Combata os vilões da pele bonita e saudável

Cigarro, sol e má alimentação são alguns destes inimigos, veja como vencê-los e ganhar uma pele perfeita

Escrito por Daniela Hueb

Ter uma pele bonita e bem-cuidada significa vencer vários vilões todo santo dia. Há inúmeros fatores que contribuem para o envelhecimento da pele, deixando-a com aspecto descuidado. Garantir a beleza da sua pele é mais ou menos como entrar em uma guerra: existem inúmeras batalhas a serem vencidas. Mas nada impossível ou supertrabalhoso de ser feito, a questão fundamental é ter bons hábitos e fazer com que alguns cuidados básicos virem rotina. Vamos lá?

1 – Adeus, cigarro!

Esse hábito é fatal para a pele. O fumante tem quase cinco vezes mais chance de ter rugas do que o não-fumante. Fumar – não importa a quantidade de cigarros – acaba destruindo as fibras que sustentam a pele do rosto, provocando sulcos na região da boca e em volta dos olhos. A fumaça do cigarro também ativa os genes responsáveis pela criação de uma enzima que faz a quebra das moléculas de colágeno da pele. Toda vez que você fuma acaba levando muitos radicais livres ao organismo, que aceleram o envelhecimento da pele.

A solução: é parar de fumar o quanto antes. Além disso, invista em uma alimentação rica em antioxidantes (chá verde, frutas vermelhas, cítricas, etc.) para eliminar os radicais livres do seu corpo. Se você nunca fumou, melhor nem experimentar.

2 – Cuidado com o sol

A exposição excessiva e desprotegida aos raios solares (principalmente no horário das 10 às 16 horas) não traz apenas riscos maiores de câncer. O sol pode causar envelhecimento precoce da pele, conhecido como fotoenvelhecimento. Os danos causados pelas radiações UVA e UVB do sol são progressivos e acumulativos, podendo alterar até o DNA da pele. Sem contar as alterações de pigmentação, como manchas, pintas e sardas. A pele se torna espessa e áspera.

A solução: usar um filtro solar eficiente, ou seja, com FPS de 30 pra cima (30 é recomendado para peles morenas e 50 ou mais para branquinhas) todo dia, mesmo que chova ou esteja nublado. Se for ficar exposta ao sol, escolha o horário de antes das 10h e depois das 16h.

3 – Não se estresse

Levar as preocupações do dia a dia sempre com você, além de deixar a vida menos colorida, não é nada bom para a pele e para os cabelos. O estresse causa e agrava várias doenças cutâneas, por aumentar a produção de neuropeptídios, transmissores que regulam os sistemas neurológico e imunológico. Acne, rosácea, queda de cabelo e psoríase são as que mais se agravam quando você nunca esfria a cabeça.

A solução: não leve os problemas junto com você. As questões do trabalho ficam lá, os problemas de casa ficam em casa, combinado? Vale praticar algum esporte também, pois eles fazem o organismo liberar endorfina, que causam uma deliciosa sensação de bem-estar.

4 – Você é o que você come

Eis um ditado que vale a pena ser lembrado todo dia. Uma alimentação rica em calorias e gorduras e pobre em vitaminas pode fazer com que você engorde (se não malhar pra compensar), além de deixar sua pele e seus cabelos sem vida, agravar os casos de acne e celulite e prejudicar o funcionamento do intestino.

A solução: é ingerir muitas fibras, saladas, frutas, carnes magras, etc. Converse com um nutricionista para educar sua alimentação. Ir ao nutricionista não significa fazer dieta, ok? Não tenha medo: esse profissional vai lhe ajudar a fazer substituições e indicar os alimentos que vão dar mais saúde, sabor e energia aos seus dias.

5 – Cremes receitados por conta própria

Nem sempre sua pele responde bem aos cremes e cosméticos mais populares, comprados em supermercado, por exemplo. Principalmente quando se diz respeito ao rosto: cremes livres de óleo e com consistência mais fluida são os indicados pra quem tem pele oleosa. Cremes com semente de uva, silicone e ureia são os melhores pra quem sofre de pele seca.

A solução: consulte seu médico dermatologista caso sinta que algo não anda bem com sua pele. Muitas vezes cremes prescritos e manipulados surtem mais efeito, ok?

6 – Noites mal-dormidas

Como se não bastasse acordar com olheiras e com aspecto cansado, dormir mal à noite compromete todo o funcionamento do corpo, pois precisamos de seis ou oito horas de sono para que os hormônios trabalhem (alguns só se metabolizam à noite) e para que você descanse e acorde cheia de pique para o novo dia. Aliás, dormir mal e pouco pode ajudar a ganhar quilinhos extras, uma vez que você já acorda com muito apetite e desregula o organismo.

A solução: à noite, nada de malhar, os exercícios precisam ser feitos pelo menos quatro horas antes de dormir. Também é fundamental fazer refeições mais leves, não beber nada à base de cafeína e evitar tevê ou computador ligado no quarto.

8 – Poluição: elimine-a

A sujeira do ar, que vem de carros, construções e até de ar-condicionado não limpo corretamente, acaba obstruindo os poros, aumentando cravos e espinhas, deixando a pele mais oleosa e dando um aspecto grosseiro a ela.

A solução: usar um sabonete próprio para o rosto de manhã e à noite. Use também uma loção adstringente após lavar o rosto, ela retira as sujeiras mais escondidas.

9 – Problemas hormonais

Quem tem ovário policístico fica com uma pele mais oleosa e pode ter mais pelos (inclusive no rosto) porque esse problema faz com que o organismo produza mais hormônios masculinos. Quem está na menopausa sofre com a falta de estrogênio e acaba tendo mais rugas, ganha uma pele ressecada e sem brilho.

A solução: consulte-se com seu ginecologista. Para ovário policístico, a pílula anticoncepcional de baixa dosagem já elimina o problema. Se você está entrando na menopausa, pode fazer reposição hormonal para sofrer menos.

A maior dica é olhar-se no espelho sempre e ver se está indo tudo bem. Ao primeiro sinal de que algo vai errado, marque com seu médico. Arrastar um problema na pele só o agrava, pense nisso!

Assuntos: Pele

Dicas pela Web
Comentários