Como se portar ao visitar recém-nascidos e seus pais

Saiba o que fazer ao visitar o bebê pela primeira vez em casa ou no hospital

Escrito por Fernanda Boito

Foto: Thinkstock

O novo membro da família ou do grupo de amigos chegou e você não vê a hora de olhar para a carinha dele. A ansiedade para visitar o recém chegado é tanta que horas após o parto você já está no hospital esperando para ver com quem o bebê se parece, para dar o primeiro presente e conferir se os pais estão bem. Porém, é preciso ter alguns cuidados ao visitar a família do recém-nascido em seus primeiros momentos de vida. Confira algumas sugestões de como se portar ao visitar o bebê e seus pais.

Fale com a família do bebê com antecedência

Antes de sair de casa para visitar a família do recém-nascido, converse com os pais do bebê por telefone para saber se eles preferem receber visitas na maternidade ou em casa e qual o melhor horário. Em qualquer um dos casos, não chegue de repente e procure ser breve, principalmente se a mãe precisou passar por uma cesárea. Lembre-se que o momento é delicado, por isso não exagere e faça uma visita de no máximo meia hora.

Lave as mãos

Não se esqueça de lavar bem as mãos e os braços antes de chegar perto da mãe e do bebê. Desse modo, o risco de contaminação por vírus ou bactérias diminui. Além disso, nunca vá visitar um recém-nascido se estiver com gripe ou resfriado ou ainda qualquer outro tipo de doença, já que o bebê está mais frágil e pode ficar doente mais facilmente.

Evite tirar fotos

O recém-nascido ainda é muito sensível a qualquer estímulo do ambiente, seu olho ainda não está preparado para receber esse tipo de luz e o flash das câmeras fotográficas pode assustá-lo. Por isso, deixe para começar a seção de fotos após o bebê completar um mês de vida.

Organização é fundamental

Lembre-se que a família da criança está passando por momentos de adaptação e a situação torna-se ainda mais delicada se for o primeiro filho. Por isso, receber muitas visitas ao mesmo tempo pode ser um problema. A agitação pode assustar o bebê e os pais podem se sentir incomodados em ter que dar atenção a todos. Além disso, muitas pessoas juntas favorece o contágio de doenças. Portanto, procure combinar com os outros parentes e amigos que também pretendem visitar o recém chegado.

Evite flores e lembre-se que o bebê não é seu

Para muitas pessoas, levar flores a uma visita é sinal de carinho e admiração, porém, é preciso ter cuidado com esse tipo de presente. Na maioria dos hospitais não é permitido entrar com flores nos quartos. Já nas visitas em casa, a flor pode ser um problema, pois será mais uma coisa com que a família deverá se preocupar, portanto, evite. Vale a pena lembrar também que o bebê não é seu, por isso, evite pegá-lo no colo. Imagine se todas as visitas resolvem pegar o recém-nascido? Isso pode deixá-lo muito incomodado e agitado, logo, é melhor esperar. Você terá muito tempo pela frente.

Assuntos: Família

Para você