Escalada para emagrecer e ganhar músculos

Ideal para quem quer fugir da rotina, o esporte é uma maneira diferente e divertida de cuidar do corpo e eliminar o estresse

Escrito por Juliana Prado

Foto: Thinkstock

Você já pensou em praticar uma atividade física diferente das tradicionais? Esportes ao ar livre podem ser uma ótima alternativa para quem busca manter o corpo e a saúde em ordem e, de quebra, quer aproveitar momentos de lazer em meio à natureza.

Para isso, a escalada é uma ótima modalidade! Trata-se de um esporte completo, que utiliza membros do corpo todo. Ótima para tonificar os músculos, ela também ajuda a perder peso, elimina a tensão e o melhor: tudo isso desfrutando de belas paisagens e conhecendo lugares incríveis.

O que é escalada?

A escalada é um esporte radical que utiliza técnicas do montanhismo e é realizado principalmente em paredões rochosos. Na atividade, o praticante utiliza os próprios membros para escalar rochas, subir blocos e montanhas, e a técnica exige muita força e concentração.

Há diversas modalidades do esporte, como a escalada indoor, realizada em uma parede artificial que simula a escalada em rocha, ou a escalada esportiva, que consiste em escalar vias em rochas. O esporte apresenta diferentes níveis de dificuldade e exige equipamentos de segurança. Entre os equipamentos básicos estão as sapatilhas com solado de borracha, próprias para o esporte, corda, cadeirinha, capacete e mosquetões.

Benefícios para o corpo e a mente

Ana Lígia Fujiwara pratica a escalada há mais de 10 anos. Ela começou escalando ao lado do marido e se apaixonou pelo esporte. Hoje, fez dele um “estilo de vida”, já que seus treinos, alimentação e alongamentos são feitos diariamente pensando em melhorar seu desempenho no esporte.

Para ela, os benefícios foram inúmeros. A escalada a ajudou a lidar melhor com suas limitações, como o medo de altura. Isto porque o esporte trabalha aspectos psicológicos como medo, concentração e atenção – é preciso ter visão estratégica antes de realizar cada movimento. O esporte ainda ajuda a eliminar o estresse, trazendo não só o bem-estar físico, mas também o mental.

Outra grande mudança percebida por Ana Lígia foi em seu corpo: depois de adulta, a escaladora descobriu que tinha transtorno bipolar. A medicação controlada a fez ganhar peso – cerca de 10kg no período de um ano. Foi então que Ana Lígia concentrou suas energias no esporte, e a escalada foi crucial para mantê-la motivada a reverter a situação e voltar ao seu peso normal. “Comecei a treinar regrada. Treino de resistência, corrida e dieta. Não sei se a escalar me fez perder peso, mas com certeza me deu a motivação para emagrecer. Assim, escalo melhor e evito lesões”.

A praticante de escalada Ana Lígia Fujiwara. Foto: Rafael Rodrigues

Substitui a musculação

Além de emagrecer, Ana Lígia percebeu muitas melhoras no corpo. “Escalar tonificou meus músculos, principalmente dos braços e pernas”. A prática funciona como uma musculação, já que exige força e condicionamento do atleta, mas, por ser uma atividade muito dinâmica, pode ser bem mais divertida. Os exercícios aumentam a força e utilizam músculos do corpo todo, principalmente os dos membros superiores e inferiores, os dorsais e os abdominais – fundamentais para o equilíbrio.

E os benefícios não param por aí: escalar ainda melhora a flexibilidade, a coordenação motora, o equilíbrio e a consciência corporal do praticante. De quebra, a atividade apresenta ótimo gasto calórico – cerca de 700 calorias por hora de treino, um gasto semelhante ao da corrida.

Diferentes modalidades

O esporte tem diferentes modalidades e é possível escolher a que se enquadra melhor ao seu perfil. Inspirada na escalada em rochas, a escalada indoor é uma das opções. Em geral, é praticada em ambientes fechados, como academias ou ginásios, em paredões artificiais montados com diferentes níveis de dificuldade. Segundo Ana Lígia, uma das vantagens desse tipo de escalada é que, geralmente, o ambiente é controlado. “Se o muro for coberto, existe a vantagem de poder escalar com chuva, por exemplo.”

Também é possível praticar a escalada em rocha. Para Ana Lígia, a grande vantagem é o contato com a natureza. Mas, também há o lado negativo. “Na escalada em rocha, é preciso se adaptar ao ambiente: altura, tipo de rocha, sol ou sombra e as dificuldades de cada via”, explica.

Escalada para todos

Ficou animada com o esporte? A boa notícia é que a escalada é uma atividade bastante democrática: homens e mulheres podem praticar e não há limitação de idade. Isto porque há vias com diferentes níveis de dificuldade, tanto para iniciantes quanto para escaladores experientes. Por ser um exercício de baixo impacto, também não apresenta riscos às articulações.

A quem deseja iniciar na modalidade, hoje há escolas e academias que possuem paredes para treino indoor e oferecem cursos. “Para quem está começando, o ideal é fazer um curso e sempre escalar com pessoas mais experientes. No curso, você aprende sobre o equipamento, segurança, entende os riscos e a importância de respeitar seus limites”, recomenda Ana Lígia. Outra sugestão da escaladora é procurar por grupos de escalada em sua cidade. Ela mantém um site sobre o assunto, onde é possível obter outras informações.

Lembre-se: para sua segurança, é imprescindível estar sempre acompanhada por um profissional e utilizar corretamente os equipamentos de segurança, como capacete, cordas e mosquetões.

Dicas pela Web