Comer muito à noite realmente faz mal?

Nutricionistas costumam proibir o consumo excessivo de comida na janta, entenda o porquê disso e veja algumas dicas de como comer bem à noite

Escrito por Andressa Dias

Foto: Getty Images

Muito se fala sobre a nutrição noturna, mas muitas questões ainda ficam sem resposta quanto ao que realmente faz mal quando se faz refeições à noite. Um aspecto importante e que deve ser sempre levado em consideração é que a refeição noturna não é a única coisa com a qual você deve se preocupar. Seus hábitos alimentares, estilo de vida e atividades que pratica estão todos ligados e podem influenciar na sua saúde.

O ideal seria ter sempre uma alimentação balanceada, manter exercícios físicos e procurar se alimentar com a devida regularidade. Mas isso nem sempre é possível e muita gente acaba comendo qualquer coisa durante o dia apenas para não ficar com fome. Então é imprescindível tomar cuidado com a alimentação noturna para não consumir alimentos ainda mais gordurosos e pouco nutritivos, mas sim o oposto.

O que evitar na alimentação noturna

O grande perigo de fazer refeições à noite é exagerar na quantidade e comer apenas alimentos que demoram mais para serem digeridos pelo organismo. Durante a noite, o aparelho digestivo trabalha mais lentamente e acaba aumentando as reservas de gordura e provocando gases.

Outro fator que pode tornar a alimentação noturna e a sua digestão ainda mais sofrida é comer demais e ir dormir logo em seguida, quando o metabolismo está ainda mais lento.

Fuja de refeições apressadas, aproveite bem a hora da alimentação para mastigar bem os alimentos. Isso facilita a digestão e mantém o seu corpo em um ritmo tranquilo para a noite.

Como se alimentar bem à noite

Aconselha-se comer apenas alimentos mais leves e de fácil digestão no período da noite, especialmente se for muito mais tarde que 9h. Uma dica é apostar nas saladas e nas massas, que são digeridas mais rapidamente pelo organismo. Além disso, a noite é uma ótima hora para aproveitar e se nutrir consumindo os vegetais que não teve a oportunidade de ingerir durante o dia devido à falta de tempo.

Outra dica importante é que se deve sempre esperar entre 2 a 3 horas após a refeição, para então poder dormir. É recomendável ainda, que quando você fizer uma refeição à noite, você tente se manter ativa vendo televisão ou fazendo alguma outra atividade tranquila. Desta forma, o organismo também fica mais ativo e digere a comida mais rapidamente.

À noite o corpo gasta menos energia, então você deve ingerir menos alimentos, mas não ficar sem comer. Já durante o dia, quando o corpo gasta mais energia, é importante que as refeições sejam compatíveis com este gasto. As refeições à noite são essenciais, mas é importante ingerir os alimentos certos para a noite e então se beneficiar com a sua janta.

Assuntos: Alimentação

Dicas pela Web