Exercícios de Kegel: aprenda mais sobre essa técnica de fortalecimento do assoalho pélvico

Escrito por
Em 28.09.19

iStock

Você sabia que existem exercícios capazes de diminuir e/ou controlar o desconforto na região pélvica? São os chamados exercícios de Kegel, bastante recomendados pelos fisioterapeutas para o alívio de dores em mulheres grávidas ou puérperas e com problemas de incontinência urinária.
Quer aprender mais sobre esse tipo de exercício? Então, continue com a gente! Entrevistamos uma fisioterapeuta especialista no assunto, que vai tirar todas as suas dúvidas.

Continua após o anúncio

O que são exercícios de Kegel

iStock

De acordo com a fisioterapeuta Patricia Ribeiro (CREFITO: 49049F), os exercícios de Kegel foram criados em 1940 por um médico americano chamado Arnold Kegel, com o objetivo de reduzir as intervenções cirúrgicas associadas à flacidez da musculatura do assoalho pélvico (região íntima).

Os exercícios de Kegel foram baseados no pompoarismo, que é uma técnica milenar que teve origem na Índia, foi aperfeiçoada na Tailândia e chegou ao Brasil com adaptações ocidentais. Ambas trabalham o assoalho pélvico, mas o pompoarismo tem uma conotação mais erótica e sensual, usando-se acessórios como bolinhas de Ben-wa, massageador e cones vaginais, em que a mulher vai treinando movimentos de contração, relaxamento, sucção e expulsão.

Já os exercícios de Kegel, por sua vez, são mais utilizados para o fortalecimento da musculatura pélvica, recomendado para o controle de incontinências urinárias e fecais, prolapsos de bexiga (bexiga caída) e também para melhorar a flacidez pós-parto.

5 benefícios dos exercícios de Kegel

  1. Fortalecimento da musculatura do assoalho pélvico
  2. Melhora da flacidez pós-parto
  3. Diminuição dos prolapsos de bexiga
  4. Redução de intervenções cirúrgicas
  5. Eliminação quase completa da incontinência urinária

São muitos os benefícios, não é mesmo? Caso você esteja com algum dos problemas relacionados ao assoalho pélvico que os exercícios de Kegel podem ajudar a melhorar, não hesite em procurar um fisioterapeuta para te auxiliar.

Leia também: Como ter a barriga reta após a gravidez

Como praticar exercícios de Kegel

iStock

A fisioterapeuta Patricia Ribeiro ensina que o primeiro passo deve ser trabalhar a consciência corporal da paciente, para que ela consiga isolar a musculatura do assoalho pélvico dos glúteos e abdômen, como se estivesse imaginando que está interrompendo o xixi. Em seguida, devem ser tomados os seguintes passos:

  1. Esvaziar a bexiga;
  2. Identificar os músculos do púbis (que interrompem o xixi);
  3. Realizar 10 segundos de contração e 10 segundos de relaxamento, o máximo de vezes que conseguir ao dia.

A fisioterapeuta também ressalta que os exercícios podem ser feitos deitada, sentada ou em pé. O ginecologista ou fisioterapeuta que te acompanhar poderá ajudar na associação dos exercícios de Kegel a aparelhos de biofeedback, usados para saber se os músculos estão contraindo o suficiente e por quanto tempo. Há também o auxílio feito por estimulação elétrica (que ajuda a identificar os músculos pélvicos).

Continua após o anúncio

Por último, é importante ressaltar que já existe no mercado um aplicativo chamado Treinador Kegel, disponível em Android e iOS, para auxiliar as pessoas a fazer os exercícios corretamente.

Vídeos para te ajudar na prática

Existem vários vídeos que podem te ajudar a visualizar os exercícios de Kegel. Dê uma olhada!

Exercícios de Kegel para gestantes

Leia também: Ginástica sensual: aumente sua autoestima

Com 35 semanas de gestação, a Mônica Medeiros resolveu mostrar no Youtube os exercícios de Kegel que tem feito para se preparar para o parto. Alguns dos exercícios envolvem agachamento e elevação de quadril.

Exercícios de Kegel pós parto

Após o parto, a Mônica Medeiros, do vídeo anterior, mostrou os exercícios que ela fez para evitar problemas causados no pós-parto, como a diástase. No vídeo, ela contou com a participação do seu fisioterapeuta, o Rafael Reis.

Exercícios de Kegel para incontinência urinária

A Jussara do canal “Emagrecendo pra valer” ensina a realizar de exercícios de Kegel de forma a ajudar na incontinência urinária. No início do vídeo, ela dá diversos exemplos de casos em que os exercícios de Kegel podem servir, o que é ótimo para aquelas que querem buscar mais informações.

Leia também: Tipos de vagina: é hora de conversar sobre suas partes íntimas

Continua após o anúncio

Exercícios de Kegel para o parto normal

A Juliane Almeida, do canal “Vida de Mulher”, quer que o seu parto seja feito por vias naturais e, para que isso aconteça da melhor forma possível, ela tem usado os exercícios de Kegel como um grande aliado. Veja as dicas dela!

Agora que você já sabe bastante sobre os exercícios de Kegel, que tal aprender mais sobre pompoarismo? Venha com a gente!

As informações contidas nesta página têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.

Para você