Como escolher os tênis ideais para se exercitar

Escolher as roupas e sapatos adequados para o exercício é fundamental para evitar lesões e garantir o maior conforto possível

Escrito por Carolina Werneck

Foto: Thinkstock

Praticar atividades físicas é necessário não apenas para a saúde do organismo, mas também para melhorar condições emocionais, como diminuir o estresse e melhorar a autoestima. Mas é preciso tomar alguns cuidados antes de colocar o corpo para se mexer. Escolher as roupas e sapatos adequadas para o exercício, por exemplo, é fundamental para evitar lesões e garantir o maior conforto possível.

Se você tem muitas dúvidas sobre que tipo de tênis adquirir para esse tipo de atividade, as dicas abaixo podem ser uma boa maneira de começar.

Escolha um tênis para se exercitar – e nada mais

É importante entender que os calçados fabricados para a prática física são especialmente desenhados para amortecer impactos e regular o atrito com o piso. Por isso não é recomendado que você utilize seus tênis “de passeio”, ou aqueles do dia a dia, para fazer exercícios: eles não possuem as características necessárias para evitar lesões.

Também é importante não usar seus tênis de exercícios para praticar as demais atividades do dia. Ao comprar um calçado para se exercitar, tenha em mente que ele deve ser usado exclusivamente com essa finalidade.

Conheça seus pés como a palma da mão

Você pode nunca ter reparado, mas seus pés possuem um formato único. Por isso, às vezes é difícil emprestar o calçado de outra pessoa e se sentir confortável – aquela “forma” não foi feita para você. Conhecer as particularidades dos seus pés torna a escolha de um tênis mais simples, porque você sabe exatamente onde te apertam os calos – e isso não é apenas força de expressão.

Vá às compras ao final do dia

O que acontece é que, ao longo do dia, seus pés tendem a inchar. Portanto, se você escolher um sapato novo de manhã, é possível que ele se torne apertado até que a jornada acabe. Quando se trata de exercícios, naturalmente, o processo é o mesmo – os pés incham durante a prática – e, por isso, é importante deixar para escolher os tênis no fim da tarde, quando os pés já estão inchados e você não corre o risco de comprar um produto que vá te machucar posteriormente.

Não compre nada que não te faça sentir confortável ainda na loja

Essa história de “amaciar” os sapatos é bastante válida, mas não para os calçados esportivos. É necessário que você se sinta confortável ainda na loja, ao provar os tênis – deixar para amaciá-los depois pode trazer transtornos bastante dolorosos. Se você sentir, na prova, que o par está te machucando, não importa o quanto você tenha gostado do modelo, não compre.

Equilibre o custo-benefício

A regra geral é que tênis muito baratos tendem a estragar muito rápido, ao passo que tênis mais caros tendem a suportar melhor as exigências da função que desempenham. Mas é necessário pesquisar antes de fazer a compra, porque nem sempre o tênis mais caro é o que você precisa.

Saiba qual a finalidade para a qual se destina o calçado: corrida, exercícios na academia, dança, caminhada, cada tipo de exercício exige um tipo de acessório. Com essa informação em mãos, pergunte na loja sobre qual modelo é mais adequado para você. Equilibrar o custo-benefício garante que você saia da compra satisfeita e com as finanças a salvo.

Assuntos: Boa forma, Fitness

Para você