Comprar imóvel com o parceiro requer cautela

Veja 10 quesitos que precisam ser analisados antes que vocês comprem um imóvel e juntem as escovas de dentes

Escrito por Carolina Werneck

Foto: Thinkstock

Quais os critérios que você observa na hora de escolher um namorado? Pode parecer frio, mas apenas o amor não será o bastante para que o relacionamento dê certo. E, quando a relação evolui e duas pessoas decidem morar juntas, esses outros quesitos se tornam ainda mais importantes. Preste atenção aos 10 pontos fundamentais antes de você decidir comprar uma casa em parceria com o seu amor.

1 – Objetivos em comum

Por mais que vocês se gostem, é preciso entender que ter objetivos de vida parecidos também é fundamental para o futuro do relacionamento. Se não for assim, um dos dois sempre precisará ceder e isso tende a desgastar mesmo o mais lindo dos amores. Portanto, sentem-se e conversem sobre o que esperam do futuro, a cidade em que pretendem morar e o tipo de trabalho que pretendem ter.

2 – Relacionamento nota dez

Muitas vezes permanecemos em um namoro apenas por costume ou rotina. Como já estamos habituados à presença daquela pessoa, não conseguimos imaginar nossas vidas sem ela. Por mais bonito que isso pareça, não é o que conta na hora de dividir o mesmo teto. Pensem com frieza sobre o assunto para terem uma visão mais ampla do relacionamento. Sigam em frente apenas se tiverem certeza de que a relação é boa o bastante para continuar funcionando em um lar em comum.

3 – Egoísmo não

Você já morou com seus pais e, possivelmente, já dividiu a casa com pessoas de fora da família, então sabe como é complicado compartilhar seu dia a dia com outros seres humanos. Para que dê certo, é necessário que ambos deixem o egoísmo de lado e pensem mais no outro, na hora de tomar qualquer tipo de decisão.

4 – Parceria acima de tudo

Vocês precisam ser companheiros, ponto final. É preciso que estejam firmes ao lado um do outro sejam quais forem as circunstâncias. Parceria é indispensável para que nenhum dos dois se sinta desamparado, mesmo nos momentos mais difíceis.

5 – Cuidado com brigas desnecessárias

O conselho não serve só para quem está comprando um imóvel, mas para qualquer casal, em qualquer fase da relação. Evitem discussões bobas, que acabam desgastando o relacionamento com o passar do tempo. Agora que decidiram viver juntos, isso será ainda mais importante.

6 – Comprometimento e trabalho sério

Vocês precisam estar completamente comprometidos com a relação. Quando o dinheiro passa a estar envolvido, como é o caso de comprar um imóvel juntos, o sentimentalismo precisa ser colocado de lado para dar lugar à razão. Os dois trabalham? O emprego é estável? Estamos dispostos a comprometer nosso salário com um financiamento ou uma poupança? Fazer essas perguntas ajuda a tornar claro se é o momento certo de dar um passo tão importante.

7 – Orçamento “pé no chão”

Pode até ser que você não saiba o quanto seu parceiro ganha e vice-versa mas, se o objetivo é efetuar uma compra tão grande juntos, esse segredo precisará ser revelado. Analisem o quanto ganham juntos e que tipo de imóvel pretendem adquirir, isso impedirá que vocês cometam uma extravagância pela qual, depois, não conseguirão pagar. Nessas horas é fundamental manter os dois pés no chão.

8 – Pesquisa e planejamento

Suponhamos que vocês pontuaram em todos os quesitos até aqui. Ótimo, hora de partir para a ação. Mas pode guardar o talão de cheques, estamos falando de pesquisar e planejar. Dêem uma olhada nos diversos imóveis disponíveis e nos tipos de pagamento possíveis. Depois, desenvolvam um planejamento financeiro para encaixar o orçamento.

9 – Autocontrole

Se você é daquelas que sempre chega ao fim do mês estourando o limite do cartão de crédito – ou se seu parceiro é assim, hora de começar a se policiar. Exercitem o autocontrole diariamente, para evitar gastos exagerados, e entendem a grande responsabilidade que vem junto com o casamento.

10 – O valor das pequenas conquistas

Cada passo dado em direção a um objetivo deve ser comemorado. O esforço parecerá muito maior se vocês não se alegrarem com as pequenas conquistas ao longo do caminho. Sentir que estão se aproximando do objetivo traçado torna a batalha mais doce e muito mais palpável.

Para você