7 fatos sobre sexo que você precisa aprender

Essas dicas simples ajudarão muitas mulheres a se sentirem mais livres e mais seguras ao terem relações sexuais

Escrito por Mariana Bueno

Foto: iStock

O passar dos anos e o amadurecimento refletem, também, na vida sexual, levando a relações mais saudáveis e, consequentemente, mais prazerosos.

Aprender alguns fatos sobre sexo, quebrar alguns tabus, entender melhor seu próprio corpo e suas vontades, pode ajudar a fazer com que seus momentos a dois sejam ainda melhores.

Veja sete dicas simples, mas importantes, que vão fazer a diferença:

1. Não se cobre tanto

Foto: iStock

Usar uma lingerie sexy, estar com os pelos devidamente depilados, aprender novos movimentos, fazer com que seu parceiro fique excitado… As mulheres são ensinadas a fazerem tudo isso, como se fossem questões imprescindíveis para o sexo. Mas não são. Um parceiro que vale a pena não vai se preocupar com a aparência, com a quantidade de pelos… Então não cobre de si essa perfeição. Eles querem fazer sexo com você. Seja você mesma.

2. Consentimento é importante

Foto: iStock

Conversar com o parceiro, saber se ele gosta do que você está fazendo ou pretende fazer e dizer se você consente ou não que ele faça o que quer, é essencial para que a relação sexual funcione bem. Se você não tem certeza de algo, não tenha medo de dizer “não”, até que você possa descobrir se realmente quer. Você sempre pode mudar de ideia. E ele sempre terá de respeitar.

Leia também: 10 livros eróticos que podem te inspirar a ter uma vida sexual mais picante

3. Sexo não é só penetração

Foto: iStock

Durante a adolescência e no início da juventude, a maioria tende a pensar que o ato sexual se resume à penetração do pênis na vagina. Mas existem várias outras formas de ter prazer e nenhuma é mais importante que a outra. Basta decidir, em conjunto, o que é melhor e mais agradável naquele momento. Variedade é o tempero da vida!

4. Tudo bem fazer comentários negativos

Foto: iStock

Se o parceiro está fazendo algo de errado ou que você não gosta, diga a ele. Se ele perguntar se você está gostando, mas você não está, seja sincera. Receber prazer é importante para você. E fingir não é um favor ao parceiro, pelo contrário, você é que acaba se privando de ter um bom momento e ainda o priva do prazer de te agradar.

5. É bom provocar

Foto: iStock

Flertar, beijar, tudo isso faz parte do jogo da sedução, independente se vai ou não levar a uma relação sexual. Pode ser uma forma de diversão – às vezes mais até do que o sexo – e você tem esse direito de fazer tudo o que quiser. Não há nada de errado em seduzir e, depois, preferir ficar sozinha ou mesmo se masturbar.

6. Você merece ter prazer

Foto: iStock

É grande o número de mulheres que não conseguem chegar ao orgasmo durante as relações sexuais. Isso se deve a diferentes fatores, alguns deles psicológicos, que fazem com que muitas mulheres se sintam desconfortáveis nesses momentos. Acontece, também, de se preocuparem com o prazer do parceiro, e não com o seu próprio. Mude esta forma de pensar e agir. Ser egoísta, às vezes, é necessário.

7. Sexo não é amor

Foto: iStock

Desde cedo as pessoas aprendem a conectar o sexo e o amor. Mas uma boa relação sexual, por maior que seja o prazer proporcionado, não significa que a outra pessoa te ama ou que você ame a outra pessoa. Claro que pode acontecer, e não há nada de errado nisso. Mas é importante entender que o amor não é apenas um sentimento; é uma série de ações. Ações mais significativas do que ter relações sexuais com alguém.

Leia também: Coaching também é eficaz para melhorar a vida sexual

Essas pequenas dicas ajudarão você a se sentir mais livre e mais segura ao ter relações sexuais. O que fará também com que esses sejam momentos de mais qualidade e de mais prazer ao longo da vida.

Assuntos: Sexo

Para você