Como perder peso de maneira mais rápida e definitiva em poucos passos

Eliminar os doces e açúcares em geral da dieta é uma orientação importante

Escrito por Tais Romanelli

Foto: Thinkstock

É normal que as pessoas associem, num primeiro momento, a ideia de “perder peso de forma rápida” a dietas totalmente restritivas e difíceis de seguir por muito tempo. Porém, a boa notícia é que é possível, sim, alcançar resultados mais rápidos em um processo de emagrecimento, sem passar fome e sem abrir mão de uma alimentação saudável e completa.

Claro, não há outra maneira de perder peso de forma definitiva sem ser por meio de uma dieta saudável, de preferência, aliada à prática de atividades físicas. É exatamente este o caminho a ser seguido, mas, algumas dicas importantes podem tornar o processo de emagrecimento mais rápido… É o que você confere nos tópicos abaixo.

1. Eliminar os doces da dieta

Foto: Thinkstock

Não é segredo para ninguém que os doces (e açúcares em geral) são vistos como os grandes vilões em uma dieta.

Na verdade, o grande problema está no tipo e na quantidade de açúcar consumidos. Geralmente, o mais utilizado (no preparo de doces, para adoçar sucos, café etc.) é o refinado, também conhecido como açúcar branco. Ele fornece ao organismo apenas calorias, pois todas as suas vitaminas e minerais são perdidos no processo de refinamento.

Apesar do produto final da digestão do açúcar ser a glicose (principal fonte de energia), o organismo humano necessita de muitas vitaminas e minerais para garantir energia ao longo do dia, o que não é oferecido pelo açúcar refinado.

Além disso, muitas pessoas acostumam o paladar a uma grande quantidade de açúcar refinado (acabam adoçando, por exemplo, um suco de frutas que já é naturalmente doce). Esse excesso eleva os níveis de glicose no sangue e, consequentemente, o nível do hormônio insulina, podendo provocar o aumento da gordura corporal, além de outros problemas de saúde.

Alguns estudos mostram ainda que o consumo excessivo de açúcares gera saciedade por poucos instantes, mas, logo depois, a fome “volta com tudo”, o que, consequentemente, faz a pessoa comer mais e dificulta a perda de peso.

Neste sentido, parece extremamente necessário cortar os doces (e açúcares em geral) do cardápio para tornar o processo de emagrecimento mais rápido. Mas será que, dessa forma, a perda de peso será definitiva? Ou a pessoa tende a ter “deslizes” e pode acabar voltando a consumir excessivamente esse tipo de alimento?

A nutricionista e personal diet Sabrina Lopes explica que cortar (ou pelo menos diminuir o máximo possível) a ingestão de açúcares pode, sim, auxiliar no processo de emagrecimento. “Porém, devemos tomar cuidado para não cortar muito rapidamente o açúcar da dieta de pessoas que costumam consumir grandes quantidades, porque uma privação muito grande pode ter um efeito rebote”, destaca.

Ainda de acordo com a nutricionista, o ideal é ir diminuindo as quantidades aos poucos para haver uma adaptação ao novo estilo de vida, e não apenas uma privação.

2. Diminuir o consumo de carboidratos

Foto: Thinkstock

Apesar de o carboidrato ter um papel muito importante na alimentação – já que uma de suas principais tarefas é fornecer energia para o corpo realizar suas funções metabólicas –, atualmente existe uma série de dietas de emagrecimento surgindo com a proposta de diminuição e até exclusão deste nutriente.

Sabendo que os carboidratos são a principal fonte de energia para o organismo humano, defende-se que diminuir seu consumo faz com que o corpo busque energia em outras fontes alimentares, como as proteínas e as gorduras.

De forma geral, a maior preocupação está no consumo de carboidratos à noite, quando, provavelmente, a pessoa não se exercitará mais, o que significa que o corpo estocará a energia fornecida por ele.

Assim, parece mesmo uma boa opção cortar ou diminuir esses alimentos do jantar, por exemplo, a fim de buscar um emagrecimento mais rápido. Mas, será que, desta maneira, a perda de peso será definitiva?

Sabrina Lopes explica que o corte de carboidratos, nas horas adequadas e de maneira correta, auxilia, sim, no processo de emagrecimento. “Porém, não podemos cortar 100%, porque ele também é importante nesse processo. Para não haver prejuízos à saúde, é sempre bom procurar um profissional que vai orientar a maneira correta de se fazer isso, lembrando sempre que cada organismo é único”, destaca.

3. Comer de três em três horas

Foto: Thinkstock

A dica está relacionada, também, à ideia de “não passar fome”. Muita gente acredita que, para perder peso, precisar ficar horas e horas sem comer. Esse pensamento faz, inclusive, grande parte das pessoas desistir da dieta em questão de pouco tempo.

Mas, a orientação para perder peso de forma rápida e definitiva é exatamente o contrário: comer de três em três é fundamental, pois mantém o metabolismo ativo. Ou seja, o corpo não “guarda” calorias para exercer suas atividades diárias, pois entende que sempre vai chegar alimentos para a produção de energia.

Esse hábito, além de acelerar o metabolismo, faz com que a pessoa, sem passar fome, se sinta muito mais motivada para seguir sua dieta de emagrecimento de forma saudável.

4. Cortar o consumo de bebidas alcoólicas

Foto: Thinkstock

Sabrina Lopes destaca que as bebidas alcoólicas são ricas em calorias vazias e colaboram para a retenção de líquidos. “Dessa forma, o corte ou a diminuição do consumo delas em dietas de emagrecimento traz bons resultados”, diz.

Porém, vale ressaltar que este corte também não deve ser feito de maneira radical caso a pessoa goste bastante desse tipo de bebida. Muitas pessoas, por exemplo, têm o hábito de beber cerveja (ou outra bebida alcoólica) todo final de semana e não gostariam de cortá-la do cardápio imediatamente.

Nesse caso, uma dica é estipular uma quantidade fixa da bebida por final de semana e nunca ultrapassar essa meta – que deve ser reduzida com o passar dos dias. Outra orientação interessante é consumir um copo de água após a ingestão de cada copo de bebida alcoólica. Dessa maneira, a pessoa beberá menos, o que, certamente, trará bons resultados à dieta de emagrecimento.

5. Comer legumes diariamente

Foto: Thinkstock

Sabrina Lopes destaca que os legumes são ricos em fibras, vitaminas, minerais e antioxidantes, que vão auxiliar no emagrecimento, dando o suporte necessário de cada nutriente que o corpo precisa e, também, fazendo uma “limpeza”.

“Em média, devemos consumir cinco porções de legumes e verduras por dia”, acrescenta a nutricionista.

6. Comer frutas diariamente

Foto: Thinkstock

As frutas também são fundamentais em uma dieta de emagrecimento e, provavelmente, as melhores opções para os lanches que devem ser feitos entre as refeições principais.

“As frutas são ricas em fibras, vitaminas, minerais e antioxidantes. Em média, devemos consumir três porções de frutas por dia”, explica a nutricionista Sabrina.

7. Praticar atividades físicas

Foto: Thinkstock

Embora esta não seja uma novidade, vale a pena ressaltar: as atividades físicas são fundamentais (especialmente) na vida de quem quer emagrecer. “A atividade física auxilia muito no processo de emagrecimento, já que gera um aumento do metabolismo”, destaca Sabrina Lopes.

É fato que uma pessoa que está fazendo atividade física e se alimentando adequadamente terá resultados muito mais rápidos e eficazes do que aquela que está somente seguindo uma dieta saudável. Vale a pena se atentar nisso!

Outras dicas importantes para quem quer emagrecer de maneira definitiva

Foto: Thinkstock

Sabrina Lopes destaca que todas as fontes de nutrientes são importantes no processo de emagrecimento, porém, devem ser consumidas nas quantidades adequadas para cada pessoa. “Isso vale, inclusive, no caso de alimentos fontes de ‘gorduras boas’, porque, apesar de serem consideradas boas para o organismo, não deixam de ser gorduras. Exemplos desses alimentos são azeite de oliva, óleo de coco, óleo de linhaça, oleaginosas (amendoim, nozes, castanhas etc.), abacate, ômega 3 e ômega 6 – presentes nos peixes como salmão, cavala e truta”, explica.

Um processo de emagrecimento exige muita perseverança. Sabrina Lopes destaca que, neste sentido, é muito interessante que a pessoa estabeleça metas – de curto e longo prazo – para que o foco não seja perdido.

Por fim, Sabrina Lopes destaca que o ideal é sempre procurar a ajuda de profissionais, como nutricionista e educador físico, para auxiliar nesse processo, fazendo com que a perda de peso seja mais rápida, eficaz e saudável.

Dicas pela Web