Como as coisas simples da vida podem te fazer mais feliz

Encontrar a felicidade em pequenos hábitos é uma das tarefas mais gostosas da vida

Escrito por Carolina Werneck

Foto: Thinkstock

Assistir desenho animado, embaixo das cobertas, em uma manhã chuvosa. Tomar sorvete com quilos e quilos de confeitos coloridos em cima. Ler, finalmente, aquele livro que você comprou e deixou na estante, enquanto aguardava o momento ideal. Ir ao cinema e entupir a garganta com pipoca, assistindo uma comédia bobinha, que não exija demais do cérebro. Todas essas são atividades simples que proporcionam um imenso prazer para quem as realiza.

Mas, se você não tem muito tempo ou dinheiro, qualquer uma dessas atividades já passa a ser uma dor de cabeça a mais. Acontece que focar sua atenção em coisas simples, que não exijam esforço mental ou financeiro e nem necessitem desprendimento de tempo pode ser uma boa maneira de levar a vida com mais otimismo e disposição. Em outras palavras, as coisas simples e gratuitas da vida são uma ótima terapia e podem mesmo te tornar uma pessoa mais feliz.

Mesmo parecendo utópica nos dias atuais, aí vai uma grande verdade: cheiros que lhe são agradáveis, assim como o sorriso das pessoas que você ama e o abraço de velhos conhecidos que não se encontram há tempos, são algumas das receitas de felicidade instantânea que uma pessoa deveria conservar.

Tudo gira em torno de uma prática pouco usada, nesses tempos de estresse e correria. Trata-se de parar o que se está fazendo e dedicar alguns segundos de atenção especial às boas sensações que nos acometem no meio do dia. “Olhar” para esses momentos tem um poder incrivelmente intenso sobre nosso humor; esses curtos segundos em que paramos nosso universo exclusivamente para aproveitar algo bobo que nos faz felizes fazem a diferença no fim da jornada cansativa de trabalho. Esta é a técnica para tomar doses instantâneas de alegria e entusiasmo ao longo do dia. Há, ainda, atividades que custam pouco tempo ou dinheiro, e que também precisam ser cultivadas.

Criando momentos de felicidade

Para que uma atividade seja considerada um momento único de felicidade, é necessário que ela não se repita com frequência exagerada. Para entender como isso funciona, imagine um prato de que você goste muito. Quando tem a oportunidade de saboreá-lo, este é um momento especial, porque você não o faz todos os dias. Se assim fosse, o prato deixaria de ser algo especial para se tornar apenas mais um hábito em sua rotina diária.

Para criar seus próprios momentos de felicidade, tente se lembrar de algo que te traz imenso prazer e que você não faz há tempos. Uma dica é pensar nas lembranças que trazemos desde a infância. O sabor de uma torta que sua avó fazia, por exemplo, ou a sensação de brincar com massinha de modelar. Você vai se surpreender com a quantidade de boas recordações que guarda na memória e, depois, é só tratar de trazer de volta alguns desses costumes para o seu dia a dia.

Dedique-se à agradável tarefa de proporcionar a si mesma, ao menos uma vez por semana, momentos de relaxamento e alegria barata – e fascine-se com os resultados positivos desse hábito no seu humor ao final do dia. Lembre-se de que as coisas simples da vida são mesmo as mais importantes.

Veja no vídeo abaixo como uma pequena ação pode transformar o seu dia em um dia muito mais feliz.

Assuntos: Bem-Estar, Estresse

Para você