Doenças causadas pelo cigarro

Descubra como o vício do cigarro pode ter um efeito devastador na saúde feminina

Escrito por Deborah Busko

Que o cigarro faz mal à saúde, todo mundo sabe. E no organismo feminino, as conseqüências do vício são muito mais intensas. O fumo é um grande inimigo da saúde feminina, tem um efeito devastador e causa diversos problemas.

Doenças respiratórias, hipertensão e osteoporose são alguns exemplos das doenças causadas pelo cigarro. Mas a lista não termina por aí. Além de aumentar as chances de câncer, principalmente nas mamas e no aparelho reprodutor, o cigarro deixa as mulheres mais vulneráveis aos problemas cardiovasculares.

O organismo feminino é mais delicado, o que aumenta os efeitos nocivos do cigarro. No sistema circulatório, a fraqueza natural das paredes das veias combinada com a produção de hormônios facilita a coagulação do sangue. Os coágulos podem resultar em varizes e nos casos mais sérios, em trombose.

Os riscos se tornam ainda maiores quando a mulher utiliza a pílula anticoncepcional, que contém grande quantidade de hormônios.

A menopausa pode chegar mais cedo para a mulher fumante, já que o cigarro provoca uma diminuição do fluxo de oxigênio no ovário. A fertilidade também é colocada em risco com o vício. As chances de uma mulher fumante engravidar podem ser até 40% menores em relação a uma não-fumante.

Como se todas as doenças causadas pelo cigarro não fossem suficientes, há ainda os prejuízos para a beleza. Fumar envelhece, causa celulite, rugas, acne, queda de cabelo e ainda deixa os dentes amarelados.

Para você