7 receitas de chá para dor de cabeça para um tratamento natural

Escrito por                    
Atualizado em 22.06.22

iStock

Por
Atualizado em 22.06.22

O uso de técnicas naturais para tratar problemas de saúde tem sido cada vez mais procurado. A ideia é aliar chás e outras poderosas receitas, para buscar meios menos invasivos de cuidar do corpo. O chá para dor de cabeça é um bom exemplo e pode ser seu grande aliado. Confira quais são as recomendações da nutricionista Aline Campanelli (CRN 8-6997).

Publicidade

1. Chá de calêndula

iStock

Ingredientes

  • 2 colheres de sopa de flores de calêndula
  • 1 xícara de chá de água fervente

Modo de preparo

  1. Coloque as flores de calêndula na água fervente;
  2. Tampe o recipiente e deixe descansar por 5 minutos;
  3. Tome ½ xícara pela manhã e ½ xícara à noite.

Aline explicou que “a Calêndula é uma planta medicinal também conhecida como bem-me-quer, é uma excelente planta anti-inflamatória, calmante, auxilia no equilíbrio hormonal feminino, bactericida e analgésica”. Também comentou sobre as contraindicações do chá: “a calêndula só deve ser usada por crianças e gestantes com orientação de um médico”.

2. Chá de capim santo

Ingredientes

  • 1 colher de chá de folhas de capim santo
  • Água fervente até cobrir as folhas

Modo de preparo

Publicidade

  1. Adicione as folhas de capim santo em um recipiente;
  2. Cubra com água fervente, tampe e espere esfriar;
  3. Sirva-se.

A nutri comentou que o capim santo funciona como “analgésico relaxante, favorecendo o descanso da mente e do corpo, ótimo para combater a ansiedade e estresse”. O chá possui efeitos colaterais, “pode diminuir a pressão arterial, podendo provocar o desmaio, além de causar enjoo e boca seca”, contou Aline. Além disso, a nutricionista alerta que a bebida é contraindicada nos casos de dores abdominais fortes sem causa aparente e para as gestantes.

3. Chá de camomila

iStock

Ingredientes

  • 2 a 3 colheres de chá de flores secas de camomila
  • 1 xícara de água fervente

Modo de preparo

  1. Em uma xícara coloque as flores secas de camomila;
  2. Despeje a água fervente por cima e tampe;
  3. Deixe em infusão por 5 minutos;
  4. Coe e beba após as refeições ou antes de dormir.

Conforme Aline, o chá de camomila é “calmante, ligeiramente sedativo, auxilia no nervosismo e na dificuldade para dormir”. Além disso, complementou que “o chá de camomila é contraindicado na gravidez, porque pode provocar a contração uterina”.

4. Chá de mulungu

Ingredientes

Publicidade

  • 4 a 6 g de casca de mulungu
  • 1 xícara de água fervente

Modo de preparo

  1. Coloque a casca de mulungu na água fervente;
  2. Deixe descansar por 15 minutos;
  3. Coe, espere amornar e sirva!

“O consumo constante do chá de mulungu pode diminuir os sintomas de ansiedade, melhorar a qualidade do sono e diminuir sintomas em quadros de depressão que são potenciais desencadeadores de dores de cabeça, enxaquecas, epilepsia e estresse pós-traumático”, explicou Aline. Também alertou que o chá não deve ser consumido por crianças menores de 5 anos e mulheres que estão amamentando.

5. Chá de hortelã

iStock

Ingredientes

  • 3 colheres de sopa de folhas de hortelã
  • 150 ml de água fervente

Modo de preparo

  1. Em uma xícara, misture a hortelã e a água;
  2. Tampe e deixe descansar por 10 minutos;
  3. Coe e sirva-se.

Segundo a nutricionista, “a hortelã tem atividades antimicrobiana e antivirais significativas, fortes ações antioxidantes e antitumorais e algumas atividades antialérgicas. Estudos demonstram um efeito de relaxamento e analgésico no sistema nervoso central e periférico”. Em relação às contraindicações, “o chá de hortelã é contraindicado para crianças menores de 5 anos e durante a gestação”, revelou Aline.

6. Chá de cavalinha

Ingredientes

Publicidade

  • 1 colher de sopa do talo seco de cavalinha
  • 1 xícara de água fervente

Modo de preparo

  1. Adicione o talo de cavalinha na água fervente;
  2. Deixe em infusão por 10 minutos;
  3. Coe e está pronto!

“Por seu grande potencial diurético o chá de cavalinha pode ser um aliado nas dores de cabeças ocasionadas pela retenção hídrica, acumulo de água no organismo. Por seu poder vaso dilatador ele faz com que os líquidos retidos em excesso sejam expelidos. O chá de cavalinha não é indicado para gestantes, lactantes e pessoas com pressão baixa ou doenças renais. Para a maioria dos adultos, seu consumo por curto período não traz riscos, mas deve ter orientação de um médico ou nutricionista”, contou a nutri.

7. Chá de alecrim

iStock

Ingredientes

  • 3 a 5 g de folhas de alecrim
  • 150 ml de água

Modo de preparo

  1. Adicione o alecrim na água e ferva por 10 minutos;
  2. Tampe a infusão e deixe descansar por até 5 minutos;
  3. Coe, espere amornar e beba o chá.

Segundo a nutri, o chá de alecrim tem muitos benefícios no funcionamento do cérebro, contribuindo para reduzir o estresse e diminuir as dores de cabeça tensionais. Ela alerta que “crianças menores de 5 anos, gestantes e mulheres que estão amamentando, além de pessoas com doenças no fígado” não podem beber o chá.

Agora você já sabe qual chá para dor de cabeça tomar e aliviar este incômodo. Aproveite e confira também a matéria sobre chá para a imunidade.

As informações contidas nesta página têm caráter meramente informativo. Elas não substituem o aconselhamento e acompanhamentos de médicos, nutricionistas, psicólogos, profissionais de educação física e outros especialistas.