É possível fazer as aulas mais populares da academia em casa?

Atualmente, muitos sites e vídeos oferecem a possibilidade de alguns exercícios serem realizados fora da academia

Escrito por Tais Romanelli

Foto: Thinkstock

A maioria das academias, hoje, não se restringe apenas à musculação e oferece também uma grande variedade de aulas – que têm como objetivo queimar calorias, trabalhar diferentes partes do corpo e, claro, descontrair os alunos!

Zumba, Spinning, Crossfit, são algumas das opções que fazem sucesso nas academias e que atraem cada vez mais adeptos, exatamente por serem diferentes e dinâmicas. Mas, além delas, existem muitas outras aulas que se destacam cada vez mais por oferecerem diversos benefícios aos praticantes, sem deixá-los cair na rotina.

Apesar das academias disponibilizarem aos alunos diferentes tipos de atividade, algumas pessoas, por falta de tempo ou, simplesmente, por preferirem ficar no conforto do seu lar, acabam optando por realizar alguns exercícios em casa.

Atualmente é possível encontrar à venda desde colchões para fazer abdominal, passando por halteres e caneleiras, até esteiras para caminhadas e bicicletas para a prática de Spinning. Além disso, é possível encontrar em sites específicos, ou até em vídeos do Youtube, orientações de como praticar certos exercícios em casa.

Mas será que praticar essas aulas em casa é realmente seguro? O assunto gera controvérsia e, por isso, é fundamental que a pessoa sempre converse com um profissional da área e de confiança, antes de praticar qualquer exercício fora da academia.

Mas abaixo você confere informações de algumas atividades que oferecem a possibilidade de serem realizadas em casa, desde que, com cuidado e certa orientação:

Zumba

Um dos maiores sucessos nas academias, a aula de Zumba é bem dinâmica, pois mistura vários ritmos latinos. De acordo com a professora de Pilates da Contours, Karina Ibanhez, ela trabalha bastante os membros inferiores, e o corpo todo de forma geral. “Queima cerca de 500 a 1000 calorias em uma hora de aula. É uma atividade que trabalha de forma lúdica, melhora a autoestima, a coordenação motora e também contribui para a memória, pela repetição dos passos que deverão ser lembrados”, explica.

Vale destacar que as coreografias são fáceis e divertidas, para não deixar de lado os que não sabem dançar. O importante é participar e tentar seguir o ritmo!

No site Zumba Fitness, é possível comprar DVDs, roupas, acessórios etc., para quem pretende praticar a atividade em casa. Além disso, em seu canal do Youtube, estão vídeos que podem ser seguidos.

Porém, na opinião de Karina Ibanhez, profissional da Academia Contours, mesmo sendo uma aula divertida, é imprescindível a presença de um professor para uma aula de Zumba. “O profissional irá orientar nos passos, giros e possíveis restrições de cada aluno”, diz.

Crossfit

O Crossfit é uma modalidade que tem feito muito sucesso, tanto fora como dentro do Brasil. Pode ser classificado como um programa de treinamento que busca a ampla adaptação fisiológica para qualquer tipo de pessoa.

Os treinos visam o aprimoramento de todas as capacidades físicas do praticante em um período curto, mas de alta intensidade de esforço. Para isso, são utilizados exercícios funcionais e o aluno é incentivado a ser o melhor dentro do desafio imposto pelo Work of the Day (WOD – tarefa do dia), que é a sessão de treino.

O site Crossfit divulga, diariamente, uma agenda de treinos, onde a pessoa pode acompanhar e praticar os exercícios, já que, além da descrição do WOD, estão vídeos explicativos.

Porém, o ideal é procurar um profissional capacitado a orientar as técnicas dos exercícios, minimizando os riscos de lesões durante a atividade, já que muitos exercícios envolvem a utilização de sobrecargas ou movimentos mais complexos.

Aula de abdominais

As aulas de abdominais são oferecidas, hoje, por muitas academias; duram, geralmente, de 15 a 30 minutos e têm como objetivo fortalecer a região abdominal, trabalhando todos os músculos da região de forma intensa.

Muitas pessoas – que declaram não ter tempo e/ou disposição para ir à academia – preferem fazer este tipo de atividade em casa. Para isso, recorrem a vídeos do Youtube ou a orientações com o passo-a-passo de como fazer os abdominais em sites e blogs na internet.

Na opinião da professora Karina, os abdominais, embora pareçam não ter nenhum segredo, exigem cuidados especiais. “Eles precisam de orientação para serem feitos corretamente. Muitas pessoas que fazem em casa, sem orientação alguma, acabam sentindo dores na região lombar e na cervical, por forçarem estas regiões em vez de focalizarem a força na região abdominal”, explica.

Por que não fazer em casa?

Spinning

A profissional Karina Ibanhez destaca que as aulas de Spinning têm um grande gasto calórico, contribuindo para a perda de peso e para a tonificação de pernas, glúteos e, também, região abdominal. Não é por acaso que fazem tanto sucesso nas academias! “A prática regular auxilia também no sistema cardiorrespiratório, diminuindo o risco de doenças coronarianas”, acrescenta.

Karina lembra que a intensidade dos exercícios é definida pelo profissional, de acordo com o condicionamento de cada aluno.

Por ser uma atividade que oferece ótimos benefícios, mais uma vez surge a dúvida: será que posso praticá-la em casa, caso compre os equipamentos necessários? No site Maddogg, por exemplo, é possível encontrar à venda a bicicleta adequada para a prática de Spinning, pacotes de música para download, DVDs explicativos, entre outros itens.

Porém, ainda de acordo com Karina Ibanhez, não é recomendado que a pessoa faça aulas de Spinning em casa, sem a instrução de um profissional capacitado. “A aula é intensa, e mesmo já sendo adepta à modalidade, existem cuidados que devem ser tomados. Uma aula de Spinning mal orientada pode causar lesões nas costas e articulações”, destaca.

Pilates

Outra aula que tem feito muito sucesso é a de Pilates, oferecida em diversas academias. Muitas pessoas acreditam, porém, que tendo um colchonete e seguindo os exercícios por meio de DVDs e/ou vídeos do Youtube, é possível realizar a atividade em casa.

A professora de Pilates Karina explica que as aulas trabalham a fibra muscular mais profunda, trabalhando de dentro para fora. “Existe toda uma concentração, uma postura e uma fluidez de movimentos para serem realizados os exercícios. Portando, as aulas de Pilates só devem ser feitas com acompanhamento de um profissional, para que ele possa orientar corretamente o exercício”, diz.

Aparentemente, alguns exercícios de Pilates são fáceis de executar, destaca a professora, “mas o método precisa da ativação do ‘power house’, força, equilíbrio na execução dos exercícios… Qualquer movimento incorreto pode comprometer a coluna”, alerta.

Agora você já sabe que, apesar da internet oferecer, hoje, muitas possibilidades para quem pretender se exercitar em casa, muitos cuidados devem ser tomados para evitar lesões e outros problemas, e o melhor caminho ainda é buscar orientação profissional para realizar qualquer tipo de atividade física.

“Toda atividade física deve ser orientada por um profissional de Educação Física. Cada indivíduo é diferente do outro, por isso, para certas pessoas existem restrições em alguns exercícios”, destaca Karina Ibanhez.

Dessa forma, o ideal é procurar sempre a orientação de um profissional da área, para que se possa realizar, de forma segura, os diferentes tipos de exercício físico. “Mas, caso você queira se movimentar sem acompanhamento profissional, prefira a caminhada em parques ou praças”, finaliza a professora Karina.

Assuntos: Boa forma, Fitness

Para você