Dieta ortomolecular

Entenda como é feita a dieta baseada na medicina ortomolecular, uma das preferidas entre as famosas

Escrito por Deborah Busko

A dieta baseada na medicina ortomolecular está entre as preferidas das celebridades. Para entender o porquê de tanto sucesso, vale a pena conhecer as várias e boas razões que levam muitas mulheres a experimentar o método.

O objetivo da dieta ortomolecular é restaurar o equilíbrio do organismo, corrigindo as carências e excessos de vitaminas e minerais para neutralizar os radicais livres e retardar o envelhecimento. Fatores externos como poluição, cigarro, álcool, estresse e uma alimentação desequilibrada são os grandes responsáveis pela produção exagerada dos radicais livres.

O ajuste de nutrientes proporcionado pela dieta ortomolecular é interessante porque abastece o organismo com todas as vitaminas e minerais necessários. Assim, até o intestino passa a funcionar melhor, facilitando a queima de gordura e a eliminação de toxinas.

A dieta ortomolecular pode fazer uma diferença e tanto na saúde e na beleza. Além de ajudar a perder peso sem perder saúde, o método também ajuda a amenizar os sintomas da TPM, controlar aquela vontade louca de devorar muitos doces e carboidratos, diminuir a retenção de líquidos, dá mais energia, fortalece o sistema imunológico e acelera o metabolismo. Outros benefícios da dieta ortomolecular são pele, unhas e cabelo visivelmente melhores.

Como fazer a dieta ortomolecular

Para fazer a dieta ortomolecular, é preciso deixar de lado as refeições rápidas e os alimentos industrializados para incluir no cardápio uma boa quantidade de alimentos integrais, frescos e funcionais, que além de nutrir, oferecem substâncias que fortalecem o organismo.

Alimentos industrializados, carne vermelha e carboidratos simples são expressamente proibidos na última refeição do dia. Além da comida saudável, a dieta ortomolecular recorre à ajuda suplementos na forma de cápsulas, comprimidos, pó ou injeção, compostos de vitaminas, minerais, lactobacilos, ácidos graxos e aminoácidos, substâncias poderosas contra os radicais livres.

No entanto, estes suplementos são recomendados dependendo das carências orgânicas de cada pessoa, por isso não vale copiar a receita da amiga ou daquela atriz de novela que você acha maravilhosa, somente um especialista poderá receitar as melhores opções para o seu caso.

Assuntos: Alimentação, Dietas

Dicas pela Web