Descubra quais são os alimentos com ação antirrugas

Além de saborosos, leves e saudáveis, alguns alimentos podem ajudar a retardar o envelhecimento da pele

Escrito por Daniela Azevedo

Foto: Thinkstock

Confome os anos vão se passando, mais difícil se torna conviver com os primeiros sinais do envelhecimento. O corpo já não tem a mesma disposição física, o metabolismo se torna mais lento e perder peso se torna uma tarefa ainda mais difícil. Mas, entre todas essas transformações, existe uma que incomoda um pouco mais, pois não ter muito como disfarçar, afinal, está na cara. São as rugas, sinais que insistem em aparecer para nos lembrar de que a idade chega e não perdoa.

De onde vem as rugas?

As rugas são resultado de um fenômeno fisiológico evolutivo e irreversível do envelhecimento da pele. Elas formam um pregueamento da superfície causado pela degeneração e diminuição de seus tecidos elásticos e de sustentação. As rugas denotam a idade biológica de cada pessoa, o que nem sempre tem a ver com a idade cronológica. Isso acontece porque além do envelhecimento natural, outros fatores como exposição ao sol, fumo e poluição contribuem para acelerar o envelhecimento da pele.

Como proteger a pele do aparecimento de rugas?

Como exposto acima, as rugas fazem parte de um processo evolutivo e natural de envelhecimento cutâneo, por isso, cedo ou tarde elas vão aparecer. Entretanto, existem recursos que podem retardar o maior tempo possível esse processo.

Além do uso de cremes, tratamentos estéticos e cuidados como evitar a exposição ao sol, alguns alimentos possuem propriedades capazes de prevenir ou retardar surgimento das rugas.

Alimentos que combatem o surgimento das rugas

De acordo com um estudo recente realizado pela Universidade Hallym, na Coreia do Sul, frutas como o morango e a romã, ajudam a prevenir o envelhecimento precoce de pele. Essas frutas são ricas em ácido elágico, um poderoso antioxidante. Na pesquisa, os cientistas expuseram células à radiação UVB, responsável pela vermelhidão e que pode causar câncer. Em seguida, adicionaram extrato de ácido elágico às culturas celulares. A pele tratada com a substância teve menos inflamações provocadas pelo excesso de exposição solar e a atividade das substâncias que contribuem para a degradação do colágeno também foi reduzida.

O colágeno é extremamente importante para ele, pois sem ele as células perdem a elasticidade e as rugas aparecem. Como a pesquisa foi feita in vitro, não existe um dado que informe a quantidade de frutas necessária por dia para garantir uma pele jovem, mas o que se sabe é que incluir tais alimentos no cardápio, além de saboroso, também pode ajudar a combater as rugas.

Em outro estudo realizado na Universidade de Manchester, na Inglaterra, o molho de tomate se mostrou um forte aliado na manutenção de uma pele jovem. Na pesquisa, foram acrescentadas 55 gramas de molho (o equivalente ao que consumimos em um prato de macarronada) à dieta diária de um grupo de mulheres com média de 30 anos. Os resultados mostraram que o licopeno, substância presente no tomate, tem a capacidade de reduzir a ação dos raios UVA, principais responsáveis pelo fotoenvelhecimento.

Veja na galeria abaixo os alimentos que possuem propriedades antirrugas e entenda como eles agem no seu corpo garantindo a manutenção da beleza.

É uma fruta com baixo valor calórico, fonte de vitamina C, ácido fólico, betacaroteno (pró-vitamina A, cálcio, fósforo, ferro, potássio, fitonutrientes (antocianinas e elagitaninas). Possui propriedades antioxidantes que auxiliam no combate da degradação celular e combatem os radicais livres que causam o envelhecimento da pele. Fonte de ácido elágico, um antioxidante encontrado em framboesas e em outros legumes, que tem efeito fotoprotetor.
Fruta utilizada na medicina popular por suas propriedades terapêuticas. Considerado um alimento fitoterápico, possui vitamina A e B, cálcio, ferro, potássio e fósforo e manganês. Além disso, é uma grande fonte de antioxidantes.
Rico em vitamina C, potássio e fósforo, com baixo valor calórico e rico em água. Contém licopeno, que faz com que tanto o tomate quanto os seus derivados ajudem a combater o envelhecimento da pele. Quanto mais vermelho e maduro, maior a concentração dessa substância.
Contém vitamina C, A, fibras, cálcio, zinco e ácido fólico. É um alimento com propriedades antioxidantes e, de acordo com algumas pesquisas, suas propriedades nutritivas podem atrapalhar o crescimento de células do câncer do tipo melanoma.
Fonte de betacaroteno, responsável pela coloração laranja e por reduzir o risco de queimaduras solares. Os cartenoides, classe a que pertence esse fotoquímico também podem aumentar a produção de melanócitos, células encarregadas de colorir a epiderme, garantindo maior proteção e prevenindo a vermelhidão da pele.
Fonte de ômega 3, selênio e vitamina E, substâncias que garantem a firmeza dos tecidos e que bloqueiam a ação dos radicais livres. A vitamina E ajuda a retardar o envelhecimento das células por produzir uma enzima chamada colagenase, que inibe a formação de rugas.

Incluindo esses alimentos ao seu cardápio, junto com uma dieta equilibrada, você garante não só benefícios à sua pele, mas ao corpo como um todo. Cuide-se!

Assuntos: Alimentação, Rugas

Dicas pela Web