Como se comunicar bem em público

Especialista dá dicas e ensina maneiras de falar bem em público

Escrito por Ana Carolina Gabriel

É comprovado cientificamente que as artes desempenham fundamental importância na vida, na mente e no corpo humano. Isso porque os benefícios da comunicação interpessoal são imensuráveis e contribuem eficientemente no desenvolvimento psíquico, social e profissional, o que faz com que haja a interação de forma efetiva entre pessoas.

Segundo o mestre em comunicação e professor de oratória Reinaldo Polito, quem consegue se expressar com segurança em uma plateia, normalmente saberá se comunicar com eficiência entre as pessoas. “O domínio do palco, o controle das emoções diante do público, a habilidade para contornar situações adversas diante do auditório proporcionam mais segurança para que a pessoa interaja e se relacione com desembaraço no cotidiano”, afirma.

As artes cênicas, a dança ou simplesmente pintar um quadro auxiliam também nos tratamentos de doenças e na autoestima. “Quem sabe falar bem em público e tem consciência de que sua comunicação é eficiente se sente bem recebido pelas pessoas e aceito nos diversos ambientes que frequenta. O domínio da oratória proporciona controle da expressão corporal, especialmente dos gestos, postura e comunicação facial”, explica Reinaldo Polito.

Foi dessa forma que a professora de dança flamenca Camila Silva encontrou mais segurança, conquistou mais confiança e claro, teve um aumento significativo do seu bem estar. “A dança para mim foi fundamental, pois agora consigo ter uma postura e me comunicar bem melhor nos eventos profissionais em que tenho que frequentar”, comenta.

Por isso, as artes em geral podem contribuir para o crescimento no mercado de trabalho ou também para se ter uma comunicação mais efetiva no dia a dia. “Quanto mais a pessoa crescer em sua atividade profissional mais dependerá da sua habilidade de se comunicar e menos do conhecimento técnico. Depois que ultrapassa o nível de supervisão terá de participar de reuniões, processo de negociação, apresentar projetos, discutir propostas, etc. Quem não souber se comunicar poderá interromper seu crescimento profissional”, explica Polito.

Como se comunicar

Falar com calma e agir naturalmente é uma boa alternativa para conquistar inicialmente o público. “Tanto no teatro como na dança, é preciso falar pausadamente e olhar para todos os que estão te ouvindo. Dessa forma, você poderá mensurar o quanto as pessoas estão compreendendo sua mensagem”, afirma Camila.

Para Polito, é preciso também dar ênfase em cada palavra. “Alterne o volume da voz e a velocidade da fala para ter um ritmo agradável e motivador. É recomendado usar palavras que possam ser compreendidas por todos os ouvintes e também evitar o vocabulário técnico diante de pessoas não familiarizadas com sua atividade”, comenta.

Ter uma postura com elegância no palco ou em uma apresentação é de extrema importância. “Posicione-se de maneira elegante distribuindo normalmente o peso do corpo sobre as duas pernas. Evite também o excesso e a falta de gestos. De maneira geral os gestos moderados são os mais recomendáveis”, sugere o professor de oratória.

Planejar o que se apresentará é preciso, porém, saber contornar situações não previstas é imprescindível na comunicação. “No início conquiste os ouvintes com agradecimentos e elogios sinceros. Em seguida revele qual o assunto que irá abordar. Informe o problema que pretende solucionar e apresente a solução ou sugestão. Afaste as possíveis resistências do público. Finalmente, peça aos ouvintes que reflitam ou ajam de acordo com sua proposta”, ensina Polito.

Para você