Escabiose humana

Conheça os principais sintomas e formas de tratamento para acabar com a coceira causada pela sarna

Escrito por Deborah Busko

A escabiose humana ou sarna é uma doença parasitária causada por um ácaro. Assim como outras infecções e doenças parasitárias, pode atingir qualquer pessoa. O mais frequente é que a sarna ocorra em locais com condições precárias e pouca limpeza, mas não está associada somente à falta de higiene. Para pegar sarna, basta ter contato com uma pessoa com o problema. Além disso, o ácaro causador da doença se alimenta de pele, e não de sujeira.

Quando o ácaro encontra uma nova vítima, ele acasala na sua pele e a fêmea deposita ovos que depois de dez dias dão origem a novos parasitas. Se a pessoa não receber tratamento, esse ciclo não acaba e a doença continua.

Sintomas da sarna

A coceira é a principal característica da doença e ocorre porque nossa pele desenvolve uma reação alérgica ao bichinho. Essa coceira tende a piorar à noite.

Outros sintomas da sarna são bolinhas avermelhadas e cascas na pele. As lesões causadas pela escabiose atingem principalmente o abdômen, flancos, baixo ventre, umbigo, axilas, cotovelos, punhos, espaços entres os dedos das mãos e nádegas.

Tratamento para sarna

O ácaro causador da sarna sobrevive por horas ou dias em também em roupas, sofás, cadeiras, toalhas, o que torna a doença contagiosa e geralmente mais de um membro da família é atingido. É por isso que costuma-se orientar que todas as pessoas que moram na mesma casa tratem a sarna mesmo que só uma delas esteja apresentando coceira.

O tratamento para escabiose é feito com inseticidas que não fazem mal para a pele humana. São os chamados escabicidas, encontrados em forma de loção ou sabonete. A doença também pode ser controlada via oral, com medicamentos para alívio da coceira.

Deve-se aplicar o produto por três dias em toda a pele, com exceção do couro cabeludo e do rosto. Depois de uma semana, é preciso repetir o tratamento para matar os ácaros que ainda estavam nos ovos na primeira etapa do tratamento e por isso não foram atingidos.

As roupas, lençóis e toalhas de banho devem ser trocados todos os dias em que o escabicida for aplicado. O melhor é lavar todas as peças com água quente e passar com ferro.

A sarna humana é a mesma do cachorro?

Não, a sarna humana é diferente da sarna do cachorro. Existe um ácaro específico para cada uma das doenças. Pode até acontecer da sarna do cachorro passar para a pele humana, mas o ácaro não resiste por muito tempo na pele, morre e o problema desaparece. Da mesma forma, a escabiose humana não vinga nos cães.

Dicas pela Web
Comentários