5 áreas que não podem faltar na rotina de cuidados antienvelhecimento

Além dos olhos e do rosto, existem outras áreas que merecem atenção quando o assunto é envelhecimento

Escrito por Fernanda Gimenez

Foto: iStock

O cuidado com a pele é rotineiro: higienização, hidratação e proteção solar. Já em relação aos cuidados antienvelhecimento, não há uma regra certa. O que se recomenda é a prevenção logo que alguns sinais ou mudanças na pele forem percebidas, seja aos 20 ou aos 25, e conforme a necessidade de cada tipo de pele.

Além do rosto e dos olhos, cujas alterações derivadas da passagem do tempo e exposição ao sol são mais evidentes, existem outras áreas que são tão sensíveis quanto, e que você provavelmente está negligenciando. Assim, identificamos cinco regiões do corpo que, em se tratando de cuidados antienvelhecimento, merecem uma atenção especial.

1. Lábios

Foto: iStock

Apesar dos lábios serem um dos elementos do rosto que mais chamam atenção, eles são muitas vezes deixados de lado quando o assunto é cuidado antienvelhecimento. A hidratação e a proteção solar são vitais para a manutenção do aspecto saudável, mas há mais atitudes a serem tomadas do que apenas tomar água e aplicar um protetor labial.

Leia também: 3 máscaras caseiras incríveis para rejuvenescer a pele

Pode ser a hora de investir em um hidratante labial que contenha antioxidantes, especificamente recomendado para antienvelhecimento. Enquanto produtos com retinol também podem parecer atraentes neste caso, esteja ciente de que algumas fórmulas podem causar irritação. Então, se for realmente o seu caso, opte por uma fórmula com um derivado suave de retinol. E atenção: fumar facilita o nascimento de rugas em torno da boca, então jogue fora sua carteira de cigarro e nunca saia de casa sem protetor solar nos lábios.

2. Mãos

Foto: iStock

As mãos estão constantemente expostas aos elementos que causam envelhecimento e são reveladoras da idade de uma pessoa. Além dos anos de exposição ao sol causarem pigmentação, quando deixada de fora da sua rotina de beleza, a pele das mãos pode começar a ressecar.

Embora a melhor resposta seja a prevenção, você pode restaurar o tom natural da sua mão com a ajuda de um creme de brilho. Quando aplicado diariamente, este tipo de creme para mãos ajuda a equilibrar a descoloração da pele por meio de fórmula ultra-hidratante carregada com óleos de reposição e vitaminas. Além disso, certifique-se de que suas mãos são parte de sua lista de verificação diária de aplicação de protetor solar.

Leia também: Milium na pele: o que é e como tratar de forma eficaz

3. Joelhos

Foto: iStock

À medida que envelhecemos, a pele acima dos joelhos pode cair e tornar-se flácida devido à perda de elasticidade. A perda de peso também pode ser culpada por esse afrouxamento da pele, no entanto, isto é uma consequência completamente natural do envelhecimento. Para restaurar a tonicidade da área, aplique diariamente um creme estimulador de colágeno e exercite-se regularmente para tentar aumentar a massa muscular.

A pele, quando seca e com tons desiguais, pode fazer com que você pareça mais velha, portanto esfolie seus joelhos semanalmente e aplique creme hidratante todo dia nesta região.

4. Colo e pescoço

Leia também: 6 maiores erros ao depilar as pernas com lâmina

Foto: iStock

Juntamente com o nosso rosto, o pescoço e colo são áreas que ficam muito expostas, tornando-se alvos principais dos raios UV prejudiciais à estrutura da pele. Além do que, os sutiãs, bem como as nossas posições para dormir, podem fazer com que a pele do nosso colo fique marcada e com linhas aparentes. À medida que a produção de óleo natural em nossa pele diminui lentamente, e a textura da pele começa a se tornar mais seca, estas linhas podem demorar mais para desaparecer.

Com tão pouca gordura subcutânea para amortecer a pele nesta região, é importante aplicar com cuidado as loções hidratantes e sempre optar por uma fórmula com protetor solar. A dica final é usar cremes a base de vitaminas E e B3.

5. Pés

Foto: iStock

Leia também: Dermatologista alerta: 8 coisas que você nunca deve usar na pele

“O que os olhos não veem o coração não sente”, não é mesmo? Geralmente, não reparamos nos efeitos da idade, do sol ou até mesmo do descuido com os pés. Portanto, saiba que a melhor maneira de garantir que seus pés sejam cuidados é hidratar e remover regularmente a pele morta.

Os sapatos assumem um papel relevante neste cuidado; se eles estiverem causando dor, pode ser hora de comprar um par novo. Com o tempo, eles podem alterar as estruturas dos pés e formar calos e joanetes. Atenção também aos sapatos pontiagudos, que nunca devem começar a estreitar antes de atingir a área do ante pé e use com moderação saltos acima de 5 cm.

Além das dicas acima, é importante ter em mente que saúde da pele também depende de uma alimentação saudável e rica em nutrientes da ingestão frequente de água, da utilização de cosméticos que tonifiquem, hidratem e combatam os radicais livres e qualquer outro tratamento estético que for recomendado para seu tipo de pele.

O cuidado com a beleza da pele e a prevenção antienvelhecimento requerem uma atenção diária. Pele bonita é sinônimo de pele saudável, por isso, lembre-se dos cuidados básicos como hidratação e proteção solar e estabeleça um passo a passo para não esquecer das áreas mencionadas.

Assuntos: Pele

Dicas pela Web
Comentários