Dicas para escolher o espaço ideal para sua festa de casamento

Saiba o que exigir das casas de eventos antes de contratá-las

Escrito por Juliana Cazarine

Depois de dizer sim ao pedido de casamento, as noivas iniciam uma verdadeira corrida contra o tempo para acertar todos os detalhes da festa e da cerimônia. Mas, o primeiro item a ser decidido deve ser o espaço onde será realizada a comemoração. Só assim será possível escolher a decoração, buffet, quantidade de convidados, etc.

A beleza e a sofisticação de um lugar não são os únicos fatores serem considerados na hora da decisão. A assessora de casamentos Jane Alves faz um alerta sobre a importância de fazer uma pesquisa. “Pesquisar é importante para a comparação dos serviços propostos. Saber o que os locais oferecem e quanto cobram por isso proporciona segurança no momento de negociar com o fornecedor escolhido.”

Mesmo com um leque de opções em mãos, para escolher o espaço ideal entre as alternativas mais adequadas ao gosto e ao orçamento, o casal precisa seguir algumas recomendações. Confira agora 8 dicas para escolher o espaço ideal para o seu casamento:

1 – Alvará de funcionamento é um pré-requisito básico. Sem a licença de órgãos reguladores os espaços de eventos não podem funcionar. Por isso, a primeira ação dos noivos deve ser saber sobre a legalidade do espaço.

2 – É preciso pensar no bem estar dos convidados. Itens de emergência, como saídas, extintores e geradores elétricos, são imprescindíveis. Se o espaço escolhido para o casamento não possuir gerador, é possível alugá-lo de empresas especializadas. Mas, se o local possuir o equipamento, “é preciso questionar se estará disponível para utilização e de que forma (integral ou stand by) e se haverá algum custo adicional para sua utilização”, aconselha a assessora de casamentos.

3 – Conheça a capacidade do local antes de escolhê-lo. É importante ter como acomodar todos os convidados sentados para as horas necessárias, como para jantar ou para a recepção dos noivos, por exemplo.

4 – Saiba se o local possui ar condicionado. Em um lugar onde haverá concentração de pessoas, é importante que haja circulação do ar e esse equipamento atua nesse aspecto. Além disso, se na data escolhida para o casamento estiver calor, essa é a alternativa para amenizar a temperatura.

5 – A segurança dos convidados merece atenção prioritária. É importante que a festa de casamento seja bem localizada, que tenha estacionamento para que os convidados não precisem deixar os carros na rua à mercê de meliantes e, claro, que a entrada e saída de pessoas seja monitorada através de uma lista. Alguns espaços oferecem equipe de apoio com seguranças, recepcionista, enfermeira, bombeiro, etc. Verifique se o local que você vai escolher possui essa vantagem.

6 – Tocar músicas nacionais em festas sem autorização pode caracterizar um crime previsto pela lei que regulamenta o direito autoral, que consta Constituição Federal Brasileira. Para executar canções brasileiras em qualquer tipo de evento, é preciso pagar uma taxa ao ECAD – Escritório Central de Arrecadação e Distribuição, que é a empresa responsável por repassar às associações titulares o que é arrecadado daqueles que utilizam suas obras em alguma atividade. “Nem todos os espaços pagam o ECAD. Quando pagam, o valor é cobrado dos noivos. Se o espaço de interesse não mencionou o assunto, com certeza, não realiza o pagamento. É importante questionar antes de assinar o contrato”, alerta Jane.

7 – Os profissionais responsáveis por eternizar a lembrança da festa merecem uma sala de apoio. Pense também no conforto e bem estar dos fotógrafos e da assessoria de casamentos. Escolha um espaço com uma sala dedicada a esses profissionais.

8 – Procure um assessor de casamentos ou uma empresa especializada para ajudar com a escolha do espaço ideal e com todos os outros detalhes. Quando perguntada se algum cliente já se decepcionou com a escolha do local da festa, Jane Alves responde com convicção: “não, os casais que assessoro são orientados a tomar cuidados para a contratação do espaço.”

Dicas anotadas? Agora você já sabe como escolher o lugar ideal para o seu casamento. Depois de tomar a decisão correta, fique atenta a questões contratuais. “Tudo o que foi negociado deve constar no contrato. Também não se deve esquecer que muitos espaços possuem regulamento interno e o não cumprimento desse regulamento ocasiona multa para o contratante. O casal precisa ter uma cópia desse regulamento e passá-lo aos demais profissionais contratados para o casamento”, finaliza a assessora de casamentos Jane Alves.

Assuntos: Casamento, Planejamento

Para você