Couve-flor: sabia que esse vegetal pode te ajudar a emagrecer?

O vegetal é versátil, fácil de ser consumido, tem baixas calorias e faz bem à saude

Escrito por Mariana Bueno

Foto: iStock

A couve-flor é um vegetal extremamente saudável, fonte de vários nutrientes, e seu consumo pode ajudar a reduzir o risco de várias doenças, até mesmo câncer.

Além disso, tem baixas calorias e é um ótimo aliado para quem quer perder peso de forma saudável. Basta incluí-lo na alimentação com frequência.

Conheça oito benefícios da couve-flor já comprovados cientificamente.

1. Rica em nutrientes

A couve-flor contém quase todas as vitaminas e minerais que o organismo precisa para funcionar bem. Fibras, vitaminas C, K e B6, folato, ácido pantotênico, potássio, manganês, magnésio e fósforo.

2. Possui muitas fibras

Foto: iStock

O fato de ser rica em fibras faz com que seja benéfica para a saúde em geral, especialmente para a digestão e na prevenção da obesidade, já que causa sensação de saciedade. Uma xícara de couve-flor possui cerca de 3 gramas de fibras, o que representa 10 % das necessidades diárias de um adulto.

Leia também: 10 alimentos que garantem boa saúde

3. Fonte de antioxidantes

Os antioxidantes protegem as células dos radicais livres nocivos e das inflamações no organismo. A couve-flor é rica em glicosinolatos e isotiocianatos, dois grupos de antioxidantes que retardam o crescimento de células cancerígenas, protegendo especialmente contra o câncer de cólon, pulmão, mama e próstata. Além disso, contém quantidades elevadas de vitamina C, que aumenta a saúde do sistema imunológico.

4. Ajuda na perda de peso

Foto: iStock

Baixa em calorias (apenas 25 calorias por xícara), pode ser um ótimo substituto para alimentos como arroz e farinha, que são vilões na dieta. Por ser fonte de fibras, garante a saciedade e faz com que se coma menos ao longo do dia. Outro ponto positivo é o alto teor de água, o que também auxilia na perda de peso.

5. Rica em colina

A couve-flor, assim como o brócolis, é uma das melhores fontes vegetais de colina, nutriente que desempenha um papel importante no desenvolvimento do cérebro e na produção de neurotransmissores que são necessários para um sistema nervoso saudável. Quem não consome colina suficiente pode ter um risco maior de doença hepática e cardíaca, além de distúrbios neurológicos como demência e doença de Alzheimer.

6. Rica em sulforafano

Foto: iStock

O sulforafano é um antioxidante que inibe as enzimas envolvidas no câncer e o crescimento do tumor, especialmente de cólon e de próstata. Há estudos que mostram também que pode ter o potencial para destruir células já danificadas. Pode, ainda, reduzir a pressão alta e manter as artérias saudáveis, prevenindo doenças cardíacas.

7. Alternativa low-carb

Versátil, a couve-flor pode ser usada para substituir grãos e legumes. E como tem menos carboidratos, pode ser ótima alternativa para quem segue dietas low-carb. Por exemplo, uma xícara de couve-flor contém 5 gramas de carboidratos, enquanto uma xícara de arroz contém 45 gramas – nove vezes a mais. Para substituir o arroz, a dica é ralar a couve-flor e cozinhar.

Leia também: Os 5 melhores vegetais low-carb para você incluir na dieta

8. Fácil de ser consumida

Foto: iStock

Há várias formas de consumir a couve-flor. Pode ser crua, como um petisco, servida com molhos, cozida, assada e refogada. É um ótimo acompanhamento e pode ser combinada com saladas, sopas, entre outros pratos. Além disso, é muito barata e fácil de ser encontrada na maioria dos mercados.

E aí, convencida a consumir mais couve-flor? Confira mais receitas de saladas para preparar e se manter na dieta.

Assuntos: Alimentação

Para você