Como pintar paredes: guia prático e fácil para seguir

É possível fazer o serviço você mesma, sem precisar investir contratando uma empresa, basta se atentar às dicas

Escrito por Tais Romanelli

Foto: Thinkstock

Pequenas mudanças podem promover maravilhas em uma casa! Pintando uma única parede da sala, por exemplo, deixa-se o espaço com “cara” de novo. Além disso, com a possibilidade de escolher entre diversas cores, é possível despertar diferentes tipos de sensações. Por exemplo, vale a pena apostar em cores claras para atrair tranquilidade e paz; em tons quentes para deixar o espaço mais aconchegante; ou em cores fortes, como vermelho ou laranja, para dar mais ânimo ao ambiente.

E se você se animou com esta ideia, saiba que pintar uma parede não é assim tão complicado e nem exige gastos excessivos. Basta você mesma ou alguém da família “colocar a mão na massa” e fazer um trabalho caprichado! Para isso, siga as dicas abaixo:

1. Prepare tudo

Primeiramente, é recomendável vestir roupas e tênis velhos, afinal, mancha de tinta não sai!

Tome muito cuidado com os móveis que estão no ambiente… Afaste-os, colocando em “lugar seguro”. Tire quadros, cortinas, espelhos e outros enfeites que possam existir da parede que será pintada.

Em seguida, forre o chão com papelões ou jornais, fixando-os com fita crepe. Karina Monaco, gerente de produto da Suvinil, explica que o papel/papelão é a melhor opção para ser usada, “pois evita que haja o espalhamento de gotas de tinta pelo restante do piso, uma vez que absorve o respingo de tinta, fazendo-a secar mais rapidamente”.

Ainda de acordo com a profissional, outra dica importante é remover espelhos de interruptores e de tomadas, cobrindo-os com fita adesiva larga. A mesma fita serve para cobrir partes que não devem receber a tinta da parede: batentes de porta, rodapés, esquadrias de alumínio, juntas de paredes etc.

2. Tenha tudo às mãos

Você vai precisar, basicamente, de:

  • Tinta na cor escolhida (mais abaixo saiba como calcular o quanto você vai usar);
  • Pincel (trincha);
  • Rolo de lã;
  • Bandeja para tinta;
  • Lixas de parede;
  • Fita crepe grossa;
  • Misturador de tinta;
  • Papelão (de preferência) ou jornais para forrar o chão e os móveis;
  • Pano de chão ou vassoura de pelo;
  • Escada.

3. Deixe a área pronta

Lixe a parede. “Use, de preferência, uma lixa mais ‘grossa’ (80 – 120) para começar o trabalho e termine o lixamento com a lixa mais ‘fina’ (180 a 240)”, explica Karina Monaco.

Com um pano de chão ou com uma vassoura de pelo retire o pó que a lixa deixou na parede.

4. Prepare a tinta

Lembre-se de escolher um produto de boa qualidade, isso é muito importante para garantir um resultado final satisfatório.

Abra a tinta e use um misturador para mexer. Despeje a tinta na bandeja e dilua em água seguindo as instruções da embalagem e mexendo bem novamente.

5. Comece a pintar

Pegue o pincel e passe a tinta em todo o entorno da área que será pintada, rente à fita crepe.

Umedeça o rolo em baixo de uma torneira e, em seguida, tire o excesso de água passando o material em uma parede (não a que será pintada) até que o rolo fique quase seco.

Coloque o rolo na tinta sem encharcá-lo e tire o excesso na própria bandeja. “Ela é indicada para passar o rolo na tinta e evitar camadas muito espessas. A utilização desse material colabora ainda para evitar o desperdício de tinta”, destaca Karina.

Para garantir uma melhor cobertura, a profissional da Suvinil sugere pintar a parede formando um “N” do chão até o teto. “Em seguida, é só voltar o rolo preenchendo os espaços para cobertura total da superfície. Seguindo essas instruções, o resultado final da pintura fica uniforme e mais bonito”, explica.

Não se assuste ao observar que a primeira demão não cobriu a parede totalmente. Aguarde e parta para a segunda parte da pintura.

6. Pinte novamente

Mais ou menos três horas depois, faça de novo o contorno rente à fita crepe com o pincel e passe a segunda demão com o rolo.

Caso a cobertura ainda não fique boa, espere mais três ou quatro horas e parta para a terceira demão. Mas vale destacar que, adquirindo um bom produto, provavelmente, duas camadas serão suficientes! E, no final das contas, é aí que você acaba “economizando” (afinal, do contrário, é aquela velha história: “o barato pode sair caro”).

7. Finalize

Terminada a última demão, antes que ela seque por completo, retire toda a fita crepe. Lave o material – como pincel, rolo, bandeja – com água corrente e seque bem antes de guardá-lo. Assim que a parede estiver totalmente seca, provavelmente depois de três ou quatro horas, limpe o chão e ponha tudo no lugar.

Foto: Thinkstock

Como calcular a quantidade de tinta que deve ser comprada?

Seja no momento de fazer uma reforma, seja na hora de pintar uma única parede da casa, uma das dúvidas mais frequentes diz respeito à quantidade exata de tinta a ser comprada.

Karina Monaco explica que, para calcular a quantidade de tinta exata, o consumidor deve multiplicar a extensão da parede que será pintada pela sua altura, descontando-se janelas e portas. “Com o rendimento do produto que será aplicado em mãos (basta consultar a embalagem), deve-se dividir a área (em m2) que será pintada pelo rendimento do produto e este resultado deve ser dividido pelo número de demãos indicado para cada produto. O resultado é o número de embalagens necessárias para esta pintura”, diz.

Para ajudar o consumidor a evitar o desperdício, a perda de tempo e de dinheiro com a compra de material a mais, a Suvinil criou, inclusive, a Calculadora de Tinta em seu portal na internet. A Coral, a Telhanorte e a Politintas também disponibilizam ferramentas similares em seus sites.

Para utilizar a ferramenta, basta acessar o ícone da calculadora no site, apontar qual tipo de superfície será pintada, o produto que será utilizado e incluir as medidas da extensão e altura da parede, além das medidas das janelas e das portas e o número de demãos. Após a inserção desses dados, a calculadora automaticamente apresenta o número de embalagens necessárias.

Posso misturar cores diferentes para chegar ao tom que eu quero?

Esta é outra dúvida que surge entre as pessoas que estão se preparando para pintar, por exemplo, uma das paredes da casa.

Karina Monaco ressalta que atualmente existem muitas opções de cores no mercado, dessa forma, “o ideal é a escolha do tom exato para evitar problemas com a pigmentação da tinta e manchas”.

Quanto tempo dura o cheiro da tinta?

Karina destaca que, de acordo com pesquisas feitas pela Suvinil, ficou constatada uma grande preocupação por parte do consumidor em relação ao cheiro causado pela tinta na hora de realizar uma pintura em casa.

Porém, ainda de acordo com a profissional, atualmente existem produtos que contam com uma tecnologia que faz com que o cheiro da tinta saia após três horas de aplicação. “Atualmente, quase todos os produtos que trabalhamos possuem essa tecnologia. Dessa forma, a pintura se torna mais prática e fácil, já que não é mais preciso se preocupar com o cheiro da tinta”, diz.

Posso reaproveitar a tinta depois de aberta?

A profissional Karina destaca que restos de tinta diluída jamais devem retornar à lata, pois antecipam o vencimento do restante do produto.

“Uma lata de tinta bem fechada, guardada em local seco, fresco e longe de crianças e animais, pode durar o mesmo período de validade descrita no rótulo, caso a lata guardada contenha mais da metade de seu volume de tinta sem diluição. Caso o volume seja menor do que a metade, recomendamos que o produto seja utilizado em até três meses depois da abertura da lata, pois a camada de ar dentro da lata pode causar a secagem da tinta, na parte superficial da tinta líquida”, finaliza Karina.

Vídeo: como pintar paredes de forma fácil

Dica: Para um acabamento perfeito, aplique uma camada de massa corrida entre a fita adesiva e a parede a ser pintada, como mostra o vídeo. Isso garantirá que a linha entre uma parede e a outra fique totalmente reta.

Com todas essas dicas fica muito mais simples pintar paredes e, consequentemente, dar mais cor e vida aos ambientes! Escolha seus tons preferidos e capriche no trabalho, deixando sua casa repaginada!

Assuntos: Decoração

Dicas pela Web
Comentários