10 fatos surpreendentes sobre o seu coração

Descubra qual o número de batimentos durante a vida, curiosidades românticas e mais informações

Escrito por Mariana Bueno

Foto: iStock

Embora o coração humano seja associado com frequência ao amor, vale sempre lembrar que ele é um músculo que funciona 24 horas por dia para nos manter vivos. Mas, como está conectado ao cérebro, acaba sendo tido como um órgão emocional, o que não é uma afirmação totalmente errada.

De acordo com o médico Joseph Mercola, isso faz sentido quando se pensa em como o coração acelera em momentos de nervosismo, medo ou mesmo quando se conta uma mentira – inclusive detectores de mentira funcionam medindo a frequência cardíaca para saber se a pessoa está ou não falando a verdade.

Joseph informa ainda que o professor David Paterson, da Universidade de Oxford, observou que o coração humano possui neurônios semelhantes aos do cérebro e que trabalham em conjunto para expressar as emoções humanas.

Conheça alguns fatos fascinantes sobre o coração que vão mudar a forma como você pensa sobre ele.

1. Seu coração bate 100.000 vezes por dia

Foto: iStock

Você provavelmente não passa muito tempo pensando em seus batimentos cardíacos, mas esse músculo bate uma média de 100.000 vezes por dia e 35 milhões de vezes por ano. Durante a sua vida, seu coração baterá em média 2,5 bilhões de vezes.

Leia também: 10 maneiras de cuidar da saúde do seu coração

2. Corações de mulheres batem mais rápido que dos homens

Foto: iStock

O jornal britânico Daily Mail informou que um estudo canadense descobriu que o ritmo do coração de uma mulher está cerca de oito batimentos por minuto à frente de um coração masculino. O principal motivo para isso seriam as diferenças hormonais entre homens e mulheres.

3. Seu coração pode bater fora do seu corpo

Foto: iStock

O coração humano é um músculo bastante complexo, e uma das características mais interessantes é poder bater fora de seu corpo. Isso acontece porque o coração possui seu próprio sistema elétrico, podendo funcionar fora do corpo, desde que tenha um suprimento adequado de oxigênio.

4. Seu coração bombeia uma quantidade enorme de sangue

Foto: iStock

Durante a vida, um coração bombeia mais sangue através do seu corpo do que você pode imaginar. De acordo com o médico, a quantidade de sangue bombeada ao longo de uma vida é como se a torneira da cozinha ficasse constantemente aberta por 45 anos.

5. Rir pode aumentar o fluxo sanguíneo do coração

Foto: iStock

Uma boa risada pode enviar 20% a mais de sangue fluindo através de todo o corpo. Um estudo descobriu que, quando as pessoas assistem a um filme engraçado, o fluxo sanguíneo aumenta. Por isso, rir pode ser o antídoto perfeito para o estresse.

6. Seu coração gera energia para ir até a lua

Foto: iStock

A frase “Eu te amo até a lua ida e volta” é baseada na verdade. Segundo o site Fact Retriever, durante a vida o coração humano gera a mesma quantidade de necessária para voar para a lua.

Leia também: Como evitar e controlar a pressão alta

7. Falta de sono pode causar batimentos cardíacos irregulares

Foto: iStock

Se você precisar de um motivo a mais para dormir a quantidade recomendada – de sete a nove horas de sono – saiba que estudos mostraram que dormir mal pode aumentar as chances de ter batimentos cardíacos irregulares em até 29%.

8. Pessoas apaixonadas têm batimentos sincronizados

Foto: iStock

Para todos os românticos: um estudo realizado pela Universidade da Califórnia revelou que quando duas pessoas estão apaixonadas, seus batimentos cardíacos são sincronizados. Nos casais heterossexuais, os batimentos cardíacos das mulheres tendem a acompanhar o padrão dos parceiros masculinos.

9. Seu coração gera bastante pressão

Foto: iStock

O coração humano é tão forte que suas contrações têm pressão suficiente para esguichar sangue numa distância de quase 10 metros, de acordo com o site MonkMed.

10. Ter o “coração partido” pode realmente fazer mal

Foto: iStock

Mais uma prova de que as emoções têm um impacto no coração. A síndrome do coração partido é uma coisa real. Quando se sofre algum desgosto, podem surgir dores no peito e falta de ar semelhantes aos sintomas de um ataque cardíaco. Nesses momentos de grande tristeza, há uma interrupção temporária da função de bombeamento normal em uma área do coração, mas o restante dele funciona normalmente ou com contrações ainda mais contundentes.

Todas essas curiosidades mostram que, seja pela sensação de amor e carinho ou por bombear perfeitamente o sangue através de todo o corpo sem que as pessoas estejam conscientes disso, o coração humano é realmente um órgão surpreendente.

Leia também: Óleo de peixe ajuda a cuidar do coração e pode prevenir a depressão

Para você