Dicas de Mulher Dicas de Comportamento

8 dicas para fazer boas compras online de roupas e sapatos

A oferta é grande e a praticidade também, mas é preciso tomar alguns cuidados ao comprar pela internet

em 29/09/2014

Foto: Thinkstock

Foto: Thinkstock

Comprar roupas pela internet tem milhares de vantagens: possibilidade de pesquisar e acompanhar preços, maior variedade do que nas lojas físicas e parcelamentos normalmente mais atrativos. Entretanto, é preciso tomar cuidado para não errar o tamanho e nem comprar uma coisa pensando que é outra, visto que pode haver diferenças entre as fotos e a peça real.

“Para evitar ao máximo as dores de cabeça, deve-se conhecer a política de venda, troca e devolução do site. Buscar descobrir como são as roupas da loja e o serviço de atendimento ao cliente antes da compra também são boas dicas”, afirma Felipe Lee, gerente de vendas da Orbis Fashion.

Vale lembrar que o Código de Defesa do Consumidor prevê o prazo de sete dias após o recebimento da mercadoria para que o consumidor solicite a troca ou mesmo a devolução do produto adquirido, seja por conta de divergência no modelo, tamanho ou mesmo se simplesmente não tiver gostado da mercadoria.

Mas para diminuir a chance de chegar a esse ponto, confira oito dicas para fazer boas compras de roupas e sapatos pela internet sem errar no tamanho:

1. Confira suas medidas. Muitos sites de compras online oferecem uma tabela padrão para que você possa descobrir seu tamanho. Para ajudá-la nessa missão, as medidas padrão que devem estar na ponta da língua são: quadril (use uma fita métrica na região mais saliente), cintura (fita métrica na região mais estreita) e busto (fita métrica na região mais saliente, alinhando-a logo abaixo das axilas).

2. Na dúvida, compre um número maior. “O melhor é tentar adquirir a peça em um tamanho maior e mandar ajustar se necessário”, sugere Danyla Borobia, personal stylist e diretora da consultoria de moda da Divã do Estilo.

3. Nas compras internacionais, use um conversor de medidas. É importante lembrar que a numeração das roupas no Brasil é diferente da do exterior. “Uma calça jeans 36 no Brasil é uma 25 ou 26 nos Estados Unidos”, explica Elaine de Rezende Brechtbuhl, consultora de moda da E.PIA Consultoria de Estilo, acrescentando que também existe diferença nos modelos. “O corpo da brasileira é mais curvilíneo e a cintura mais fina, diferente do corpo das americanas que geralmente têm pouco quadril e pouca cintura.” O estilista e personal stylist Guuh Green recomenda o site NetYou para conversão de medidas para padrões internacionais.

4. Não se prenda demais às cores e detalhes. Infelizmente, existe uma grande chance de o modelo pelo qual você se apaixonou não ser exatamente aquilo o que você imaginou ao vivo. “As cores variam muito conforme o material da peça e também devido a configurações de cores do monitor de cada computador. Para amenizar problemas, o melhor é tentar ver os detalhes da peça ampliada e vê-la de todos os ângulos. Se tiver alguma dúvida, entre em contato com o site e peça maiores informações antes da compra”, recomenda Danyla. Nathalia Tosto, editora do blog Coisas que Amamos, pede atenção especial para as compras feitas em sites como Ebay e Aliexpress.

5. Veja as avaliações dos consumidores que já compraram no site. Muitos sites oferecem uma seção de comentários para cada produto vendido. Outra opção bastante útil é, se a empresa for brasileira, consulta-la em sites de reclamações, como o Reclame Aqui e o Consumidor.org.br. Para portais estrangeiros, vale buscar fóruns. Lá você poderá ter mais informações sobre o pós-venda, como qualidade do produto recebido e como funcionam na prática as trocas e devoluções.

6. Verifique a política de troca e devolução do site. Você já sabe que o Procon garante o direito de desistência da compra, manifestado até sete dias úteis depois do recebimento da mercadoria. Mesmo assim, antes da compra, Danyla recomenda pesquisar a seção de trocas e devoluções do site, para checar se as informações são claras.

7. Pesquise preços antes de comprar. Para roupas, é um pouco mais difícil, mas para os calçados vale apelar para sites de pesquisa de preços, como Buscapé, Bondfaro e Zoom. Este último mostra, inclusive, a evolução do preço do produto nos últimos dias, para que você saiba se está pagando mais ou menos do que a média.

8. Cheque o valor do frete antes de comprar. Elaine lembra que, ao comprar pela internet, você não terá gastos de estacionamento e gasolina até o shopping e, por isso, ainda vale a pena pagar uma pequena quantia de frete. Entretanto, confira o valor antes de fechar a compra para decidir se o preço final da compra vale mesmo o risco de comprar algo à distância. A boa notícia é que vários sites oferecem frete grátis para um valor mínimo de compra.

Comentários
Dicas relacionadas