Como pedir demissão corretamente

Dicas para pedir o desligamento da empresa sem descuidar da sua imagem profissional

Escrito por Deborah Busko

Quando o assunto é mercado de trabalho, o ditado que diz que “a primeira impressão é a que fica” vai um pouco além. Pode-se dizer que na vida profissional, a “última impressão” também é marcante, e por isso, todo cuidado é pouco até na hora de pedir demissão.

Depois de receber uma proposta tentadora ou reconhecer que o cargo que ocupa na empresa não é mais suficiente para você e tomar a decisão definitiva de pedir demissão, talvez venha a parte mais difícil: comunicar oficialmente sem descuidar da sua imagem profissional. Mas bastam algumas dicas para manter a postura até o último instante.

O primeiro a ser comunicado sobre a sua saída deve ser o seu chefe. Só depois de falar com ele é que você deve procurar seus superiores – caso tenha – ou comentar com algum colega de setor.

Afinal, se a notícia se espalhar antes do seu comunicado oficial, pode chegar ao ouvido do seu chefe como na brincadeira do “telefone sem fio”. Ou seja, os motivos da sua demissão podem chegar totalmente distorcidos do outro lado, e isso não é legal.

O melhor mesmo é abrir o jogo, ser sincera e explicar os reais motivos que a levaram a tomar a decisão de se desligar da empresa. Pode ser oferta de um cargo mais desafiador, um salário mais atraente. Mas faça isso pessoalmente, e-mail nem pensar. Marque para uma conversa pessoalmente e depois entregue o pedido por escrito para formalizar a demissão.

O que muitas pessoas precisam saber é que o momento de pedir demissão talvez não seja o ideal para lavar roupa suja, discutir situações passadas e resolver diferenças.

Se você já decidiu se desligar da empresa, não há necessidade de se desgastar fazendo isso. Apenas agradeça pelo aprendizado e experiência adquiridos durante o tempo em que fez parte da equipe.

Não caia no erro que muitas pessoas cometem de pedir demissão é já, no outro dia, não aparecer na empresa. Mantenha sua postura profissional até o fim e não deixe que o pedido de demissão a transforme em uma funcionária relapsa, desatenta e preguiçosa. Cumpra o aviso prévio mantendo suas obrigações em dia.

Ter bons relacionamentos profissionais é imprescindível e pode fazer toda a diferença. Uma nova oportunidade de emprego não significa necessariamente que você nunca mais vai precisar da anterior. É preciso ter consciência de que o mundo dá voltas e não se pode prever o amanhã. Portanto, não alimente inimizades e deixe as portas sempre abertas para você.

Dicas pela Web