Curta o churrasco sem peso no estômago nem na consciência

Resistir aos excessos em um churrasco é uma tarefa muito difícil, mas com algumas dicas, você aproveita melhor e se livra da indisposição do dia seguinte

Escrito por Daniela Azevedo

Foto: Thinkstock

Sabe o que o churrasco, a feijoada, a pizza e outros pratos pesados têm em comum? É que sempre que você come em qualquer quantidade, além de pesarem no seu estômago, sempre acabam pesando na sua consciência. E temos que concordar que sempre que somos convidadas a degustar qualquer uma dessas delícias, é quase impossível controlar a boca comendo só até estar satisfeita. Como não são pratos que comemos todos os dias, sempre acabamos aproveitando um pouquinho mais.

E a dor na consciência quase sempre vem acompanhada de um certo mal estar e indisposição que contribuem para aumentar o nosso sentimento de culpa. Isso ocorre porque os alimentos gordurosos costumam ser mais difíceis de digerir. Além de levar mais tempo para serem processadas, as moléculas de gordura exigem que o estômago produza uma quantidade maior de ácidos, mas nem sempre essa quantidade é suficiente para digerir toda a gordura, o que faz com o que o alimento chegue ao duodeno antes de ser completamente digerido.

Para que você possa aproveitar melhor o seu churrasco sem sofrer com a indigestão, preparamos algumas dicas. Com tanta variedade de carne e acompanhamentos saborosos, fica difícil resistir a pegar um pouco de casa, mas com um pouquinho de disciplina, você pode aproveitar melhor o seu churrasco sem se sentir mal depois.

1 – Antes de partir para as carnes, prefira começar pelas saladas fazendo um prato bem caprichado com folhas verdes, vinagrete, legumes e hortaliças temperados com azeite. Essa técnica aumenta a sensação de saciedade e ajuda a liberar as toxinas presentes na ingestão de carne.

2 – Escolha bem as carnes que vai consumir, se não souber identificar, vale a pena perguntar ao churrasqueiro. Cortes como maminha, alcatra, filé mignon e fraldinha são mais leves que a irresistível picanha, que mesmo quando tiramos a gordura aparente, ela continua com gordura entre as fibras, assim como o cupum, a costela e as linguiças de porco. Se o churrasco tiver opções como frango ou peixes assados, fique tranquila para comer essas carnes em maiores quantidades, já que elas possuem nível de gordura menor que as carnes vermelhas e são mais fáceis de digerir.

3 – Churrasco tem tudo a ver com cerveja e com aquela caipirinha, mas se você não quiser atacar o seu estômago, controle a ingestão dessa e de quaisquer outros tipos de bebidas alcoólicas e também de refrigerantes, pois mesmo os lights possuem altas concentrações de substâncias químicas. O ideal é acompanhar o churrasco com sucos naturais, mas se não resistir a uma cervejinha, por exemplo, intercale com copos de água ou de suco para evitar a desidratação.

4 – Na hora da sobremesa, evite sobrecarregar o seu organismo com doces como mousses, tortas, quindins, pavês e outras delícias que costumam ser gordurosas e não são boas companhias para um churrasco. Prefira as frutas como o abacaxi que além de saudáveis colaboram com o processo de digestão de proteínas e gorduras.

5 – Na churrascaria, evite escolher acompanhamentos como batata frita, bolinhos fritos, arroz e pães no mesmo prato. Prefira apenas um tipo de carboidrato e se quiser mais de um, sirva-se em quantidades pequenas.

6 – Coma devagar a mastigue bem, principalmente as carnes para estimular o estômago a produzir os ácidos necessários para a digestão dos alimentos e acelerar o metabolismo.

7 – Depois de um dia de excessos, no dia seguinte, o ideal é pegar leve e tratar o estômago com carinho. Para desintoxicar o organismo, beba bastante água e consuma menos carboidratos e abuse das frutas cítricas ricas em vitamina C, fibras e folhas escuras, que têm a função antioxidante. Quem for adepta aos chás, pode aliviar a sensação de estômago cheio e a retenção de líquidos tomando chá de hibisco e porangaba.

Para evitar a indigestão em qualquer situação, a dica é evitar os exageros. Comendo comedidamente e de forma adequada, você estará sempre pronta para aproveitar todos os churrascos, feijoadas, pizzas e quaisquer outros eventos gastronômicos com elegância e sem culpa.

Assuntos: Alimentação

Para você