Não é peruca! Conheça Theo, o mais novo “bebê mais cabeludo do mundo”

Ele tem apenas 7 meses, mas já ostenta um cabelo maravilhoso que é praticamente a sua meta de vida

Escrito por Raquel Praconi Pinzon

Foto: Reprodução / Baby Theo

Quais cuidados você tem com o seu cabelo? Você lava com shampoo de pH estabilizado, passa condicionador com aminoácidos de queratina, segue cronograma capilar e hidrata uma vez por semana?

Essa é apenas uma parte da rotina de cuidados de muitas mulheres, afinal, estamos sempre atrás de mais brilho, força e movimento para os fios. Ainda mais depois dos 30 anos, quando os cabelos começam a ficar mais escassos e finos.

A lista de produtos, procedimentos e idas ao cabeleireiro no intuito de conquistar fios resistentes e em grande quantidade é bem longa, ocupando boa parte do nosso tempo e consumindo alguns reais da nossa conta bancária todo mês.

Não querendo te desanimar, precisamos contar uma coisinha: ao que parece, você perdeu a chance de nascer com uma vasta cabeleira. Quer dizer, ao menos se a gente pensar no caso do Theo, um bebê que já saiu da barriga da mamãe com o cabelo dos sonhos de muita gente.

Não é peruca mesmo!

Theo é um bebê de 7 meses que mora na Pensilvânia, nos Estados Unidos. Ele ficou famoso nas redes sociais depois que sua mãe, Adriana, publicou um vídeo do filho, que chama muita atenção por causa da sua cabeleira. Veja e se encante:

Leia também: A hora certa de usar produtos de beleza nas crianças

O vídeo chegou até a famosa apresentadora Ellen DeGeneres, que convidou a mãe e o bebê para ir ao seu programa de TV. Na ocasião, Adriana contou que o cabelo de Theo é tão longo e espesso que muita gente a acusa de estar colocando uma peruca no menino.

“As pessoas me diziam: ‘O cabelo dele vai cair. Vai cair todo’. Mas isso nunca aconteceu. Nasceu, ficou longo. Só continuou crescendo”, disse Adriana à apresentadora.

Os cuidados com o cabelo de Theo envolvem shampoo, condicionador e um secador – bem potente. Adriana ainda revelou que Brody, o irmão mais velho do bebê, também nasceu com a cabeça repleta de cabelos, mas os fios não eram tão longos e volumosos como os do caçula.

As diferenças são normais

Foto: EllenTube

Apesar de ser bem mais provável um bebê nascer carequinha em vez de nascer tão cabeludo quanto Theo, essas diferenças são normais e não estão relacionadas a problemas de saúde da criança ou da mãe.

A quantidade de cabelo do bebê está relacionada com a genética, recebendo influência dos pais e dos avós. Em geral, bebês orientais nascem com mais cabelo, enquanto os loiros nascem com menos. Pode haver variação entre os irmãos também.

Leia também: Fatos sobre a gravidez que ninguém te conta

Diferente do que aconteceu com Theo, os primeiros fios de cabelo não costumam ser definitivos, e eles caem no período que vai dos 2 aos 6 meses de idade. Também pode acontecer de o bebê nascer totalmente carequinha e passar todo o primeiro ano sem cabelos. A data-limite para que os fios apareçam é o final do segundo ano de vida.

Seus filhos nasceram com cabelos longos como os de Theo? E você, gostaria de ter uma cabeleira vasta como a desse garotinho?

Assuntos: Família

Dicas pela Web