Dicas de Mulher Dicas de Beleza

Cirurgias plásticas de mama: como escolher a ideal?

Mamoplastia, mastopexia, lifting das mamas e mamoplastia redutora são os diferentes procedimentos para correção das mamas

em 05/12/2012

Foto: Thinkstock

Cirurgias plásticas das mamas, todas estas nomenclaturas existem. Porém, muitas vezes causam confusão. Na verdade, não é tão complicado assim.

Mamoplastia se refere a qualquer cirurgia plástica das mamas. Pode ser mamoplastia redutora (se reduzir o volume), mamoplastia de aumento (prótese de mama) ou simplesmente mamoplastia (levantamento das mamas).

A mastopexia ou lifting mamário, também é a cirurgia da correção da flacidez das mamas, levantando-as sem retirar nem por volume.

Todas estas cirurgias, no fundo, são indicadas para levantar as mamas, corrigindo a flacidez, reposicionando a glândula e retirando o excesso de pele.

Como todas estas cirurgias são variações do mesmo tema, são cirurgias com recuperação, anestesia e cuidados semelhantes. Podem ser feitas com anestesia peridural ou geral.

A cicatriz depende da quantidade de pele e/ou glândula a ser retirada. Quanto maior a flacidez e excesso de pele, maior será a cicatriz. Pode ser em torno da aréola (muito raro, pois teria que ser mínima a flacidez), vertical, em “L”ou em ‘T”.

O tempo de repouso costuma ser no mínimo de 14 dias, sendo indicado evitar de dirigir por 30 dias. A dor costuma ser leve, controlada com medicamentos comuns.

Exercícios leves (caminhadas) devem ser feitos apenas depois de 21 dias, ficando os mais intensos (corrida, musculação) para depois de 60 dias e um sutiã pós-cirúrgico deve ser usado por em torno de 45 dias.

As complicações são raras, mas podem ocorrer. Poderíamos citar: infecção, hematoma, apertura de pontos, queloide, necrose (problema de circulação da pele) e trombose.

Dúvidas frequentes sobre a cicatriz

“Como vai ficar minha cicatriz?” Pergunta frequente, resposta variável. Cicatriz tem relação direta como a quantidade de pele retirada, que tem correlação com a queda e a flacidez das mamas.

Logo, a pergunta, feita de outra maneira, seria: Qual a flacidez das minhas mamas? Quanto maior o excesso de pele, maior a cicatriz. Não tem milagre, infelizmente.

Sendo assim, pacientes com aréolas muito baixas (ptose) e grande flacidez não podem ser operadas com cicatriz apenas em torno da aréola, infelizmente.

Sempre o cirurgião plástico tentará fazer a menor cicatriz possível para cada caso, mas como a maioria dos casos tem grande flacidez e excesso de pele, a cicatriz comumente é a em “T invertido”.

Andre Colaneri

é colunista do Dicas de Mulher e especialista em Cirurgia Plástica

Comentários
Dicas relacionadas