baseia em técnicas de acupuntura e é feita por profissionais experientes na área, mas há também o feito em casa pela própria pessoa, através de rolinhos que contém as pedras acopladas a ele e são deslizadas sobre a pele.”

A dermatologista destaca ainda que o procedimento “alia os benefícios da massagem à energia das pedras. No Brasil, começou em 2002, mas na China é uma técnica muito antiga.”

6 benefícios do gua sha

  1. Ajuda na drenagem linfática: quando feita no rosto, a técnica combate o inchaço, principalmente ao redor dos olhos. Já no corpo, pode ser um aliado na diminuição da celulite.
  2. Ajuda no alívio da tensão facial e stress: a técnica promove relaxamento muscular, principalmente na região da mandíbula.
  3. Pode promover a esfoliação: conforme a intensidade da raspagem, pode promover uma esfoliação superficial, removendo células mortas da superfície da pele.
  4. Reduz o inchaço e tensões musculares: no corpo, o gua sha atua no alívio de dores e tensões musculares.
  5. Estimula a circulação: a técnica melhora indiretamente a oxigenação dos tecidos.
  6. Está ligada à acupuntura: quando feita por profissionais que usam os pontos de acupuntura, a técnica traz seus benefícios ao corpo.

Apesar de todos esses benefícios citados, a dermatologista salienta que “não há comprovação ou evidência científica de melhora de rugas, linhas de expressão, manchas ou acne. Os benefícios estéticos estão mais na questão da prevenção e da promoção do bem-estar.”

Como fazer massagem gua sha

Além de procurar um especialista na técnica, você também pode fazer o procedimento em casa. Confira tutoriais e saiba como usar a pedra no rosto:

Benefícios da técnica e como usar

Nesse vídeo, aprendemos mais sobre a origem do gua sha e como é possível usar a pedra, ou então outro instrumento, para fazer uma massagem facial. É um procedimento para adicionar à rotina de beleza!

Continua após o anúncio

Drenagem linfática com gua sha

Entre as vantagens do gua sha, está a ativação da circulação e o auxílio na drenagem linfática. No vídeo, acompanhamos quais movimentos fazer no rosto e como usar a pedra para essa finalidade.

Massagem facial com gua sha

Esse é um passo a passo completo de como usar o instrumento de maneira eficiente. Até mesmo a maneira de segurar a pedra influencia na massagem facial e em seus resultados.

Gostou das dicas? Tenha cuidado ao fazer o procedimento sozinha, pois a raspagem pode agredir a sua pele. No caso de dúvidas, sempre procure um(a) especialista.

Cuidados e contraindicações

Segundo Aline, o gua sha não é indicado “para quem possui doenças crônicas de pele, como dermatite atópica, eczemas em geral, psoríase ou câncer de pele”, pois os movimentos de raspagem podem agravar esses casos. Ainda, o procedimento é contraindicado para “quem faz uso de medicações anticoagulantes, possui processos infecciosos na pele, como furúnculos, abscessos, herpes simples, herpes zóster, para grávidas e pessoas em tratamento de câncer ou em quimioterapia.”

Como você viu, o gua sha é mais que um procedimento estético e também está ligado ao bem-estar. Que tal adicionar essa etapa na sua rotina de autocuidado?

Assuntos: Bem-Estar, Corpo, Pele